conhecendo o diabetes

conhecendo o diabetes

(Parte 1 de 4)

Av. Maj. Sylvio de Magalhães Padilha, 5200

Ed. Atlanta - Morumbi CEP 05693-0 - São Paulo - SP

Visite seu médico regularmente e acesse:

EDIÇÃO 2010

Um guia prático para simplificar a vida do diabético Conhecendo o Diabetes

Uma publicação educacional da sanofi aventis

Apoio: BD Diabetes Care

O conteúdo deste manual pode ser reproduzido em todo ou em parte, desde que citada a fonte. São Paulo - EDIÇÃO 2010

Conhecendo o Diabetes

Como Controlar o Açúcar no Sangue

Os Benefícios dos Exercícios Físicos Diabetes e uma Alimentação Saudável

Cuidados com os Pés Informações Gerais sobre Aplicação de Insulina

Sou Diabético e Agora? Conhecendo o DiabetesSou Diabético e Agora? Conhecendo o Diabetes

Índice

Como Calcular o Índice de Massa Corpórea - IMC

Escolha da Agulha Aplicação da Insulina com Seringa Uso de Canetas para Aplicação de Insulina

Orientações para Aplicação de Insulina

Conhecendo o Diabetes

O diabetes é uma enfermidade que aumenta a quantidade de açúcar no sangue (nesse caso, a palavra tecnicamente correta para açúcar é glicose).

Nosso organismo transforma em açúcar os alimentos que comemos. A insulina ajuda no transporte do açúcar do sangue para as células do corpo, onde será usado como energia. Quanto se tem diabetes, o corpo não produz insulina ou não produz o suficiente, ou ainda a insulina produzida não funciona adequadamente.

Com o tempo, os níveis altos de açúcar no sangue (Hiperglicemia) podem causar problemas sérios à saúde.

O diabetes tipo 2 ocorre com maior frequencia em adultos acima de 45 anos de idade.

Ocorre com maior em pessoas com antecedentes familiares de diabetes.

frequencia

É mais comum em pessoas com excesso de peso.

O diabetes tipo 2 é controlado mediante um equilíbrio entre os alimentos que comemos, exercícios físicos, controle de peso e em alguns casos, medicamentos, sejam eles comprimidos ou insulina.

Diabetes tipo 1

O diabetes tipo 1 ocorre com maior frequencia em crianças, adolescentes e adultos jovens. É necessário tomar insulina para suprir a falta ou a produção insuficiente do corpo.

Diabetes tipo 2

No diabetes tipo 2 o corpo produz insulina, porém ela é insuficiente ou não funciona adequadamente.

Diabetes tipo 2 Principais tipos de Diabetes

Necessidade frequente de urinar

Se o nível de açúcar no sangue não for controlado, com o tempo podem surgir problemas mais sérios, como:

Faça o teste de açúcar no sangue em casa

Em alguns casos é possível ter nível elevado de açúcar sem que apareça nenhum sintoma. Por isso é importante fazer o teste de açúcar no sangue (glicemia). O teste é realizado de um maneira muito simples: basta puncionar um dos dedos das mãos com um lancetador. A gota de sangue obtida é aplicada em uma tira de teste e lida em um monitor. Em apenas alguns segundos o resultado da glicemia aparece no monitor.

O que acontece quando o nível de açúcar no sangue está alto?

Níveis elevados de açúcar no sangue por tempo prolongado podem causar sérios problemas:

Nos olhos Nos nervos

Nos rins

No coração, nas artérias e nas veias

Nos pés

Como a insulina não funciona adequadamente, o açúcar vai se acumulando no sangue e é eliminado através da urina.

Essa presença elevada de açúcar no sangue e na urina pode causar sintomas como:

Perda de peso

Cansaço

SedeVisão turva

Perda parcial da visão chegando a cegueira, Lesões graves nos pés podendo evoluir para amputação e

Insuficiência renal podendo ser necessário o uso de hemodiálise.

O teste da urina

Usa-se uma tira de teste que em contato com a urina acusa a presença de açúcar ou cetonas. A presença de cetonas na urina pode significar que o nível de açúcar no sangue está descontrolado. Consulte o seu médico, talvez você tenha que ajustar o tratamento.

Outro teste, realizado em laboratório é o exame de sangue chamado A1C (Hemoglobina Glicada).

Esse exame mostra o nível médio de controle do açúcar sanguíneo nos últimos 2 ou 3 meses. Seu médico lhe dirá qual o melhor teste no seu caso.

Seus medicamentos

Os comprimidos funcionam de diversas maneiras para ajudar a diminuir o nível de açúcar no sangue. Se você estiver usando comprimidos, faça-o sempre com orientação médica. Saiba o que fazer se você deixar de tomá-lo. Não tome junto com a próxima dose. É importante respeitar o horário indicado pelo seu médico.

Se você usa insulina, aprenda a preparar a seringa e a injetá-la corretamente, escolhendo lugares diferentes do corpo a cada aplicação para que a insulina seja bem absorvida. Se você aplica insulina com caneta, aprenda a manuseá-la corretamente.

O baixo nível de açúcar no sangue (Hipoglicemia)

Insulina ou comprimidos são medicamentos que podem ajudar a controlar o diabetes, mas que às vezes podem baixar demasiadamente o nível de açúcar no sangue, especialmente durante ou depois da prática de exercícios físicos, ou ainda:

Se você não se alimentar; Se você comer tarde; Se você não comer o suficiente;

Se você tomar medicamento em excesso.

Os sintomas de baixo nível de açúcar no sangue são: tremor, tontura, irritabilidade, fome, sonolência, sudorese e cansaço.

Lembre-se, o diabetes não tem cura, mas o nível de açúcar no sangue (glicemia) pode ser controlado com uma alimentação balanceada, com a prática de exercícios físicos e com medicamentos.

Você pode ter uma vida normal e saudável mesmo tendo diabetes.

Os Benefícios dos Exercícios Físicos

Se você apresentar alguns desses sintomas é necessário comer ou beber imediatamente algum alimento com açúcar. Seu médico lhe dará orientações sobre como evitar os problemas de baixo nível de açúcar no sangue.

Siga sempre todas as orientações para seu próprio bem. Procure participar de um grupo de apoio e explique para sua família e seus amigos o que eles podem fazer para ajudá-lo.

Uma maneira de ajudar a controlar o nível de açúcar no sangue (glicemia) é fazer exercícios. Nível alto de açúcar no sangue e peso acima do esperado podem piorar o controle do diabetes e ocasionar enfermidades do coração e das artérias.

Os exercícios ajudam a:

Controlar o peso;

Baixar o nível de açúcar no sangue;Evitar as enfermidades do coração;

Podem também ajudar a controlar a pressão arterial e os níveis de gordura no sangue.

Escolha uma atividade que você goste. Você não vai querer fazer exercícios se não for agradável. Alguns exercícios fáceis incluem:

Iniciando o exercício físico

Os exercícios ajudam você a:

Sentir-se melhor e ter melhor aparência

Reduzir a tensão (estresse)

Ter ossos e músculos fortes

Andar de bicicletaCaminhar

Nadar Dançar 1514

Leve sempre um cartão de identificação médica. Em caso de emergência, as pessoas saberão que você tem diabetes.

Faça exercícios regularmente e de maneira frequente. Tente fazê-los no mesmo horário todos os dias, se possível.

Convide um amigo que também goste de se exercitar. É mais agradável fazer exercício acompanhado. Convide a família para participar. Os exercícios são bons para todos!

Fale com seu médico antes de começar a fazer exercícios. É importante encontrar o tipo de exercício mais adequado a você.

Talvez seja difícil encontrar tempo, porém o mais importante é fazer exercícios 4 ou 5 vezes por semana, durante 20 a 30 minutos.

A segurança é o principal

Use tênis confortáveis e meias de algodão com acabamento sem costura que podem ajudar a evitar as bolhas.

Fazer um teste de sangue antes de fazer exercícios; Comer algo imediatamente se o nível de açúcar ficar abaixo de 100 mg/dl; Comer mais alguma coisa se fizer exercícios durante mais de uma hora.

Faça aquecimento e alongamento por 5 a 10 minutos. Inicie o exercício devagar. Aumente o ritmo quando se sentir pronto.

Beba água antes e durante os exercícios.

É melhor esperar de 60 a 90 minutos depois de comer, antes de fazer exercícios.

Pare de fazer exercícios se tiver sensação de desmaio ou se tiver dor ou dificuldades de respirar.

Se isto ocorrer, antes de voltar a fazer exercícios, entre em contato com seu médico.

O açúcar no sangue e o exercício

As pessoas com diabetes que tomam insulina ou medicamentos para baixar o nível de açúcar no sangue podem sofrer uma diminuição do nível quando fazem exercícios;

Se você toma insulina ou comprimidos, você deve:

Se você toma insulina ou comprimidos, leve consigo alimentos com açúcar de ação rápida quando for fazer exercícios. Você poderá levar:

sempre

Balas de açúcarDoces Bolachas

Se você sentir os sintomas de nível baixo de açúcar, coma logo estes alimentos.

Diabetes e uma Alimentação Saudável

A insulina ajuda as células a conseguir o açúcar de que necessitam para produzir energia. Também evita que o açúcar se acumule no sangue. Mas, se você tem diabetes, a insulina não funciona como deveria ou talvez nem esteja sendo produzida. Mesmo com a insulina não funcionando bem, uma alimentação saudável pode ajudar seu organismo a manter o nível de açúcar no sangue em equilíbrio: nem muito alto, nem muito baixo.

Algumas pessoas que tomam insulina ou comprimidos podem sofrer baixa do nível de açúcar no sangue várias horas depois de ter feito exercícios. Convém você fazer frequentes testes de sangue depois dos exercícios.

Se você toma insulina, evite aplicá-la nas partes do corpo mais exigidas pelo exercício. Por exemplo: não aplique na perna se você for correr. Ela poderá ser absorvida muito rapidamente.

Importante

A insulina Glargina não tem modificação na sua absorção quando aplicada nas partes do corpo mais exigidas pelo exercício físico.

Consulte seu médico sobre qualquer dúvida em relação às atividades físicas. Ele é a pessoa ideal para lhe ajudar.

Os alimentos nos dão a energia de que necessitamos para viver. Nosso organismo converte a maior parte dos alimentos que comemos em um tipo de açúcar que se chama glicose, da qual as células necessitam.

Seu planejamento alimentar

Faz parte de uma alimentação saudável escolher alimentos adequados, controlar o seu peso e manter um equilíbrio entre o que você come e a quantidade que come com as calorias que você gasta com a atividade física.

Um profissional de saúde especializado ajudará você a planejar a sua alimentação levando em conta:

Alimentos como pães, vegetais, frutas e doces afetam o nível de açúcar no sangue de diferentes maneiras. É preciso escolher alimentos que ajudem a controlar o nível de açúcar no sangue. Um profissional de saúde especializado vai ensinar você a fazer essa escolha.

Seu peso e idade; Sua atividade física;

Seu nível de açúcar no sangue; Os alimentos que você gosta.

Se você toma comprimidos ou insulina, você aprenderá também a fracionar a alimentação durante o dia. Isso é importante para que os medicamentos funcionem bem, dentro daquele equilíbrio entre o que você come e a energia que você gasta com suas atividades física.

Há pessoas, especialmente os ativos, que necessitam de lanches rápidos entre as principais refeições.

É importante não excluir nenhuma refeição ou lanche rápido de seu planejamento.

Sua meta é se alimentar corretamente, nas quantidades corretas e nas horas certas para controlar seu diabetes.

Alimentos com muita gordura têm muitas calorias. Substitua-os por alimentos com pouca gordura e pouco sal. Eles ajudam a controlar o seu peso e diminuem o risco de doenças cardíacas. Com excesso de peso fica mais difícil você controlar seu diabetes.

Como escolher alimentos saudáveis

Um guia de alimentos em forma de pirâmide, como se vê abaixo, ajudará você a escolher alimentos saudáveis para balancear o açúcar no sangue.

Gorduras, Óleos e Açúcares USAR ESPORADICAMENTE

Grupo dos Laticínios

Leites, Iogurtes e Queijo 2 - 3 PORÇÕES

Grupo das Carnes, Aves,

Peixe, Ovos, Feijão 2 - 3 PORÇÕES

Grupo dos Pães, Cereais, Arroz e Massas 6 - 1 PORÇÕES

Grupo dos Vegetais 3 - 5 PORÇÕES

Grupo das Frutas 2 - 4 PORÇÕES

Na base da pirâmide estão os alimentos que você deve comer mais. Na parte de cima, os alimentos que você deve comer menos. Este esquema ajudará você a manter o diabetes controlado: os alimentos sugeridos formam uma combinação balanceada de açúcar, carboidratos, proteína, gordura, vitaminas e minerais. O que é muito saudável para você.

Alimentos ricos em fibras

Os alimentos ricos em fibras previnem que o nível de açúcar no sangue suba muito rapidamente depois de comê-los. As fibras também ajudam a evitar prisão de ventre e podem dar a sensação de saciedade, o que ajudará você a comer menos.

Os alimentos ricos em fibras incluem:

Frutas e vegetais frescos;

Pão e cereais integrais; Feijão e legumes; Arroz integral, cevada e aveia.

Alimentos com pouca gordura e sal

Carne com gordura, leite integral, queijo e frituras. Para isso, retire a pele do frango, separe a gordura da carne antes de cozinhar ou comê-la. Tome leite semi desnatado ou desnatado.

Ter pressão arterial alta é um problema comum em pessoas com diabetes. Se você é hipertenso, reduza a quantidade de sal na sua alimentação. Isso vai ajudar a controlar a sua pressão arterial.

Para comer menos gordura

Não use manteiga, margarina, óleo, molhos de saladas e creme na comida. Evite:

Seja cuidadoso com o que pedir em restaurantes e lanchonetes. As comidas rápidas (fast-food) geralmente têm muita gordura.

Coma queijos e sobremesas com pouca ou nenhuma gordura. Prepare os alimentos ao forno ou de forma grelhada ao invés de fritá-los.

Para reduzir o sal

Não use sal nos alimentos,mesmo no seu preparo; Não ponha o saleiro na mesa;

Use temperos sem sal, como alho em pó, cebola, pimenta e ervas;

Evite os alimentos como carnes defumadas, pepinos curtidos, batas fritas, salames;

Se necessário, um profissional de saúde especializado pode dar mais detalhes para lhe ajudar, principalmente sobre a parte técnica.

Quanto devemos comer?

Aprenda a controlar a quantidade de alimentos a ser ingerida durante a refeição. É importante para manter em equilíbrio o nível de açúcar no sangue. Para isso, use copos dosadoresou balança.

Use esses «truques»

A maioria das pessoas come mais do que pensa. Pesando frequentemente os alimentos, com o tempo se aprende qual a quantidade certa só pelo olhar.

Como ler os rótulos

A maioria das embalagens atualmente traz o valor nutritivo e as calorias dos alimentos, além dos ingredientes que entram em sua composição, tais como calorias, quantidade, carboidratos, sal, gordura etc. Isso ajuda você a escolher alimentos que se encaixam no seu plano alimentar.

Anote o que você come

Faça um diário do que você come durante o dia. Isso ajuda você a controlar a quantidade e a qualidade dos alimentos e a saber qual deles pode estar afetando o seu nível de açúcar no sangue.

Quando for comer fora de casa

Planejar antecipadamente ajuda pessoas com diabetes a controlar os níveis de açúcar quando se vai comer fora. Algumas das maneiras de se fazer isso são:

Carregue refrigerantes dietéticos com você se achar que estes não são servidos.

Saber com antecedência o que vai ser servido. É o caso até de levar algo de acordo com seu plano alimentar

Nos restaurantes, ao invés de frituras, peça alimentos assados ou grelhados.

Prefira saladas e tempere-as você mesmo. Peça tempero separado.

Sempre leve um lanche com você em caso de seus planos terem sido mudados na hora de comer.

E bebidas alcoólicas?

Quem toma insulina ou comprimidos para diabetes, precisa ter cuidado. A bebida alcoólica pode fazer baixar demais o nível de açúcar no seu sangue (Hipoglicemia). Se você tomar bebidas alcoólicas, tome apenas uma ou duas doses por dia. Faça o teste do nível de açúcar no sangue depois de beber.

(Parte 1 de 4)

Comentários