PROVA DE CONCURSO

PROVA DE CONCURSO

(Parte 6 de 6)

V. Somente poderá trabalhar com a arte o professor

“Especialista em Arte”, em uma aula específica dessa disciplina, não sendo possível sua abordagem interdisciplinar.

São CORRETAS:

A) Somente as assertivas I, I e IV. B) Somente as assertivas I, I e II. C) Somente as assertivas I, IV e V. D) Somente as assertivas I, IV e V E) Somente as assertivas I, I e IV.

40. A arte, por si só, não opera transformações na educação, mas a experiência com os processos de criação pode reorientar o sentido de ensinar, o papel do professor, a imagem da escola, bem como o valor das práticas culturais nas comunidades e na vida pessoal e profissional dos professores e nas relações entre as escolas e as instituições que promovem ações sociais. Diante dessa reflexão, podemos colocar a arte em um patamar de prioridade no trabalho em sala de aula. Por isso, o professor deverá saber que:

I. O currículo precisa ser concebido como um projeto em permanente transformação, no qual a visão de educação e o papel da escola são constantemente reorientados, segundo os avanços teóricos e práticos dos temas e das questões a ele conectados.

I. A cada objetivo, podem-se relacionar conteúdos de vários tipos a diferentes ações de aprendizagem dos estudantes. Ao fazer arte, ao apreciar e ao refletir sobre arte, o aluno pode assimilar conteúdos que correspondem a esse objetivo. O aluno pode aprender tipos de conteúdos distintos que se inserem nesse ou naquele eixo, em apenas um, dois, ou mesmo nos três eixos (fazer, apreciar e refletir sobre arte).

I. Um objetivo para o ensino de artes visuais no ensino fundamental pode ser construir um percurso de criação pessoal cultivado, isto é, alimentado pela produção cultural em arte. Há, em tal objetivo, tendência de maior concentração dos conteúdos e, pela sua natureza, esse será o eixo de aprendizagem do ato de fazer arte do estudante.

São CORRETAS:

A) Somente as assertivas I e I. B) Somente as assertivas I e I. C) Todas as assertivas. D) Somente a assertiva I. E) Somente a assertiva I.

Pontifícia Universidade Católica do Paraná – Concurso Prefeitura Municipal de Curitiba Pág. 15

QUESTÃO 1 – CASO - GESTÃO DA SALA DE AULA E COMPORTAMENTO

Em uma escola, o professor se surpreendeu com um fato inédito, classificado como “ousadia” no comportamento de sua turma: quando entrou na sala, encontrou sobre a mesa um “abaixo-assinado”, solicitando a retirada de um colega da turma sob a justificativa de que ele atrapalhava a turma nas lições, isto é, não cumpria as normas da escola, expressas na agenda. Ao aprofundar a origem do texto, a professora percebeu que os alunos – orientados por alguns pais - queriam fazer valer os direitos e deveres que ela havia trabalhado com eles em aulas anteriores (a importância da participação dos alunos). A professora, num primeiro momento, se irritou, mas retomou a questão do direito de todos aprenderem, chamando a atenção da turma por essa “ousadia”, dizendo que esse fato seria discutido em Conselho de Classe. O professor é o responsável pela disciplina da turma, pois é ele quem cria as situações para a prática da proposta pedagógica no cotidiano, contudo, deve considerar as possibilidades de, progressivamente, os alunos assumirem a responsabilidade de suas ações por meio da reflexão coletiva dos acontecimentos. Vasconcellos (1994) aponta a necessidade de a escola explicitar, no seu projeto pedagógico, [...] uma linha comum de atuação.” (MARCO, R. M. S; MAURÍCIO, W. P. D., 2007. Adaptado.)

Tendo como pressuposto que o Conselho de Classe pode ser um espaço de avaliação formativa, isto é, uma análise das necessidades evidenciadas para uma tomada de decisão coletiva, analise e indique de que forma o professor do caso apresentado poderia contribuir nesse processo. Seu texto deverá ter entre 8 e 10 linhas.

1
2
3
4
5
6
7
8
9

Pontifícia Universidade Católica do Paraná – Concurso Prefeitura Municipal de Curitiba Pág. 16

QUESTÃO 2 – DISCURSIVA - EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA

“Com a chegada da Internet, muitos são os ambientes de software que estão trazendo possibilidades inimagináveis à educação e a outras áreas” (AULANET, 2010). Elabore um argumento, de 8 a 10 linhas, para discutir com seus colegas num evento de formação continuada sobre: O que é necessário para que os professores possam inserir de forma adequada os recursos eletrônicos nas atividades pedagógicas de forma a propiciar um ambiente significativo para a aprendizagem dos alunos, desde o início da educação básica.

1
2
3
4
5
6
7
8
9

Pontifícia Universidade Católica do Paraná – Concurso Prefeitura Municipal de Curitiba Pág. 17

QUESTÃO 3 – DISCURSIVA - DESAFIOS EDUCACIONAIS CONTEMPORÂNEOS: EDUCAÇÃO AMBIENTAL

As Diretrizes Curriculares para a Educação Municipal de Curitiba (2006) reafirmam “A Educação para o Desenvolvimento Sustentável” como um dos fundamentos básicos das ações educacionais. A educação para a sustentabilidade “contextualiza as metas educacionais necessárias para a recondução da vida humana na sua interação com o Universo” (CURITIBA, 2006, v. 1, p. 23). Como princípio orientador do currículo, a Educação ambiental não se constitui em disciplina ou área de ensino específica, mas permeia “os conteúdos de todas as áreas do conhecimento, ao longo das diferentes fases do processo pedagógico” (Curitiba, 2006, v. 1, p.3.).

Indique as contribuições trazidas pelo enfoque interdisciplinar organizado pelo professor ao integrar a Educação Ambiental no desenvolvimento do processo pedagógico da Educação Infantil e/ou dos anos iniciais do Ensino Fundamental. Seu texto deverá ter entre 8 e 10 linhas.

1
2
3
4
5
6
7
8
9

Pontifícia Universidade Católica do Paraná – Concurso Prefeitura Municipal de Curitiba Pág. 18

QUESTÃO 4 - DISCURSIVA - ALFABETIZAÇÃO DAS CRIANÇAS DE 5-6 ANOS

De acordo com o Ministério de Educação (MEC) e com a Secretaria de Educação Básica, a ampliação do Ensino Fundamental em mais um ano de estudo do Ensino Fundamental de oito para nove anos, deve “(...) produzir um salto na qualidade da educação: inclusão de todas as crianças de seis anos, menor vulnerabilidade a situações de risco, permanência na escola, sucesso no aprendizado e aumento da escolaridade dos alunos” (BRASIL/MEC, 2007, p. 01.). O Conselho Estadual de Educação do Paraná reafirma a competência de cada instituição de ensino na elaboração da sua proposta pedagógica e especifica que essa proposta deve explicitar: “[...] as concepções de infância, de desenvolvimento humano e de ensino e aprendizagem” (CEE/PR, Deliberação 03/2006, art. 18, inciso I.). Por sua vez a Resolução do CNE, nº 01/2010, em seu Art. 2º, retoma a questão da idade para a matrícula no Ensino fundamental e determina: “Para o ingresso no primeiro ano do Ensino Fundamental, a criança deverá ter 6 (seis) anos de idade completos até o dia 31 de março do ano em que ocorrer a matrícula”.

Considerando esse contexto, elabore um texto argumentativo, entre 8 e 10 linhas, sobre a escolha de metodologias mais adequadas para a alfabetização e letramento das crianças de seis anos no 1º ano do Ensino Fundamental, para ser discutido na reunião de professores por ocasião do planejamento anual.

1
2
3
4
5
6
7
8
9

Pontifícia Universidade Católica do Paraná – Concurso Prefeitura Municipal de Curitiba Pág. 19

QUESTÃO 5 – DISSERTATIVA - A ATUAÇÃO DOCENTE E A QUALIDADE DA EDUCAÇÃO NAS SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL.

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), criado em 2007 para medir a qualidade de cada escola e de cada rede de ensino, é um indicador que tem como base o desempenho do estudante em avaliações do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e as taxas de aprovação. Para que o IDEB de uma escola ou rede de ensino cresça é preciso que o aluno aprenda, não repita o ano e frequente a sala de aula. Os indicadores do IDEB/2009, divulgados em julho de 2010 no portal do MEC, mostram uma evolução “na qualidade da educação”, conforme você pode visualizar no gráfico transcrito a seguir:

Escreva um texto dissertativo, entre 15 e 20 linhas, analisando a atuação docente na produção da qualidade da educação nos anos iniciais do Ensino Fundamental.

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20

Ensino Fundamental -AnosIniciais Evoluçãoda Taxa de Aprovação -Brasil -2005/2009

Fonte: MEC/Inep

(Parte 6 de 6)

Comentários