O Desenvolvimento Organizacional

O Desenvolvimento Organizacional

(Parte 1 de 2)

Serra talhada Março 26 de 2013

. O desenvolvimento organizacional nada mais é que as mudanças que ocorrem dentro de uma organização.

Está intimamente ligado aos conceitos de mudança e de capacidade adaptativa da organização à mudança.

O Desenvolvimento Organizacional é uma resposta da organização às mudanças. É um esforço educacional muito complexo, destinado a mudar atitudes, valores, comportamentos e a estrutura da organização, de tal maneira que esta possa se adaptar melhor às novas conjunturas, mercados, tecnologias, problemas e desafios que estão surgindo em uma crescente progressão.

O conceito de Mudança

Mudança organizacional

Alterações no ambiente de trabalho (visão sociotécnica)

Desenvolvimento organizacional

Estratégia educacional Mudança Planejada

Comportamento Baseado na Experiência

Conceito de desenvolvimento Organizacional

As técnicas da organização eficiente não podem desenvolver-se , se a teoria do comportamento humano não progredir dentro da organização !

Em relação ao desenvolvimento organizacional a mudança passa a ser sempre mais valorizada, a estabilidade passa a ser vista como suspeita e se procura imaginar novos tipos de estabilidade que atendam à necessidade de mudança

melhoria dos produtos; melhorar o volume de vendas;

serviços, aumentar a rentabilidade;

melhorar a imagem perante o público;

melhorar as relações humanas dentro da organização e melhorar a capacidade organizacional de resposta a situações futuras.

a)Mudanças nos métodos de operação:

maneira pelas quais o trabalho é realizado; localização do trabalho;

disposição das áreas de trabalho;

natureza dos materiais utilizados;

natureza da fábrica e das instalações;

maquinaria,ferramentas e equipamentos;

práticas de segurança e de manutenção;

normas operacionais; b) Mudanças nos |produtos:

especificação dos produtos; especificação de processos;

materiais componentes ; padrões de qualidade; c)Mudanças na Organização:

níveis de supervisão;

extensão de delegação de padrões; tamanho e natureza dos grupos de trabalho;

supervisão dos grupos de trabalho;

colocação de indivíduos em tarefas especificas; d) Mudanças no ambiente de trabalho:

condições de trabalho; sistema de recompensa e punição;

padrões de desempenho;

diretrizes e métodos de ação;

Há dois tipos fundamentais de alteração:

Estruturais Comportamentais tais alterações são interdependentes (ou seja uma pode causar efeito na outra sejam efeitos negativos/positivos).

a) Diagnóstico: levantamento das relações da organização com o seu ambiente;

b) Sociograma: levantamento das relações sociais entre grupos de participantes;

c) Definição das ações a serem perseguidas tendo em vista os objetivos almejados: levantamento das relações entre os participantes individuais e a organização;

d) Avaliação: resultado que implica alterações a serem feitas, dando inicio a um novo diagnóstico;

SituaçãoReal
SituaçãoDesejada

Diagnóstico

Planejamento de Ação (método de mudança sequencia)

Implementação e

follow-up Avaliação

A estrutura é a forma pela qual uma organização ou empresa define os cargos que compõem seu organograma. Toda estrutura envolve, no mínimo, os seguintes elementos:

1.Definição de níveis hierárquicos;

2.Designação de tarefas, atividades e processos para os níveis hierárquicos e para os cargos alocados em cada um deles

Burocrática: É basicamente uma estrutura de cargos, na qual prevalece o padrão monocrático de chefia e os ocupantes dos cargos desempenham papeis rigorosamente definidos;

Linha Staff: Nesse tipo de estrutura os cargos representados por círculos compõem a linha e detêm autoridade, enquanto os representados por retângulos copõem a staff e têm única função o aconselhamento em matéria especializada, sem nenhuma autoridade ou responsabilidade na execução;

Estrutura Funcional: estrutura na qual um cargo ou unidade administrativa tem autoridade sobre outro em campo restrito e especializado, mesmo que não haja relação de linha;

(Parte 1 de 2)

Comentários