Comandos -eletricos

Comandos -eletricos

(Parte 5 de 7)

• podem possuir contatos principais e auxiliares; • maior robustez de construção;

• facilidade de associação a relés;

• tamanho físico de acordo com a potência da carga;

• a potência da bobina do eletroimã varia de acordo com o tipo de contator;

• geralmente tem cãmara de extinção de arco;

• podemos inserir blocos de contatos auxiliares fornecidos pelo fabricante.

Contator auxiliar - Destina-se a efetuar o comando de pequenas cargas. É utilizado no comando de sinalizações, eletroválvulas, bobinas de contatores tripolares etc.

Normalmente, os contatores auxiliares são utilizados para aumentar o número d4 contatos auxiliares dos contatores tripolares. Suas principais características são:

• tamanho físico variável conforme o número de contatos; • corrente nominal de carga máxima igual a 1 QA para todos os contatos;

• câmara de extinção praticamente inexistente.

Vantagens do emprego de contatores

• Comando à distância. • Facilidade de instalação.

• Elevado número de manobras (elevada durabilidade).

• Fácil substituição de peças danificadas.

• Tensão de operação de 85% a 110% da tensão nominal prevista para o contato

• Facilidade de associação a relés, fusíveis e chaves especiais para proteger automatizar os circuitos.

• Atualmente, os fabricantes fornecem peças de reposição originais como bobi nas, jogos de contatos, câmara de faisca (arco), blocos de contato auxiliares etc.

Características elétricas

O contator é um dos dispositivos de seccionamento mais usado nas instalações elétricas. Para fazermos a escolha de um contator, devemos conhecer suas característi cas elétricas, que são informações padronizadas e estão contidas nos selos de iden tificação do contator e catálogos de fabricantes.

As principais características de um contator são:

• tensão nominal de isolação; • tensão nominal de serviço;

• potência nominal elétrica e mecânica;

• corrente nominal de serviço;

• freqúência de manobras;

• categorias de emprego;

• tensão nominal de comando;

• número de contatos auxiliares.

Tensão nominal de isolação

É o valor da tensão que caracteriza a resistência de isolamento do contator (propriedade do material isolante, que evita que este se torne condutor, devido âs correntes de descarga).

Tensão nominal de serviço

É o valor eficaz da tensão, pelo qual um dispositivo de manobra é designado e ao qual são referidos outros valores nominais.

Poderá vir expressa em valores diferentes, dependendo da tensão de trabalho ou do local onde estiver instalado o dispositivo.

Potência nominal elétrica e mecânica –

É a potência real consumida por um equipamento elétrico, expressa em watts (W).

Observação

Normalmente, nas placas de identificação dos contatores, vem expressa a potência mecânica em CV ou HP, correspondente à potência elétrica. Ex.: Potência nominal elétrica de 7,5kW e potência mecânica de 1OHR

Corrente nominal de serviço (‘th) - É a corrente máxima que os contatos de um dispositivo suportam, sem danificar as suas partes isolantes; indicada pelo fabricante, depende normalmente da tensão nominal de serviço, da freqúência e da categoria de emprego.

Frequência de manobras - Número de manobras por hora que o contator deve realizar. Quanto maior for este valor, menor será a vida dos contatos.

Categorias de emprego - Determinam as condições para ligação e interrupção da corrente nominal de serviço e tensão nominal de serviço correspondente, para utilização normal do contator nos mais diversos tipos de aplicação para CA e C. Veja a tabela a seguir.

Corrente Alternada

AC-1 Cargas resistivas ou pouco indutivas

AC-2 Manobra de motores com anéis coletores,freio por cntra corrente, reversão

AC-3 Manobra de motores com rotor gaiola, desligamento em regime

AC-4 Manobra de motores com rotot gaiola, serviço intermitente, pulsatório e reversão a plena marcha

Corrente Continua

DC-1 Cargas resistivas ou pouco indutivas DC-2 Motores em derivação, desligamento em regime DC-3 Motores em derivação, freio pro contra corrente, reversão DC-4 Motores com exitação série, desligamento em regime DC-5 Motores com exitação série, freio por contra corrente, reversão

Tensão nominal de comando - É a tensão de alimentação da bobina do contator. Para essa especificação deve-se observar a tensão do circuito de comando e a freqúência da rede. De acordo com as normas, os contatores devem operar perfeitamente com até 85% da tensão nominal de comando.

Número de contatos auxiliares - Definidos de acordo com a necessidade do circuito.

Tecnologia dos contatores

Devido à tendéncia constante para uma crescente automação, os dispositivos de manobra sofrem constantes modificações nas suas características físicas e construtivas para adequação às atuais necessidades, como:

(Parte 5 de 7)

Comentários