(Parte 2 de 21)

A medida da inércia de um corpo corresponde à de sua massa. Assim, quanto maior a massa de um corpo, maior será a sua inércia (apresenta maior resistência à mudança do seu estado de repouso ou de movimento).

É a propriedade que os corpos têm de não poder ocupar um mesmo lugar no espaço ao mesmo tempo.

COMPRESSIBILIDADE É a propriedade que os corpos possuem de terem seu volume reduzido quando submetido a determinada pressão. Isto ocorre porque a pressão diminui os espaços existentes entre as partículas constituintes do corpo.

ELASTICIDADE É a propriedade que um corpo tem de voltar a sua forma inicial, cessada a força a que estava submetido. A elasticidade a compressibilidade variam de um corpo para outro.

Prof. Agamenon Roberto QUÍMICA 9º ANO

É a propriedade que a matéria tem de não poder ser criada nem destruída, apenas ser transformada. Esta propriedade constitui um dos princípios básicos da química, ciência que estuda as transformações das substâncias.

Além das propriedades comuns a todas as matérias, há propriedades específicas que, por sua vez, dividem-se em organolépticas, químicas e físicas.

São as propriedades pelas quais certas substâncias impressionam nossos sentidos: Cor, sabor, brilho, odor, etc.

As propriedades químicas são aquelas que caracterizam quimicamente as substâncias. Vale destacar a combustão, a hidrólise e a reatividade.

São as propriedades que caracterizam as substâncias fisicamente, diferenciando-as entre si. As mais importantes são: Ponto de fusão, ebulição, solidificação e condensação.

Também destacamos a solubilidade, a densidade, a solubilidade e a condutibilidade.

Uma das propriedades físicas de grande importância é a densidade que corresponde ao quociente entre a massa e o volume de um corpo.

Quanto maior for a massa de um corpo por unidade de volume, maior será a sua densidade e vice-versa.

1 mL de água1 mL de ferro 1 mL de chumbo
pesa 1 gpesa 7,86 g pesa 1,40 g

d = m / v

g / mL ,g / cm3
,kg / L , etc.

A densidade pode ser medida em:

01) Massa, extensão e impenetrabilidade são exemplos de:

a) propriedades funcionais. b) propriedades químicas. c) propriedades particulares. d) propriedades físicas. e) propriedades gerais.

02) Qual das propriedades a seguir são as mais indicadas para verificar se é pura uma certa amostra sólida de uma substância conhecida? a) ponto de ebulição e densidade. b) ponto de fusão e dureza. c) cor e densidade. d) ponto de fusão e visão. e) cor e paladar.

03) Densidade é uma propriedade definida pela relação:

a) massa / pressão b) massa / volume c) massa / temperatura d) pressão / temperatura e) pressão / volume

04) Com relação às propriedades da matéria e às mudanças de fase das substâncias e das misturas, é FALSO afirmar:

a) Cor, odor e sabor são propriedades químicas. b) Densidade, solubilidade, temperatura de ebulição e temperatura de fusão são propriedades usadas na identificação de uma substância. c) As substâncias, durante a mudança de fase, mantêm a temperatura constante. d) As propriedades químicas podem ser usadas como critério na determinação de grau de pureza das substâncias. e) A densidade é uma propriedade física da matéria.

Prof. Agamenon Roberto QUÍMICA 9º ANO

05) Uma pessoa comprou um frasco de éter anidro.

Para se certificar que o conteúdo do frasco não foi alterado com a adição de solvente, basta que ele determine, com exatidão,

I. A densidade. I. O volume. I. A temperatura de ebulição. IV. A massa.

Dessas afirmações, são corretas APENAS:

a) I e I. b) I e I. c) I e IV. d) I e II. e) I e IV.

06) Qual a massa de 3 mL de acetona, sabendo que sua densidade absoluta é de 0,792 g/mL ?

O laboratório é um local feito especificamente para a realização de experimentos.

Devemos ter neste local instalação de água, gás e eletricidade, além de boa iluminação e ventilação.

Segurança no Laboratório

Num laboratório devemos seguir algumas normas básicas de segurança:

1. Não se deve correr no laboratório. 2. Colocar os livros e os casacos nos locais apropriados; 3. Não comer, nem beber no espaço do laboratório; 4. Não provar absolutamente nada no laboratório;

5. Não abandonar nunca uma montagem ou uma experiência laboratorial; 6. Não ter comportamentos irresponsáveis, nem brincadeiras no espaço do laboratório, pois podem ter conseqüências muito graves;

7. Desligar os bicos de gás, apagar todas as chamas de lamparinas e verificar que os equipamentos elétricos se encontram devidamente fechados antes de deixar o laboratório;

8. Lavar sempre as mãos depois da realização dos ensaios; 9. Evitar tocar na boca, olhos e nariz quando se trabalha em laboratório, pois podem estar contaminadas;

10. Ler cuidadosamente os rótulos dos frascos e embalagens dos reagentes que utilizar; 1. Usar bata e vestuário que possa proteger de derrames e acidentes; 12. Não se deve andar com os cabelos soltos no laboratório; 13. Usar óculos de proteção sempre que se usar substâncias explosivas, nocivas ou inflamáveis;

14. Utilizar luvas para proteger as mãos de substâncias cáusticas ou corrosivas (como os ácidos).

Em caso de acidente, deve sempre informar o responsável do laboratório do sucedido. Adiar a possibilidade de ser ajudado pode trazer graves conseqüências e dificultar uma resolução mais simples!

Prof. Agamenon Roberto QUÍMICA 9º ANO

Um dos aparelhos mais usados em laboratório, pois fornece a chama para o aquecimento de vários processos.

Ele basicamente apresenta três partes: TUBO:

Onde se encontra as janelas de ar que fornecem oxigênio a fim de alimentar a combustão.

Envolve o tubo e contém as janelas de ar. É através da rotação do anel que se controla a maior ou menor entrada de ar (oxigênio). BASE:

Onde se encontra a entrada de gás e a válvula controladora do gás.

Tubo de vidro fechado em uma das extremidades, empregado para fazer reações em pequenas escalas, em especial testes de reação.

Pode ser aquecido com cuidado diretamente na chama do bico de bunsen.

Suporte de madeira (em geral) que serve para a sustentação dos tubos de ensaio.

Recipiente cilíndrico semelhante a um copo.

(Parte 2 de 21)

Comentários