Física - Mecânica - testes

Física - Mecânica - testes

1 unificado

06.(UPF) Um ponto material em MCU efetua 120 rpm.

O raio da trajetória é 20 cm. A sua aceleração centrípeta, em m/s2, é aproximadamente (Considere π = 3,14.) (A) 10(D) 35 (B) 25(E) 42,5 (C) 31,5

07.(ULBRA) A força centrípeta (FC) é responsável pelo movimento circunferencial de raio R de um corpo de massa m preso a uma corda, movendo-se com velocidade de módulo constante V. A expressão matemática usada para circular o valor numérico desta força é dada por

(A) FC = R . V/m. (B) FC = m . V2/2. (C) FC = m . V2/R. (D) FC = m . V/R. (E) FC = V2/R.

08. Uma partícula de massa 2,0 kg em movimento circular uniforme e de raio 3,0 m leva π segundos para descrever uma volta completa na circunferência. A resultante centrípeta que atua na partícula tem intensidade (A) 12 N(D) 8 N (B) 24 N(E) 4 N (C) 10 N

09. (PUC) Considerar um ventilador com hélice girando.

Em relação aos pontos da hélice, é correto afirmar que (A) todos têm a mesma velocidade linear. (B) todos têm a mesma aceleração centrípeta. (C) os pontos mais afastados do eixo de rotação têm maior velocidade angular.

(D) os pontos mais afastados do eixo de rotação têm menor aceleração centrípeta.

(E) os pontos mais afastados do eixo de rotação têm maior velocidade linear.

10.(UCPR) De um lugar situado a 125 m acima do solo, lança-se um corpo, horizontalmente, com velocidade igual a 10 m/s e g = 10 m/s2 . Podemos afirmar que o alcance e o tempo gasto para o corpo atingir o solo valem, respectivamente, (A) 100m e 10s. (B) 50m e 5s. (C) 100m e 5s. (D) 150m e 5s. (E) 75m e 5s.

Mecânica

01.(FMAB-SP) Uma partícula percorre uma trajetória circular de 5 m de raio com velocidade escalar constante. Entre os instantes t1 = 1,0 s e t2 = 5,0 s, seu percurso é de 80 m. O período do movimento,

02.(UFRGS) Indique a proposição correta, relativa a um MCU: (A)a aceleração total é igual a soma algébrica das acelerações centrípeta e tangencial.

03.(UF-GO) Um disco gira com velocidade angular constante. Sobre esse disco colocam-se dois objetos A e B às distâncias r/3 e r/2 do centro, respectivamente. Com relação aos períodos desses objetos, podemos afirmar que:

(A) TA = TB(D) TA = 4/9 TB (B) TA = 2/3 TB(E) TA = 9/4 TB (C) TA = 3/2 TB

04.Num movimento circular uniformemente variado

(A) a velocidade escalar aumenta com o tempo. (B) a aceleração vetorial resultante é nula. (C) a aceleração angular não é nula. (D) a aceleração centrípeta é nula. (E) a aceleração escalar é nula.

05.(CESGRANRIO) Uma haste rígida de comprimento

L gira com velocidade angular constante em torno de um eixo que lhe é perpendicular e passa a uma distância L/3 de uma de suas extremidades. A razão entre a velocidade VM desta extremidade e a velocidade VN da extremidade oposta vale:

(A) VM / VN = 1/3 (B) VM / VN = 1/2 (C) VM / VN = 2/3 (D) VM / VN = 3/2 (E) VM / VN = 3

AM28 2 unificado

1.(UFGO) Uma esfera rola sobre uma mesa horizontal, abandona essa mesa com uma velocidade horizontal v0 e toca o solo após 1 segundo. Sabendo-se que a distância horizontal percorrida pela bola é igual à altura da mesa, a velocidade v0, considerando-se g = 10 m/s2 , é de:

(A) 1,25 m/s(D) 5,0 m/s (B) 10,0 m/s(E) 2,50 m/s (C) 20,0 m/s

12.Um projétil de massa m é lançado com uma velocidade inicial v e atinge a cota máxima (ponto C) em um tempo t. As componentes de v nas direções x e y são vx e vy, respectivamente. O atrito com o ar é desprezível.

O alcance de AB é

(A) 2vt(D) vxt/2 (B) vxt(E) 2vyt (C) 2vxt

13.(FATEC-SP) Uma partícula é atirada com velocidade de 10m/s fazendo ângulo de 60° com a horizontal. Sabendo que sen60° = 0,87 e cos 60° = 0,5, pode-se afirmar que a componente horizontal de sua velocidade tem módulo (A) 5 m/s constante. (B) 5 m/s de início, decrescente em seguida. (C) 9,8 m/s de início, crescente em seguida. (D) 8,7 m/s constante. (E) nenhuma das anteriores é correta.

14.(Cesgrando-RJ) A figura mostra as fotografias estroboscópicas dos movimentos de duas bolas. A velocidade inicial da primeira é nula (no ponto P) e a segunda tem velocidade inicial paralela ao eixo x (no ponto Q). A freqüência do estroboscópio é desconhecida.

Qual (quais) das seguintes afirmações pode(m) ser verificada(s) por uma simples análise das fotografias? I -A aceleração de cada bola é paralela ao eixo y. I -As duas bolas caem com acelerações iguais. I -As bolas têm massas iguais. (A)I somente. (B)I e I somente. (C)I e II somente. (D) I, I e II. (E) I e I somente.

unificado

01. C02. E03. A04. C05. B06. C07. C08. B 09. E10. B11. D12. C13. A14. E15. E

15.(UFRGS) A figura abaixo representa as trajetórias dos projéteis idênticos A, B, C e D, desde seu ponto comum de lançamento, na borda de uma mesa, até o ponto de impacto no chão, considerado perfeitamente horizontal. O projétil A é deixado cair a partir do repouso, e os outros três são lançados com velocidades iniciais não-nulas.

Desprezando o atrito com o ar, um observador em repouso no solo pode afirmar que, entre os níveis da mesa e do chão,

Comentários