Plano de trabalho wandersson

Plano de trabalho wandersson

Orientador: André Quintão de Almeida Candidato à bolsa: Wanderssom Ferreira Saraiva

Projeto: Boletim de informações agrometeorológicas das regiões do Sertão e do São Francisco Pernambucano a) Introdução

Para a integração das informações agrometeorológicas, em tempo real, é necessário a utilização de modelos e técnicas agrometeorológicas que geram produtos auxiliares à tomada de decisão, por especialistas da área agrícola. A informação agrometeorológica gerada é também uma ferramenta auxiliar para entidades relacionadas ao financiamento, comércio, e seguro dos empreendimentos agrícolas.

A divulgação de informações agrometeorológicas através de boletins, divulgados em curtos intervalos de tempo, é de fundamental importância na tomada de decisão para a condução das lavouras. No setor agrícola, o conhecimento das necessidades hídricas das culturas, probabilidade infestações de pragas e doenças, probabilidade de ocorrência de chuvas em curto prazo, entre outras informações meteorológicas são essenciais. Com estas informações pode-se, por exemplo, proporcionar uma economia de até 30% no consumo de água (em média), redução na aplicação de defensivos agrícolas, além de economias indiretas, como energia elétrica, mão-de-obra, horas máquinas, com conseqüente aumento de produtividade.

b) Objetivos específicos

Modelar os principais componentes do balanço hídrico e estimar a deficiência e o excedente de água no solo em municípios do Sertão e do São Francisco Pernambuco;

Gerar um boletim diário online de informações agrometeorológicas para municípios das regiões do Sertão e do São Francisco

Pernambuco, com valores de precipitação pluvial, temperatura do ar, evapotranspiração, deficiência e excedente de água no solo.

c) Material e Métodos

O estudante participará especificamente das atividades de coleta e tabulação de dados meteorológicos, estimativa dos principais componentes do balanço hídrico e elaboração de um boletim online de informações agrometeorológicas. Para isso, as seguintes atividades serão realizadas:

● Auxiliar no levantamento dos dados meteorológicos (temperatura e precipitação). Os dados serão obtidos de oito estações meteorológicas de superfície do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET). O estudante será responsável pelo monitoramento e coleta dos dados;

● Estimar os principais componentes do balanço hídrico

(evapotranspiração, excedente e deficiência de água no solo). Para a estimativa da evapotranspiração potencial será estimada pela equação original de Penman – Monteith padrão FAO 56 (ALLEN et al., 1998):

vDPVcRnsET pa

em que, ET é a evapotranspiração potencial, m dia-1; s é a declividade da curva de pressão de saturação do ar à temperatura do ar t, kPa° C-1; Rn é o balanço de radiação, MJ m-2 dia -1; ρa é a densidade média do ar, kg m-3; cp é o calor específico do ar, MJ kg-1 °C-1; λ é o calor latente de evaporação, MJ kg-1;

DPV, kPa; γ é a constante psicrométrica, kPa ºC-1; v é a velocidade do vento a dois metros de altura, m s-1.

O saldo de radiação (Rn) será estimado a partir da modelagem do balanço de ondas curtas e do balanço de ondas longas, como a seguir:

BOLBOCRn (2) em que, Rn é o balanço de radiação, MJ m-2 dia -1; BOC é o balanço de ondas curtas, MJ m-2 dia -1; e BOL é o balanço de ondas longas, MJ m-2 h-1.

em que, BOC é o balanço de ondas curtas, MJ m-2 dia -1; Rg é a irradiância solar global, MJ m-2 dia -1; e α é o albedo da cultura (0,20), adimensional.

Para a estimativa do balanço de ondas longas será utilizada a equação (4), proposta por Facco (2004).

A estimativa do balanço hídrico climático será realizada de acordo com a metodologia de Thornthwaite e Mather (1955), obtendo-se assim os valores de deficiência e excedente hídrico, além da água armazenada no solo em cada mês, sendo:

ETPARMARMidiaidia1 (5) em que, ARMdia i é a água armazenada no solo no dia i; ARMAdia i-1 é a água armazenada no solo no dia anterior i-1; P é a precipitação no dia i; ET é a soma da evapotranspiração total no dia i; todos em milímetros.

O valor inicial da água armazenada no solo será igual ao valor da Capacidade de Água Disponível (CAD) no solo (100 m).

● Consistir e documentar os dados observados. O candidato será responsável pela organização dos dados coletados e elaboração de gráficos;

● Elaborar um boletim online de informações agrometerológicas. O candidato será responsável pela elaboração de um boletim online, disponibilizado em uma “homepage” (site) vinculado UFRPE, que irá conter o resumo de cada uma das oito estações, gráficos quinzenais e do ano agrícola.

● Analisar os resultados fazendo relatórios trimestrais. Os resultados serão utilizados na elaboração de artigos científicos.

d) Resultados esperados para a vigência da bolsa Com este projeto, espera-se, caracterizar agrometeorológicamente as regiões do Sertão e do São Francisco Pernambucano, auxiliando e assegurando a qualidade das atividades agrícolas realizadas nestas regiões.

e) Cronograma de atividades

ATIVIDADES 2012 2013 A S O N D J F M A M J J

Coleta dos dados meteorológicos x x x x x x x x x x x x

Estimativa da evapotranspiração e dos componentes do balanço hídrico x x x x x x x x x x x x

Elaboração dos gráficos x x x x x x x x x x x x

Criação do sitex x x x x x x x
x xx x

Elaboração de relatórios f) Referências bibliográficas

ALLEN, R. G.; PEREIRA, L. S.; RAES, D.; Smith, M. Crop evapotranspiration – Guidelines for computing crop water requirements. Roma: FAO, 1998. FAO IrrigationandDrainagePaper n.56. FACCO, A. G. Modelagem e simulação geoespacial dos componentes do balanço hídrico para plantios de eucaliptos em áreas de relevo ondulado. 2004. 87f. Dissertação (Mestrado em Meteorologia Agrícola) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, MG, 2004. THORNTHWAITE, C.W., MATTER, J.R. The water balance. New Jersey:

Publications in Climatology, 8, Centerton, 1955. 150p.

Comentários