Tadeu Chiarelli

Tadeu Chiarelli

Trajetória de Tadeu Chiarelli

  • Chiarelli nasceu em Ribeirão Preto, em 1956. Já na década de 60, começou a frequenta o curso infantil da antiga Escola de Artes Plásticas de Ribeirão Preto, pois suas irmãs mais velhas, Ophélia e Marlene Chiarelli, eram secretárias do local e permitiram seu acesso às aulas . Nesse ambiente, teve os primeiros contatos com mundo da artes plásticas.

  • Clandestinamente à noite, assistia às aulas de caminada Gismondi, teórico da arte italiana que se tornou diretor da escola de Ribeirão Preto em 1965. A família foi um estímulo para as primeiras incursões de Chiarelli. “Não posso esquecer que meus pais também sempre incentivaram o interesse intelectual de seus filhos. Apesar de humildes, sempre colocaram como ponto fundamental a nossa formação”. Conta ele. É casado com Silvia chiarelli há 30 anos, com quem teve 2 filhas, Luanna, 28, e Stella, 21.

  • Um pouco mais tarde, Chiarelli se interessou pelo curso de Artes Cênica da ECA. Após ingressou no curso de artes plásticas. O professor da disciplina de história da arte no momento era Walter Zanini, diretor do MAC-USP entre 1963 e 1978. Chiarelli inspirou-se em sua figura, pretendendo seguir na área teórica e curatorial.

  • Fez seu mestrado, concluído em 1989. Sua dissertação abordava à vida de Monteiro Lobato, elevando-o a um resgate histórico no âmbito artístico da literatura brasileira. Seu doutorado, forçou-se na critica de artes do estudo de Mário de Andrade, no movimento modernista de 1922.

  • Foi curador chefe do museu de arte moderna de São Paulo, o MAM, onde atuou em cargos de administração e curadoria, durante anos.

  • Atualmente é diretor do museu de arte contemporânea-MAC e aposta na mudança da sede principal do MAC da cidade Universitária par antiga sede do Detran, ao lado do parque Ibirapuera.

MAC-Museu de Ate Contenporânea

Comentários