[Sistemas de Transmissão] Aula 02 - Embreagem

[Sistemas de Transmissão] Aula 02 - Embreagem

(Parte 1 de 4)

Eng. Brenno Ferreira de Souza

Embreagem

É um conjunto de peças articuladas para ligar e desligar o motor do sistema de transmissão e efetuar a progressão do torque do motor permitindo uma partida suave do veículo.

Eng. Brenno Ferreira de Souza

Embreagem

Está localizada entre a caixa de mudanças e o volante do motor.

Eng. Brenno Ferreira de Souza

Funções

possibilitar arrancadas suaves; transmitir torque quando em marcha;

interromper o fluxo da força entre o motor e a caixa de mudanças nas trocas de marchas e paradas;

proteger o motor e a transmissão contra sobrecargas;

amortecer as vibrações de transmissão.

Eng. Brenno Ferreira de Souza

Princípio de Funcionamento

Os discos são levemente pressionados um contra o outro, somente então o outro disco começa a girar.

Eng. Brenno Ferreira de Souza

Princípio de Funcionamento

Com o motor girando, as árvores começam a girar tanto a do motor quanto a da transmissão.

Eng. Brenno Ferreira de Souza

Princípio de Funcionamento

Neste processo os dois discos estão fortemente premidos um contra o outro, ocasionando o giro na mesma rotação do motor.

Eng. Brenno Ferreira de Souza

Componentes da Embreagem

O projeto da embreagem é específico para cada veículo.

É calculado em função de muitas variáveis, dentre elas, a potência do motor e a relação de marchas no câmbio, que irão determinar o dimensionamento desse componente.

Eng. Brenno Ferreira de Souza

Componentes da Embreagem

Eng. Brenno Ferreira de Souza

Platô

Esta peça é responsável por executar a carga de acoplamento do disco de embreagem ao volante do motor.

Eng. Brenno Ferreira de Souza

Platô

Quanto ao sistema de pressão podem ser com molas helicoidais ou do tipo membrana.

Eng. Brenno Ferreira de Souza

Platô 12

Eng. Brenno Ferreira de Souza

Funcionamento do Platô

Quando a embreagem está aplicada, a pressão exercida pelas molas do platô comprime o disco entre o volante do motor e a placa de pressão do platô.

Eng. Brenno Ferreira de Souza

Funcionamento do Platô

Ao pisar no pedal da embreagem, o cabo aciona a alavanca que comprime o colar contra o platô, fazendo com que a placa de pressão se afaste do disco.

Desfazendo a ligação entre o motor e o sistema de transmissão.

Eng. Brenno Ferreira de Souza

Disco de Embreagem

É um disco de aço. Sobre suas faces são fixadas guarnições feitas de material

(composto livre de amianto) com alto teor de coeficiente de atrito.

Eng. Brenno Ferreira de Souza

Disco de Embreagem

Sulcos na guarnição são responsáveis pela eliminação de resíduos e gases que diminuirão o coeficiente de atrito.

Tem por finalidade transmitir o torque do volante do motor à árvore primária.

(Parte 1 de 4)

Comentários