Estética e História da Arte

Estética e História da Arte

  • 1. Artes visuais 2.2.Jóias

  • 1.1 Escultura 2.2.1. Renascimento

  • 1.1.1 Renascimento 2.2.2. Barroco

  • 1.1.2. Barroco 2.2.3. Rococó

  • 1.2 Arquitetura 2.3.Teatro

  • 1.2.1 Renascimento 2.3.1 Renascimento

  • 1.2.2.Barroco 2.3.2 Barroco

  • 1.2.3.Rococó 2.3.3 Rococó

  • 2. Expressões Artísticas

  • 2.1 Música

  • 2.1.1 Renascimento

  • 2.1.2 Barroco

  • 2.1.3 Rococó

  • 2.2 Jóias

  • 2.2.1 Renascimento

  • 2.2.2 Barroco

  • 2.2.3 Rococó

1.1.0 Escultura

Características:

  • Características:

  • -Recuperação dos valores clássicos (volta do homem no centro do universo)

  • -Volta da representação do nu

  • -Inspiração na natureza (observação da natureza para a valorização do homem)

  • - Principais materiais: mármore e bronze

1.1.2. Barroco

  • A palavra barroco originalmente significa “irregular, grotesco, contorcido”, mas não está mais vinculada a essas características hoje em dia. O estilo originou-se em Roma por volta de 1600, e é um movimento da Contra Reforma de auto-renovação da Igreja Católica, onde o papado patrocinava a produção das obras de arte.

1.2.0 Arquitetura

  • A arquitetura renascentista ocorre durante o século XIV, XV e XVI

  • Caracterizada pelo resgate dos elementos clássicos e suas ordens e uma busca pelo estilo individual

  • Procurava-se a busca pela perfeição das obras, no qual em qualquer ponto no interior da obra se tivesse a mesma percepção do local.

  • Baseava as construções no calculo matemático, mantendo a ordem e a disciplina em sua construção.

  • Filippo Brunelleschi foi o pioneiro na arquitetura renascentista, estudioso da arquitetura greco-romana e das proporções.

  • (1.2.1.1 Vista aérea da catedral) (1.2.1.2 Vista interna da cúpula )

  • Sua primeira grande obra foi a construção da cúpula da catedral de Santa Maria del Fiore, em Florença, construída de tijolos e em uma escala comparada com as ruínas romana.

Outro projeto de Brunelleschi foi a Capela de Pazzi, em Florença, considerado um dos grandes projeto do arquiteto renascentista.

  • Outro projeto de Brunelleschi foi a Capela de Pazzi, em Florença, considerado um dos grandes projeto do arquiteto renascentista.

  • (1.2.1.3 Vista frontal da capela) (1.2.1.4 Elementos da capela Pazzi)

  • O arco central com a volta perfeita ligando as duas seções de colunatas simétricas, de uma forma monumental. No seu interior podemos destacar a arquitrave interrompida que apoia as duas abóbodas de berço que suportam a cúpula hemisférica.

O arquiteto ainda mantinha perfeitamente os critérios da perspectiva onde sua linhas horizontais convergem para um único ponto de fuga e as arquitraves sobre os arcos mantém a geometria e a simetria, algo muito característico da arquitetura renascentista.

  • O arquiteto ainda mantinha perfeitamente os critérios da perspectiva onde sua linhas horizontais convergem para um único ponto de fuga e as arquitraves sobre os arcos mantém a geometria e a simetria, algo muito característico da arquitetura renascentista.

  • (1.2.1.5 Vista interna da igreja do Espírito Santo) (1.2.1.6 cúpula da igreja, Florença)

  • Essas obras demonstram o principal objetivo da arquitetura renascentista de Filippo, que era racionalizar o desenho arquitetônico, baseando-se no circulo e no quadrado, onde focava-se a harmonia e a proporção.

No período da Alta Renascença o arquiteto Donato Bramante é a principal figura do renascimento, ele através de suas obras demonstra os elementos da ordem, harmonia e proporção.

  • No período da Alta Renascença o arquiteto Donato Bramante é a principal figura do renascimento, ele através de suas obras demonstra os elementos da ordem, harmonia e proporção.

  • (1.2.1.7 Vista frontal da capela Tempietto) (1.2.1.8 Planta da capela Tempietto)

  • Na obra da igreja de Tempietto de San Pietro, na Roma, o arquiteto mostrou por completo seu estilo. O edifício parte da base com três degraus, utilizando rigorosamente a ordem dórica clássica nas sua sequencia de colunas. A igreja possui uma planta central ,coberta por um domo ,expressando as principais idéias dos renascentista. edifício parte de uma plataforma de três degraus, apresentando a rígida ordem dórica clássica nas colunatas. N

Outra grande obra arquitetônica de Bramante foi a Basílica de São Pedro, no Vaticano,que também era um projeto de Bramante e que sofreu algumas alterações de Michelangelo, responsável pelo projeto final da catedral.

  • Outra grande obra arquitetônica de Bramante foi a Basílica de São Pedro, no Vaticano,que também era um projeto de Bramante e que sofreu algumas alterações de Michelangelo, responsável pelo projeto final da catedral.

  • (1.2.1.9 Vista frontal da capela Tempietto) (1.2.1.10 Planta da capela Tempietto)

  • O projeto utilizando-se de uma escala monumental permanece com a essência do período do renascimento que refere-se a arquitetura clássica apropriando dos elementos das ordens e do uso da cúpula, sempre ressaltando a proporção e harmonia no projeto arquitetônico.

Além de Donato Bramante e Filippo Brunelleschi que foram citados nas obras acima, outros grandes arquitetos também introduziram nesse período seus estilos sempre representando o período renascentista.

  • Além de Donato Bramante e Filippo Brunelleschi que foram citados nas obras acima, outros grandes arquitetos também introduziram nesse período seus estilos sempre representando o período renascentista.

  • Michelangelo fez diversos projetos no período do renascimento, dentre eles: A sacristia nova e a reforma da Basílica de São Lourenço,a Biblioteca Laurenciana também situada na basílica, o pojeto da Basílica de São Pedro em que imprelemento seu estilo a partir do projeto de Bramante.

  • Leon Battista Alberti outro arquiteto que teve grande destaque com sua obras: a Igreja de San Francesco em Rimini na Itália e a  Sant'Andrea e de San Sebastiano, em Mantova,Itália.

1.2.2. Barroco

  • Se a variedade e os efeitos surpreendentes são considerados de valia, cada artista subsequente terá de produzir decorações mais complexas e ideias mais notáveis para continuar a impressionar.

  • Durante a primeira metade do século XVII, esse processo de acumulação de novas ideias, cada vez mais deslumbrantes, nos edifícios e nas suas decorações, teve continuidade na Itália, e em meados desse século o estilo a que chamamos barroco atingiria o seu pleno desenvolvimento.

  • Riqueza de novas ideias

  • Deu a Borromini fama internacional

  • Fachada – jogo de superfícies côncavas e convexas

  • Planta sugere formato de cruz grega distendida

1.2.3. Rococó

  • Palácio Italiano em Stupinigi (Sudoeste de Turim) encomendado por um Duque Italiano

  • O núcleo central é constituído por um grande salão central de planta elíptica, do qual partem quatro braços mais baixos formando uma Cruz

  • Materiais usados: laca, porcelana, estuques dourados, espelhos.

2.1.0 Música

Durante o Renascimento, os compositores tinham interesse pela música profana, inclusive em escrever peças para instrumentos, já não mais usados somente com a finalidade de acompanhar as vozes. No entanto, os maiores tesouros musicais renascentistas foram os compostos para a Igreja, num estilo conhecido como "Polifonia Musical“.

  • Durante o Renascimento, os compositores tinham interesse pela música profana, inclusive em escrever peças para instrumentos, já não mais usados somente com a finalidade de acompanhar as vozes. No entanto, os maiores tesouros musicais renascentistas foram os compostos para a Igreja, num estilo conhecido como "Polifonia Musical“.

  • A maioria dos compositores que assumiram a vanguarda do pensamento musical eram quase todos dos Países Baixos, embora a Itália e a Inglaterra estivessem fadadas a ser, nos anos futuros, os centros musicais mais importantes da Europa.

Muitos desses compositores saíram de sua terra para se estabelecerem em outros países, particularmente na Itália, onde ocuparam postos importantes, exercendo grande influência sobre os músicos locais" (BENNET. R., p.24-25, 1993)

  • Muitos desses compositores saíram de sua terra para se estabelecerem em outros países, particularmente na Itália, onde ocuparam postos importantes, exercendo grande influência sobre os músicos locais" (BENNET. R., p.24-25, 1993)

  • Até o começo do século XVI, os instrumentos eram considerados muito menos importantes do que as vozes, usavam-nos apenas em peças de dança e acompanhamento de canto. Entretanto, no século XVI, os compositores passaram a ter cada vez mais interesse em escrever músicas para instrumentos.

  • Tanto na Idade Média como no Renascimento, os instrumentos se dividiam em dois grandes grupos:

  • O bas ( "baixo"/"suave") e o haut ( "alto") , mas alguns pertenciam às duas categorias por causa da qualidade do som

A música barroca é geralmente exuberante: ritmos enérgicos, melodias com muitos ornamentos, contrastes de timbres instrumentais e sonoridades fortes com suaves.

  • A música barroca é geralmente exuberante: ritmos enérgicos, melodias com muitos ornamentos, contrastes de timbres instrumentais e sonoridades fortes com suaves.

  • Música Vocal Orfeu, do compositor Montiverdi (1567-1643) escrita no ano de 1607 é a primeira grande ópera.

  • Ópera é uma peça teatral em que os papéis são cantados ao invés de falados.

  • A ópera de Montiverdi possuía uma orquestra formada de 40 instrumentos variados, inclusive com violinos, que começavam a tomar lugar das violas.

Os motivos das jóias vinham da junção da arte clássica e temas religiosos da Idade Média, mas com uma nova interpretação mostrando a mitologia , história clássica e cenas bíblicas.

  • Os motivos das jóias vinham da junção da arte clássica e temas religiosos da Idade Média, mas com uma nova interpretação mostrando a mitologia , história clássica e cenas bíblicas.

  • Os artistas que se destacaram no período foram: Albrecht Dürer, Hans Holbein, Giulio Romano que foram patrocinadores por mecenas.

  • Os resultados desse patrocínio foram a produção de peças com desenhos que estimulou os ourives a aperfeiçoar a esmaltação e fundição.

  • No final do século XVI, na Europa usava-se jóias com pedra coradas como elemento de destaque.

Mensagens cifradas foram muito utilizadas principalmente por Holbien em seus colares e braceletes. Geralmente eram monogramas e por vezes em latim.

  • Mensagens cifradas foram muito utilizadas principalmente por Holbien em seus colares e braceletes. Geralmente eram monogramas e por vezes em latim.

  • As jóias monografadas mais prestigiadas eram de caráter religioso.

  • Os broches tinham como tema a cultura renascentista, literatura e mitologia clássica.

Holbien trabalhava como retratista da corte e se dedicou como joalheiro. Fez monogramas para Henrique VIII

  • Holbien trabalhava como retratista da corte e se dedicou como joalheiro. Fez monogramas para Henrique VIII

As pérolas “barrocas ” foram utilizadas pelos artistas como sereias, tritões, guerreiros com armaduras ou leões.

  • As pérolas “barrocas ” foram utilizadas pelos artistas como sereias, tritões, guerreiros com armaduras ou leões.

Jóias e acessórios em ouro e pedras preciosas eram utilizados por nobres e burgueses que os colecionavam como sinal de riqueza

  • Jóias e acessórios em ouro e pedras preciosas eram utilizados por nobres e burgueses que os colecionavam como sinal de riqueza

  • Destaque desse período foi no talhe das pedras preciosas que assumiu posição de destaque em relação ao metal trabalhado.

  • No final de 1500, o interesse na botânica e na floricultura se tornou uma fonte de inspiração para os desenhistas do adorno de jóias.

A arte barroca foi o resultado do conjunto dos fatores políticos, religiosos e culturais.

  • A arte barroca foi o resultado do conjunto dos fatores políticos, religiosos e culturais.

  • Aumento no fornecimento de pedras preciosas após 1660 favoreceu o desenvolvimento.A Cia das índias ocidentais deu permissão para o seu comércio.

  • A lei da refração e princípios da geometria estimularam o progresso da lapidação e do polimento. Levando a valorização das joias.

  • Na metade do século XVIII as joias tiveram dois elementos que as ressaltaram : o talhe e o lugar de destaque.

Animais coloridos e insetos ganharam destaque junto com a botânica e a floricultura.

  • Animais coloridos e insetos ganharam destaque junto com a botânica e a floricultura.

  • A grande produção de joias fez que restassem pouca peças originais desse período, várias foram desmontadas para outras criações.

Com jóias assimétricas e leves em comparação a período anterior.Para o uso na luz do dia surgem joias leves e para noite jóias que brilhassem com a luz dos candelabros.

  • Com jóias assimétricas e leves em comparação a período anterior.Para o uso na luz do dia surgem joias leves e para noite jóias que brilhassem com a luz dos candelabros.

2.3 Teatro

2.3.1 Renascimento

  • Período equivalente aos século XV ao XVI, prolongando-se, em alguns países.

  • Ganha forças depois da Idade média com as expedições marítimas, fortalecimento da arte como modo de se expressar.

  • No século XVI, a comédia Italiana chaga ao seu apogeu com“Commedia Dell’Arte

  • Em 1588 a Itália ganha seu primeiro teatro coberto –Teatro Olímpico dos arquitetos Andrea Paládio e Vecenzo Scamossi

2.3.2. Barroco

  • É considerado uma releitura do teatro Frances, com exceção das óperas

  • Destaque para a peça “Andromeda” de Francesco Manelli.

  • Troca-se a cena reta greco-

  • Romana pelo "palco italiano“

  • Primeira vez é usada uma

  • Cortina para tampar a cena.

2.3.3 Rococó

  • Comédia a principal forma cênica representativa do teatro Italiano nesta época.

  • Suas figuras são personagens do teatro, e chega mesmo a vesti-Ias com os respectivos trajes.

  • relacionam-se com a imaginação e a sensibilidade

GOLA,Eliana.A jóia: história e design.Ed.Senac.São Paulo,BRASIL,2008- Consulta dia 10/11/2012.

  • GOLA,Eliana.A jóia: história e design.Ed.Senac.São Paulo,BRASIL,2008- Consulta dia 10/11/2012.

  • ROY,B., " Uma breve história da música", cadernos de música da universidade de Cambridge, Ed. Zahar , 1993

  • Jóiasbr <http://www.joiabr.com.br/artigos/indice.html> acesso em 18/11/2012

  • Arquitetando blog <http://arquitetandoblog.wordpress.com/2009/04/06/arquitetos-do-renascimento-filipo-brunelleschi-donato-bramante/>acesso em 17/11/2012

  • Great buildings <www.greatbuildings.com>acesso em 17/11/2012

  • EESC USP <http://www.eesc.usp.br/babel/Alberti_biografia.htm>acesso em 17/11/2012

  • Portal São Francisco <http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/arquitetura-renascentista/arquitetura-renascentista-3.php>acesso em 18/11/2012

  • Site do vaticano <http://www.vatican.va/various/basiliche/san_pietro/index_it.htm>acesso em 18/11/2012

Bibliografia

  • GOMBRICH,Ernest Hans .História da Arte.ed. LTC,2000

  • JANSON ,H. W. Iniciação a história da arte.ed.WMF Martins fontes

Bibliografia de Imagens

  • 1.1.1.1. Flickr <http://www.flickr.com/> acesso em 19/11/2012

  • 1.1.1.2. <http://pt.wikipedia.org/wiki/Wikip%C3%A9dia:P%C3%.A1gina_principal> acesso 21/11/2012 Flickr <http://www.flickr.com/> acesso em 19/11/2012

  • 1.1.1.3. 1.1.1.4. Flickr <http://www.flickr.com/> acesso em 19/11/2012

  • 1.1.1.5. Flickr <http://www.flickr.com/> acesso em 19/11/2012

  • 1.1.1.6. Flickr <http://www.flickr.com/> acesso em 19/11/2012

  • 1.1.1.7. Flickr <http://www.flickr.com/> acesso em 19/11/2012

  • 1.1.1.8. <http://pt.wikipedia.org/wiki/Wikip%C3%A9dia:P%C3%.A1gina_principal> acesso 21/11/2012

  • 1.1.1.9. Flickr <http://www.flickr.com/> acesso em 19/11/2012

  • 1.1.2.1.Wikipédia <http://pt.wikipedia.org/wiki/Wikip%C3%A9dia:P%C3%.A1gina_principal> acesso 21/11/2012

  • 1.1.2.2. Flickr <http://www.flickr.com/> acesso em 19/11/2012

  • 1.1.2.3. <http://pt.wikipedia.org/wiki/Wikip%C3%A9dia:P%C3%.A1gina_principal> acesso 21/11/2012

1.2.1.1. Forum modelismo <http://forum.modelismo-na.net/viewtopic.php?f=155&t=17048> acesso em 18/11/2012

  • 1.2.1.1. Forum modelismo <http://forum.modelismo-na.net/viewtopic.php?f=155&t=17048> acesso em 18/11/2012

  • 1.2.1.2 Arquitetando blog <http://arquitetandonanet.blogspot.com.br/2009/07/cupula-da-catedral-de-florenca-italia.html> acesso em 18/11/2012

  • 1.2.1.3 Arquitetando blog <http://arquitetandoblog.wordpress.com/2009/04/06/arquitetos-do-renascimento-filipo-brunelleschi-donato-bramante/>acesso em 18/11/2012

  • 1.2.1.4 Arquitetando blog <http://arquitetandoblog.wordpress.com/2009/04/06/arquitetos-do-renascimento-filipo-brunelleschi-donato-bramante/>acesso em 18/11/2012

  • 1.2.1.5 Arquitetando blog <http://arquitetandoblog.wordpress.com/2009/04/06/arquitetos-do-renascimento-filipo-brunelleschi-donato-bramante/>acesso em 18/11/2012

  • 1.2.1.6 Arquitetando blog <http://arquitetandoblog.wordpress.com/2009/04/06/arquitetos-do-renascimento-filipo-brunelleschi-donato-bramante/>acesso em 18/11/2012

  • 1.2.1.7 Renascimento – pjt < http://renascimento-pjt.com.br/2011/04/arquitetura-do-renascimento.html> acesso em 18/11/2012

  • 1.2.1.8 Doc 4shared <http://dc200.4shared.com/doc/HVRkzOVc/preview.html>acesso em 18/11/2012

1.2.1.8 Doc 4shared <http://dc200.4shared.com/doc/HVRkzOVc/preview.html>acesso em 18/11/2012

  • 1.2.1.8 Doc 4shared <http://dc200.4shared.com/doc/HVRkzOVc/preview.html>acesso em 18/11/2012

  • 1.2.1.9. Saber cultural <http://www.sabercultural.com/template/especiais/BasSaoPedroVaticano.html>acesso em 18/11/2012

  • 1.2.1.10 Saber cultural <http://www.sabercultural.com/template/especiais/BasSaoPedroVaticano.html>acesso em 18/11/2012

  • 1.2.2.1<http://pt.wikipedia.org/wiki/Wikip%C3%A9dia:P%C3%.A1gina_principal> acesso 21/11/2012

  • 1.2.2.2<http://pt.wikipedia.org/wiki/Wikip%C3%A9dia:P%C3%.A1gina_principal> acesso 21/11/2012

  • 1.2.2.3<http://pt.wikipedia.org/wiki/Wikip%C3%A9dia:P%C3%.A1gina_principal> acesso 21/11/2012

  • 1.2.2.4 Flickr <http://www.flickr.com/> acesso em 19/11/2012

  • 1.2.2.5. <http://pt.wikipedia.org/wiki/Wikip%C3%A9dia:P%C3%.A1gina_principal> acesso 21/11/2012

  • 1.2.2.6 Flickr <http://www.flickr.com/> acesso em 19/11/2012

Bibliografia de Imagens

  • 1.2.3.1 <http://pt.wikipedia.org/wiki/Wikip%C3%A9dia:P%C3%.A1gina_principal> acesso 21/11/2012

  • 1.2.3.2. <http://pt.wikipedia.org/wiki/Wikip%C3%A9dia:P%C3%.A1gina_principal> acesso 21/11/2012

  • 2.1.1.1. ROY,B., " Uma breve história da música", cadernos de música da universidade de Cambridge, Ed. Zahar , p.45,1993

  • 2.1.2.1.Tareas musicais <http://tareasdemusicagls.blogspot.com.br/2012/09/barroco.html>.Acessado em 22/11/2012

  • 2.1.2.2.Tareais musicais <http://tareasdemusicagls.blogspot.com.br/2012/09/barroco.html.>Acessado em 22/11/2012

  • 2.1.1.in ROY,B., " Uma breve história da música", cadernos de música da universidade de Cambridge, Ed. Zahar , 1993- p.56. Consulta dia 10/11/2012

  • 2.2.1.1. in GOLA,Eliana.A jóia: história e design.p.70. Figura 36.Ed.Senac.São Paulo,BRASIL,2008- Consulta dia 10/11/2012.

  • 2.2.1.2. in GOLA,Eliana.A jóia: história e design.p.71. Figura 37.Ed.Senac.São Paulo,BRASIL,2008- Consulta dia 10/11/2012.

  • 2.2.1.3. in GOLA,Eliana.A jóia: história e design.p.71. Figura 38.Ed.Senac.São Paulo,BRASIL,2008- Consulta dia 10/11/2012.

  • 2.2.1.4. in GOLA,Eliana.A jóia: história e design.p.71. Figura 39.Ed.Senac.São Paulo,BRASIL,2008- Consulta dia 10/11/2012.

  • 2.2.1.5. in GOLA,Eliana.A jóia: história e design.p.72. Figura 40.Ed.Senac.São Paulo,BRASIL,2008- Consulta dia 10/11/2012.

  • 2.2.2.1 in GOLA,Eliana.A jóia: história e design.p.74. Figura 41.Ed.Senac.São Paulo,BRASIL,2008- Consulta dia 10/11/2012.

  • 2.2.2.2 in GOLA,Eliana.A jóia: história e design.p.75. Figura 42.Ed.Senac.São Paulo,BRASIL,2008- Consulta dia 10/11/2012.

  • 2.2.3.1.in Joiabr < http://www.joiabr.com.br/artigos/indice.html> acesso em 18/11/2012

  • 2.2.3.2.in Joiabr <http://www.joiabr.com.br/artigos/indice.html>acesso em 18/11/2012

Bibliografia de Imagens

  • 2.3.1.1 Wikipedia <http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:KDujardinsCommedia.jpg> acesso em 20/11/2012.

  • 2.3.1.2 Eric Joisel <http://www.ericjoisel.com/commedia.html> acesso em 20/11/2012.

  • 2.3.1.3 The gold brain blog <http://thegoldbrain.blogspot.com.br/2011_04_01_archive.html> acesso em 20/11/2012.

  • 2.3.2.1 .Plano nacional de leitura <http://www.planonacionaldeleitura.gov.pt/teatro/backstage_files/historia_teatro/teatro_italiana.jpg>acesso em 20/11/2012.

Comentários