Biofísica da circulação-turma A

Biofísica da circulação-turma A

BIOFÍSICA DA CIRCULAÇÃO

Conteúdo

  • O Sistema Circulatório;

  • O Campo Eletromagnético e a Circulação;

  • Eletrocardiograma Humano;

  • O Campo Gravitacional e a Circulação;

  • Plano Geral do Aparelho Circulatório;

  • Hipertensão de Origem Vascular e sua Energética;

  • Pressão nos Capilares – Forças Envolvidas;

  • Medida de Pressão Arterial;

  • Sopros Circulatórios.

O Sistema Circulatório

  • Coração;

  • Vasos sanguíneos;

  • Sangue;

  • Sistema de Controle.

O Sistema Circulatório

Comunica matéria e energia entre os diversos compartimentos biológicos.

O conjunto que realiza essas funções são:

  • Coração: bomba;

  • Vasos sanguíneos: rede;

  • Sangue: fluído (células e líquido);

  • Sistema controle: autônomo e ligado ao sistema nervoso central.

O Sistema Circulatório funciona conforme a seguinte forma de eventos:

O Campo Eletromagnético e a Circulação

O potencial de ação do miocárdio possui um componente rápido e um componente lento cuja somatória de pulsos elétricos gera um registro mais complexo.

A figura representa, de modo esquemático, as fases do PA. Da massa muscular do miocárdio.

Eletrocardiograma Humano

O Eletrocardiograma é um exame na área de cardiologia no qual é feito o registro da variação dos potenciais elétricos gerados pela atividade elétrica do coração.

Modos principais de registro do ECG

1. Método Clássico de Einthoven – Consiste em ligar os eletródios conforme a figura.

2. Método Unipolar de Wilson

2. Método Unipolar de Wilson

Registro Unipolar Aumentado – É uma substituição mais eficaz do método de Wilson. Funciona conforme a figura.

  • Registro Unipolar Aumentado – É uma substituição mais eficaz do método de Wilson. Funciona conforme a figura.

O Traçado Básico do ECG

  • Onda P: Despolarização Atrial;

  • Complexo QRS: Despolarização ventricular;

  • Segmento ST e onda T: Repolarização ventricular.

O Campo Gravitacional e a Circulação

“A circulação sanguínea é um sistema fechado, com o volume circulatório em regime estacionário.”

O campo gravitacional e a circulação

  • A circulação sanguínea é um sistema fechado, com volume circulatório em regime estacionário.

  • O que entra de um lado é igual ao que sai do outro.

  • É dividido em circulação sistêmica e circulação pulmonar.

  • A pequena circulação tem cerca de ¼ do sangue.

  • A grande circulação cerca ¾

  • Mas o coração possui uma reserva que é proporcional a volemia do indivíduo.

  • Ex. individuo com 5 litros de sangue, 1,2 litro na pequena circulação, 3,5 litros na grande e 250 ml no coração.

Plano Geral do Aparelho Circulatório

Hipertensão de Origem Vascular e sua Energética

Existem vários tipos de hipertensão (pressão acima dos valores médios esperados). Um tipo que ocorre nos casos de arteriosclerose tem sua energética explicada pelo mecanismo descrito na figura abaixo.

Pressão nos Capilares – Forças Envolvidas

Os capilares representam a única parte do sistema cardiovascular acessível a trocas metabólicas com tecidos. Para servir a esse fim, a estrutura e as forças envolvidas são peculiares.

Medida da Pressão Arterial

A medida indireta da pressão arterial é um método simples e valioso.

Consiste em comprimir uma artéria através de um manguito de ar, que é ligado a um manômetro.

A Tomada da Pressão A Arterial

Sopros Circulatórios

De um modo geral, a circulação sanguínea é silenciosa, . O aparecimento de ruído, pela presença de fluxo turbilhonar é conhecido como sopro circulatório, e pode ser normal ou patológico.

Fluxo Turbilhonar em Aneurisma

REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Comentários