Linfogranuloma Inguinal

DST

Agente Etiológico

  • Calymmatobacterium granulomatis

  • Conhecida como Donovanose,é uma doença crônica e progressível que acomete as mucosas das re regiõese genitais,perianas e inguinais.

Forma de Transmissão

  • Sexo vaginal com pessoa contaminada.

  • Sintomas leve secreção matinal com aspecto de "clara de ovo", ardor ao urinar e às vezes alterações na freqüência urinária, seguida por lesão genital transitória, única e indolor tipo erosão superficial, que cicatriza espontânea e rapidamente em mais ou menos três a quatro dias.

  • Nas mulheres: vagina, a vulva e, em alguns casos, o colo uterino,

  • Nos homens as lesões ocorrem na glande e no prepúcio, formando grandes feridas purulentas.

Quadro Clínico

  • Inicia-se com ulceração de borda plana ou hipertrófica, bem delimitada, com fundo granuloso, de aspecto vermelho vivo e de sangramento fácil. A ulceração evolui lenta e progressivamente, podendo se tornar vegetante ou úlcero-vegetante. As lesões podem ser múltiplas, sendo freqüente a sua configuração em "espelho", em bordas cutâneas e/ou mucosas. Há predileção pelas regiões de dobras e região perianal. Não há adenite na donovanose, embora raramente possam se formar pseudobubões (granulações subcutâneas) na região inguinal, quase sempre unilateral. Na mulher, a forma elefantiásica é observada quando há predomínio de fenômenos obstrutivos linfáticos. A localização extragenital é rara e, quase sempre, ocorre a partir de lesões genitais ou perigenitais primárias

Como Prevenir

  • Camisinha. Higienização após o coito.

Comentários