8-Deltas costeiros

8-Deltas costeiros

Deltas

ANDRÉ LUIZ CARVALHO DA SILVA 2013 -I

Deltas Deltas

Deltas

Oter mo Deltafoiprimeira mente aplicado a cerca de 450 A. C. para identificar feições triangulares representada pela acu mulação de sedimentos fluviais dorio Nilo.

Deltas

Acu mulações costeiras subaéreas e/ou submarinas de sedimentos fluviais direta mente ou próximos a dese mbocadura, re mobiliza dos secundaria mente por ondas, marés e correntes.

Deltas

Diversos siste mas costeiros estão associados aos deltas co mo planícies de marés, mangueza is, barras arenosas.

Diversos siste mas costeiros estão associados aos deltas co mo planícies de marés, mangueza is, barras arenosas.

Foz do Rio Paraíba do Sul, 2005.

Deltas

Diversos siste mas costeiros estão associados aos deltas co mo planícies de marés, mangueza is, barras arenosas.

Foz do Rio Paraíba do Sul, 2005.

Deltas

Diversos siste mas costeiros estão associados aos deltas co mo planícies de marés, mangueza is, barras arenosas.

Deltas Os Deltas sãofeições geológicasjovens.

A maioria dos deltasfora mfor mados no período pós subida do níveldo mar, a cerca de 5000anos atrás.

IDADES A.P. x 1000 anos

SUBMERSÃO N 1o EMERSÃO N 1 o

EMERSÃO N 3 o

Deltas Os Deltas sãofeições geológicasjovens.

A maioria dos deltasfora mfor mados no período pós subida do níveldo mar, a cerca de 5000anos atrás.

IDADES A.P. x 1000 anos

SUBMERSÃO N 1o EMERSÃO N 1 o

EMERSÃO N 3 o

Controle Tectônico Deltas

91, 5 % dos deltas estão localiza dos e m margens passivas ou àretaguarda de arcos deilhas.

Sãofatores deter minantes: ota manho das bacias de drenage m, a extensão da platafor ma, e a energia de ondas.....

Características das costas nas margens convergentes e divergentes

Convergente Divergente

Idade Jovem (1 –10 MA)Velho (>100 MA) Relêvo Íngre me, montanhas Planícies extensas

Controle Tectônico Deltas

Relêvo Íngre me, montanhas Planícies extensas

Platafor ma Estreita Larga, baixo gradiente

Tectônica Ativa Estável

SedimentosFinos a grossosFinos abundantes

Morfologia da costa

Rochosa, poucas praias, falésias

Extensas planícies deltaicas, barreiras.

Inman & Nordstrom, 1971.

Características das costas nas margens convergentes e divergentes

Convergente Divergente

Idade Jovem (1 –10 MA)Velho (>100 MA) Relêvo Íngre me, montanhas Planícies extensas

Controle Tectônico Deltas

Relêvo Íngre me, montanhas Planícies extensas

Platafor ma Estreita Larga, baixo gradiente

Tectônica Ativa Estável

SedimentosFinos a grossosFinos abundantes

Morfologia da costa

Rochosa, poucas praias, falésias

Extensas planícies deltaicas, barreiras.

Inman & Nordstrom, 1971.

Geo morfologia Costeira Classificação baseada natectônica global:

Costas de colisão

Inman & Nordstrom, 1971.

Costas de afastamento Costas de afastamento

A distribuição geográfica dos deltas Deltas

Canal fluvial

Barras arenosas desem bocadur a

Deltas

Cam adas sedi ment ar es de areia e lama se depositam na foz e avançam sobre a plataforma cont inent al

Condicionantes na formação de Deltas

Deltas

Nilo Parnaíba

Deltas

São Francisco

Reno Niger

Mississippi Ganges- Bra maputra

Deltas Foz do Rio Amazonas.

Foz do Rio Amazonas. Foz do Rio Amazonas.

Deltas Deltas

Deltas Isla Decepciòn –Antárctica, 2008.

Deltas Unidades Morfológicas de um Delta

Rio

Continente Distributários

Planície deltáica lamosa

Prodelta

Frente deltaica Planície deltaica

Topset

Foreset Botto mset

Deltas Unidades Morfológicas de um Delta

Rio

Continente Distributários

Planície deltáica lamosa

Prodelta

Frente deltaica Planície deltaica

Topset

Planície deltaica – u m ou mais canais dependendo do gradiente da platafor ma e capacidade detransporte das correntes.

Diferenças morfológicas entre a parte superior (mais fluvial)e inferior(mais estuarina)da planície.

Foreset Botto mset

Deltas Unidades Morfológicas de um Delta

Rio

Continente Distributários

Planície deltáica lamosa

Prodelta

Frente deltaica Planície deltaica

Topset

Frente deltaica – tres tipos de fluxos pode m ser observadas na frente deltaica, dependo das diferenças de densidade entre a água ejetada e aquela da bacia receptora: Ho mopicnal, Hipopicnal e Hiperpicnal.

Foreset Botto mset

Deltas Unidades Morfológicas de um Delta

Rio

Continente Distributários

Planície deltáica lamosa

Prodelta

Frente deltaica Planície deltaica

Topset

Prodelta – predo mínio de sedimentação fina (siltes e argilas)e localizado além do nível de base das ondas. Região predo minante mente plana e mais horizontalizada.

Ne mtodos os deltas apresenta m prodelta.

Foreset Botto mset

Deltas Unidades Morfológicas de um Delta

Topset Botto msetForeset

Topset – ca madas planas essencialmente constituídas de areia e cascalhos.

Foreset – ca madas de areia e cascalho mergulhando entre 10º e 25º.

Botto mset – sedimentos finos leve mente inclinados.

Deltas Unidades Morfológicas de um Delta

Topset– ca madas planas constituídas de areia e cascalhos.

Foreset– ca madas de areia e cascalho mergulhando entre 10º e 25º.

Botto mset – sedimentos finos leve menteinclinados.

Deltas Unidades Morfológicas de um Delta

Topset– ca madas planas constituídas de areia e cascalhos.

Foreset– ca madas de areia e cascalho mergulhando entre 10º e 25º.

Botto mset – sedimentos finos leve menteinclinados.

Deltas Unidades Morfológicas de um Delta

Deltas Unidades Morfológicas de um Delta

Camadas de Foreset Topset

Foreset Botto mset

Deltas Unidades Morfológicas de um Delta

Deltas Unidades Morfológicas de um Delta

Camadas de Topset Topset

Camadas de Foreset

Foreset

Botto mset

Tres tipos de fluxos pode m ser observadas na frente deltaica dependo das diferenças de densidade entre a água ejetada e aquela da baciareceptora:

Condição Ho mopicnal– quando não ocorre diferença de densidade entre a massa d’ água ejetada e aquela da baciareceptora.

Processos deposicionais na frente deltaica Deltas

Condição Hipopicnal – quando a massa d’ água ejetada apresenta densidade menor que aquela na baciareceptora.

Condição Hiperpicnal – quando a massa d’ água ejetada é mais densa que a da baciareceptora.

Processos deposicionais na frente deltaica Deltas

Água doce Mistura

Material depositado no fundo B

Fluxo Hiperpicnal Material depositado no fundo

Material depositado no fundo Água do mar

Material de fundoMaterial em suspensão

Floculação e precipitação do material em suspensão

Fluxo Hipopicnal

Classificação dos Deltas Deltas

Deltas do minados pelas ondasDeltas do minados pelas ondas

Deltas do minados pelas marés Deltas do minados pelosrios

Classificação dos Deltas Deltas

Caracterizados pelaexposição à ondas de mar aberto. Deltas do minados pelas ondas

Classificação dos Deltas Deltas

Caracterizado peloprisma de maré maior que a descarga fluvial

Deltas do minados pelas marés

Classificação dos Deltas Deltas

Caracterizado por umrio de grande bacia fluvial em oceanosprotegidos da energia das onda ecom pequeno prisma de maré

Deltas do minados pelosrios pequeno prisma de maré

Nilo Mississippi

São Francisco

Reno Niger

Ganges- Bra maputra

Deltas Deltas do minados pelas ondas

Paraíba do SulSão Francisco planície de cristas de praia Delta do Rio Paraíba do Sul-RJ

Delta do Rio São Francisco Delta do Rio São Francisco

Deltas Deltas do minados pelasrios

Rio Mississippi

Comentários