Elo Fusível - GED 954

Elo Fusível - GED 954

(Parte 1 de 2)

Tipo de Documento:

Área de Aplicação: Título do Documento:

N.Documento: Categoria: Versão: Aprovado por: Data Publicação: Página:

1. ÂMBITO DE APLICAÇÃO

Esta padronização aplica-se às redes de distribuição primária de classes 15 kV e 24,2 kV das distribuidoras CPFL Paulista, CPFL Piratininga, CPFL Santa Cruz, RGE – Rio Grande Energia, CPFL Jaguari, CPFL Mococa, CPFL Leste Paulista e CPFL Sul Paulista.

2. DESENHO DO MATERIAL

3. CARACTERÍSTICAS GERAIS

Conforme o desenho acima e a Norma Técnica ABNT NBR 5359 – Elos Fusíveis de Distribuição.

O elo fusível com cabeça removível deve ser utilizado somente nos porta fusíveis com prolongador (GED 1343).

Elo fusível tipo cabeça removível (Utilizar somente nos porta-fusíveis com prolongador)

Elo fusível tipo botão (cabeça fixa)

Padrão Técnico Distribuição

Elo Fusível

954Manual2.2Rubens Bruncek Ferreira21/05/20091 de 3 IMPRESSÃO NÃO CONTROLADA

Tipo de Documento:

Área de Aplicação: Título do Documento:

N.Documento: Categoria: Versão: Aprovado por: Data Publicação: Página:

4. CARACTERÍSTICAS ESPECÍFICAS

Cabeça fixa

Dimensões (m) Código de material

A B C D Corrente nominal (A) Tipo max max max min max

Paulista /

Piratininga RGE Jaguari / Mococa / Leste e Sul Paulista / Santa Cruz

65 K - 19,6 10,0 5,5 8,0 40000003179 610104 643

Cabeça removível (somente RGE)

Dimensões (m)

Código de material Corrente nominal (A) Tipo max maxmaxmin maxRGE

5. MATERIAL

A cordoalha deve ser estanhada por imersão a quente. Não serão aceitos elementos fusíveis em liga de cobre.

Padrão Técnico Distribuição

Elo Fusível

954Manual2.2Rubens Bruncek Ferreira21/05/20092 de 3 IMPRESSÃO NÃO CONTROLADA

Tipo de Documento:

Área de Aplicação: Título do Documento:

N.Documento: Categoria: Versão: Aprovado por: Data Publicação: Página:

Internamente, o tubo fusível deve ser de fibra vulcanizada.

6. ENSAIOS DE RECEBIMENTO Devem ser realizados de acordo com a Norma Técnica ABNT NBR 5359.

7. REQUISITOS AMBIENTAIS

No processo de produção deve ser minimizada ou evitada a geração de impactos ambientais negativos.

Caso essa atividade produtiva se enquadre na Resolução CONAMA Nº 237, de 19 de dezembro de 1997, o fornecedor deve apresentar uma cópia da Licença Ambiental de Operação (LO), para a homologação deste material.

Também para a homologação, o fornecedor deve apresentar descrição de alternativa(s) para descarte do material após o final da sua vida útil.

8. REGISTRO DE REVISÃO

Este documento foi revisado com a colaboração dos seguintes profissionais das empresas da CPFL Energia.

Empresa Colaborador CPFL Paulista Marcelo de Moraes CPFL Piratininga Carlos Alberto Andrade Cavalcante CPFL Santa Cruz Amaury Haga CPFL Jaguari / Mococa / Leste e Sul PaulistaCarlos Eduardo Pansiera Persinoti RGE Olavo Arndt

Alterações efetuadas:

Versão anterior

Data da versão anterior Alterações em relação à versão anterior

1.3 30/04/2003 Unificação do documento para a CPFL Paulista, CPFL Piratininga, CPFL Santa Cruz e RGE.

2.0 17/08/2007 Item 4: exclusão da medida A do elo 65 K.

2.1 04/06/2008 - Incluída a CPFL Jaguari, Mococa, Leste e Sul Paulista.

(Parte 1 de 2)

Comentários