[Sistemas de Transmissão] Aula 03 - Caixa de Mudanças

[Sistemas de Transmissão] Aula 03 - Caixa de Mudanças

(Parte 1 de 4)

Eng. Brenno Ferreira de Souza

Introdução

Quando o veículo está em movimento, as resistências que se opõem a ele são as mais variadas e provêm do ar, do solo, do atrito dos pneus, e ainda, do seu próprio peso.

A caixa de mudanças tem o objetivo de fornecer o torque às rodas motrizes, de acordo com a resistência que se opõem ao veículo.

Eng. Brenno Ferreira de Souza

Introdução

A multiplicação do torque efetua-se por desmultiplicação do movimento, ou seja, da velocidade de rotação das peças de transmissão.

Essa desmultiplicação possibilita também efetuar marchas reduzidas, deixando o motor girar nos limites do seu regime normal.

Eng. Brenno Ferreira de Souza

Caixa de Mudanças

É um conjunto de dispositivos utilizados para transmitir a força produzida no motor às rodas motrizes para que o veículo entre em movimento.

Eng. Brenno Ferreira de Souza

Caixa de Mudanças

Exerce as seguintes funções:

•possibilitar reduções variáveis às diferentes condições de marcha;

•inverter o sentido de rotação (marcha a ré);

•possibilitar o ponto de neutro;

•possibilitar a instalação de tomada de força

Eng. Brenno Ferreira de Souza

Princípio de Funcionamento

Torque: esforço de torção, que é determinado pela força aplicada e a distância da aplicação (alavanca), ou seja:

Torque = Força x Distância

Eng. Brenno Ferreira de Souza

Princípio de Funcionamento

Se for aplicada uma força de 50N Newtons (N) em uma distância de 1 metro (m), teremos então:

Torque = 50N X 1m = 50Nm

Em algumas publicações ainda utiliza-se o mkgf (metro kilograma-força) para expressar grandezas de torque, sendo:

1 mkgf = 9,81 Nm

Eng. Brenno Ferreira de Souza

Princípio de

Funcionamento

Graças a uma simples alavanca, é possível deslocar uma grande carga com um pequeno esforço.

As engrenagens funcionam como uma série de alavancas sucessivas.

A engrenagem maior, embora rode mais lentamente, desenvolve maior esforço.

Eng. Brenno Ferreira de Souza

Princípio de Funcionamento

Em uma engrenagem, cada

“dente” opera como “alavanca”.

Portanto, através de engrenagens maiores ou menores altera-se a

“alavanca” e, consequentemente, o torque.

Eng. Brenno Ferreira de Souza

Princípio de Funcionamento

Como já mencionamos, o sistema de transmissão é composto por embreagem, caixa de marchas, diferencial, semiárvores e juntas homocinéticas.

Os dispositivos utilizados no sistema transmitem a força produzida no motor às rodas motrizes.

Eng. Brenno Ferreira de Souza

Princípio de Funcionamento

Esses componentes estão ligados e possuem interdependência de funcionamento.

Eng. Brenno Ferreira de Souza

Princípio de Funcionamento

A engrenagem que aciona é denominada “motora”, e a outra é denominada “movida”.

(Parte 1 de 4)

Comentários