15-Administração de materiais

15-Administração de materiais

(Parte 1 de 7)

TÉCNICO EM GESTÃO ESCOLAR1515 pro uncionário pro uncionário

Curso Técnico de Formação para os Funcionários da EducaçãoAdministração de materiais

- Curso Técnico de Formação para os F uncionários da Educação / Técnico em Gestão Escolar:

Administração de materiais

Brasília– 2009 Brasília– 2009

Governo Federal

Ministério da Educação Secretaria de Educação Básica

Diretoria de Políticas de Formação, Materiais Didáticos e de Tecnologias para a Educação Básica

Universidade de Brasília(UnB)

F866aFreitas, Olga.

Administração de materiais. / Olga Freitas. – Brasília : Universidade de Brasília, 2009. 80 p.

ISBN: 978-85-230-0980-9

1. Uso racional de recursos materiais. 2. Conservação do patrimônio público nas escolas. I. Título. I.Universidade de Brasília. Centro de Educação a Distância. CDD 370

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)

Apresentação

Olá, educador e educadora!

Estamos quase chegando ao fim de seu curso. Nessa etapa dos seus estudos, vocês já devem ter construído muitos dos conhecimentos essenciais à sua atuação como técnicos, gestores e educadores do espaço escolar.

A contribuição deste Módulo para sua formação está relacionada às dimensões técnicas e pedagógicas da administração de materiais, que estão para além da organização do espaço físico de um depósito, mas, sobretudo, dizem respeito à constituição de uma identidade educativa voltada às preocupações com o uso racional de recursos materiais e à cultura do não desperdício.

Nesse sentido, as quatro unidades que compõem o Módulo apresentam, em uma linguagem simples e de forma gradual, as informações básicas necessárias ao desenvolvimento das habilidades essenciais aos cuidados com o patrimônio público, no âmbito da escola. São conteúdos relacionados à aquisição, à manutenção, à preservação e à economia dos bens públicos, que se comunicam transversalmente com valores, como ética, transparência e democracia, além do desenvolvimento, no seio escolar, de uma consciência ambiental – tão fundamental em nossos dias!

Dada a natureza dos conteúdos abordados, a realização das atividades propostas pode, em diversos momentos, compor sua Prática Profissional Supervisionada, que é o grande diferencial desse curso.

Por óbvio que apenas o acesso às informações aqui contidas não são suficientes para garantir sua efetiva participação nos processos administrativos, pedagógicos e decisórios da escola. É preciso, além de apropriar-se desses conhecimentos, reelaborá-los, contextualizando-os à sua realidade e, acima de tudo, agregando outros tantos, de forma continuada, sempre. Por isso, continuar seus estudos, aprofundá-los, deve ser uma busca constante em suas vidas, pois quanto maior nosso repertório, melhor e mais competente é a nossa prática.

Então, aproveite bem este momento e bons estudos!

Objetivos

Conhecer edesenvolver habilidades básicas necessárias à administração de materiais, equipamentos e recursos naturais e didáticos no ambiente escolar, bem como aos cuidados de manutenção e conservação do patrimônio público por meio de reflexões sobre um contexto educacional democrático e cidadão, com vistas ao desenvolvimento de um perfil profissional técnico, gestor e educador.

Ementa

A materialidade do processo educativo escolar: prédios, equipamentos e recursos didá-didáticos. Relação entre equipamentos físicos, materiais pedagógicos, educação e aprendizagem. Gestão de rede, escola e sala de aula: a questão da descentralização. Compras, produção e conservação. Almoxarifado. Equipamentos patrimoniais.

Sumário Sumário

UNIDADE 1 – Compreendendo alguns conceitos 1

UNIDADE 2 – Aquisição de materiais37

UNIDADE 3 – A organização dos espaços na administração de materiais47

UNIDADE 4 – Gestão pedagógica dos materiais59

CONCLUSÃO 74 REFERÊNCIAS 7

UNID ADE 1

C ompreendendo alguns conceitos

1 Gestão ou administração? Existe alguma diferença?

Educador(a), ao tratarmos a administração de materiais no contexto escolar, remetemo-nos inclusive à instância pedagógica dos materiais e equipamentos, bem como da própria função de administrador, que se reveste de aspectos inovadores, como a autonomia e a consciência educadora.

Assim é que, longe de instruções e normas prontas e acabadas, este Módulo Administração de materiais propõe a você, funcionário(a) da escola, o desenvolvimento de seu potencial gestor, de sua criatividade e de sua função pedagógica, com vistas à construção das estratégias que melhor atendam à sua realidade, no que diz respeito ao uso, à manutenção e à aquisição dos bens que compõem o patrimônio escolar.

Para a consolidação desse conhecimento, é importante que você saiba, inicialmente, que o objetivo básico da administração de materiais consiste em dispor os recursos necessários ao processo educativo com qualidade, em quantidades adequadas, no tempo correto e com economia. E para que esse objetivo seja alcançado, faz-se necessário que, de início, conheçamos alguns conceitos-chave em administração pública, necessários à formação do gestor e que fundamentam sua prática.

Iniciaremos nossas reflexões lendo o texto a seguir.

Cinema em casa

Dona Genária é funcionária de uma escola pública na zona rural de um desses interiores do nosso grande Brasil. Sempre gostou de ir ao cinema, assistir a filmes românticos e a boas comédias.

Mas isso era muito difícil! Cinema… só nos fins de semana! E no centro da cidade… Até que terminasse o trabalho de casa, se arrumasse, tomasse o ônibus – que nos fins de semana não passava com regularidade – e chegasse lá, já teria perdido a sessão. Para piorar, caso conseguisse ir, tinha o problema da volta: geralmente, as sessões acabavam tarde e aí, além da incerteza do

UNID ADE 1

– Compreendendo alguns conceitos transporte, enfrentava o problema da falta de iluminação pública no setor onde morava. Assim, embora gostasse tanto, acabava desistindo do cinema.

Mas com a recente chegada da energia elétrica em sua região, sua vida tomou outro rumo! Depois da geladeira, da TV e do som, dona Genária resolveu: levaria o cinema até sua casa. Iria adquirir um aparelho de DVD! Assim, poderia comprar os filmes de que tanto gostava e os assistiria tranqüilamente no conforto do seu lar, no horário que melhor conviesse, quantas vezes quisesse, com direito a pipoca e tudo mais!

Como primeira providência, foi logo fazer um orçamento. Percorreu vários estabelecimentos comerciais no centro urbano de seu município, comparando preços, qualidade das marcas existentes, consumo de energia, tempo de garantia, manutenção, facilidade de instalação e manuseio etc. Atentou ainda para as condições de pagamento: qual estabelecimento oferecia um maior desconto, caso a compra fosse à vista, e qual oferecia menor taxa de juros, caso precisasse fazer um parcelamento.

Só então dona Genária fez a opção: comprou o aparelho que melhor atendia às suas necessidades e estava dentro de suas possibilidades, ou seja, aquele que lhe permitiria assistir aos seus filmes tranqüilamente, na hora que quisesse, sem aumentar muito o consumo de energia de sua casa e cujo preço cabia no seu bolso.

Feliz da vida, dona Genária já saiu da loja carregando seu cinema particular em uma pequena caixa que, exigiu, fosse embalada para presente. Afinal, ela merecia!

Educador(a), veja que dona Genária, para adquirir seu aparelho de DVD, precisou planejar a compra e se organizar para fazê-la. Assim como ela, todos os dias em nossas vidas nos deparamos com situações – domésticas, profissionais, relacionais – para as quais precisamos de uma boa dose de planejamento e organização. E o fazemos com maestria, embora, na maioria das vezes, nem percebamos que o que estamos fazendo é pura administração.

UNID ADE 1 – Compreendendo alguns conceitos

(Parte 1 de 7)

Comentários