Especificação de Um Filtro Ativo para Correção Instantânea do Fator de Potência para Ondas Não-Senoidais Utilizando a Teoria da Potência Complexa Instantânea

Especificação de Um Filtro Ativo para Correção Instantânea do Fator de Potência...

(Parte 3 de 3)

Figura 14: Bloco Potência Reativa

Figura 14: Leitura das componentes α e β da potência complexa instantânea reativa

Apesar do objetivo principal deste projeto de IC ser a especificação do filtro ativo, verificou-se a necessidade de um melhor entendimento sobre o comportamento das harmônicas nos sistema elétrico e como ela influencia as grandezas elétricas.

Também era necessário um maior entendimento do orientando entender as teorias envolvendo todo o processo de correção, grandezas de Buchholz-Goodhue, teoria p-q, cálculos das distorções harmônicas e a teoria da potência complexa instantânea.

No ponto atual em que se encontra o trabalho já é possível vislumbrar a especificação e elaboração do filtro, trabalho que está sendo iniciado, uma vez que o projeto terá continuação até alcançar este objetivo.

Segunda as expectativas iniciais de trabalho estamos dentro do cronograma estabelecido, o que deve ser entendido é: como este projeto utiliza muitos conceitos avançados com relação à potência, alguns os quais são estudados apenas em mestrado, há a necessidade de que o orientando busque muitas informações, algumas que somente é de conhecimento nos períodos finais do curso de Engenharia Elétrica, então a velocidade com que o projeto avança também depende do andamento do curso citado.

Relatório Final do PIBIC/CNPq/IFG - 7o Edital (julho/2011). 12

Por fim a TPCI demonstrou-se muito versátil quanto a sua utilização na análise dos transitórios tanto para sistemas equilibrados quanto para desequilibrados, quando se fala em perdas de linha utilizar as grandezas de Buchholz-Goodhue (Semensato[5]).

Procuramos abrir também uma discussão sobre o modelo de estudo da potência elétrica dentro do curso de Engenharia Elétrica, pois é necessário que o graduando já tenha conhecimento sobre essas novas vertentes no estudo da mesma, preparando-o melhor para o mercado de trabalho, tendo em vista que estes alunos podem se deparar com situações em que seja necessário trabalhar com tais teorias para resolução de problemas reais.

Durante o estudo constatou-se a presença de outro tipo de potência no sistema elétrico a qual denominamos de potência de energização que segundo demonstrações matemáticas pode se tratar de uma parte da potência ativa sendo consumida por componentes indutores do sistema. Esta é uma parcela da potência que aparece oscilando dentro do sistema transitório, cuja qual está tentando-se entender, entretanto ainda sem sucesso.

Annual MeetingToronto: IEEE, 1993. p. 171-176.
IPEC’83Tokio: IEEE, 1983. p. 1375-1386.
Paulo. AnaisSão Paulo: S.n., 1998. p. 419-423.
[7] WATANABE, E. H. ; AREDES, MTeoria de Potência Ativa e Reativa Instantânea e
[8] AKAGI, H. ; WATANABE, E. H. ; AREDES, MInstantaneous Power Theory and

[1] MILANEZ, D.L.; MISKULIM, M.S. The instantaneous complex power applied to threephase machines, 28IAS, 1993, Toronto. In: INTERNATIONAL ANNUAL MEETING IEEE. [2] AKAGI, H.; KANAZAWA, Y.; NABAE, A. (1983). Generalized theory of the instantaneous reactive power in three-phase circuits. In: PROCEEDINGS OF THE INTERNATIONAL POWER ELETRONICS CONFERENCE, 1983. Proceedings of the [3] MILANEZ, D. L.; ESTEVAM, G. P. Análise de um retificador trifásico de onda completa a tiristor aplicando a teoria da potência complexa instantânea. In: I CONGRESSO LATINO AMERICANO DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA, CONLADIS, 3, 1998, São [4] DUGAN, R. C.; MCGRANAGHAN, M. F.; BEATY, W. H. Electrical power systems quality. New York: McGraw-Hill, 1996. 256 p. [5] SEMENSATO, M.; Aplicações da Teoria da Potência Complexa Instantânea no Cálculo das Grandezas de Buchholz-Goodhue. 2007. 121 f. Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira, Universidade Estadual Paulista, Ilha Solteira, 2007. [6] AKAGI, H.; WATANABE, E. H.; AREDES, M. Instantaneous Power Theory and Applications to Power Conditioning. IEEE Press, 2007. 379p. Aplicações - Filtros Ativos e Facts. In: CBA'98 - XII BRAZILIAN AUTOMATIC CONTROL CONFERENCE, 1998, Uberlândia, MG. Mini-Curso, 1998. v. 1. p. 81-122. Applications to Power conditioning. 1. ed. Nova Iorque: IEEE Press / Wiley Interscience, 2007. v. 1. 400p [9] AREDES, M. ; WATANABE, E. H. ; H. Akagi . The p-q Theory for Active Filter Control: Some Problems and Solutions. In: XIV CONGRESSO DE AUTOMÁTICA, 2002, Natal. Proc. (CDROM) of the CBA, 2002. v. 1. p. 1078-1083.

(Parte 3 de 3)

Comentários