(Parte 1 de 3)

Manual do Usuário – SISREG I

Ministério da Saúde / DATASUS / SISREG 1

Manual do Operador Solicitante

SISREG I (Solicitação e Agendamento de Consultas e Procedimentos)

Brasília Setembro/2008

Manual do Usuário – SISREG I Ministério da Saúde / DATASUS / SISREG 2

Manual do Usuário – SISREG I

Ministério da Saúde / DATASUS / SISREG 3

José Gomes Temporão Ministro de Estado da Saúde

Márcia Bassit Lameiro da Costa Mazzoli Secretária Executiva

Cleusa Rodrigues da Silveira Bernardo Secretária de Atenção a Saúde

Claudio Lucio Brasil da Cunha Coordenador do Departamento de Regulação, Avaliação e Controle de Sistemas

Ernani Bento Bandarra Diretor de Departamento de Informação e Informática do SUS

Manual do Usuário – SISREG I

Ministério da Saúde / DATASUS / SISREG 4

Equipes de Construção Ministério da Saúde

Dr. Claudio Lucio Brasil da Cunha DRAC - Departamento de Regulação, Avaliação e Controle de Sistemas

Donizetti José de Almeida Júnior João Marcelo Barreto Silva Maria das Graças Lopes dos Santos Junqueira Maria de Lourdes de Sousa Ornelas Miriam Vieira

Francisco José Marques

CAIVS - Coordenação de Atenção Individual e Vigilância à Saúde. DATASUS – Departamento de Informática do SUS

Daniel Rodrigues dos Passos Luck Diego Gottselig Gustavo Chaves de Carvalho Meireles Juliano Ferreira Hallac Manoel Ramos de Oliveira Neto Marcio de Oliveira Miranda Lopes Raquel Soares Marra Molina Renata Trein Neira Renato Gonçalves Lopes Junior Ronaldo Victor de Oliveira Tiago Ventura Costa

Manual do Usuário – SISREG I

Ministério da Saúde / DATASUS / SISREG 5

Sumario

O que é o SISREGPágina 07

Capítulo 01 – Introdução

do Sistema de RegulaçãoPágina 08
do Sistema de RegulaçãoPágina 08

Capítulo 02 – O Operador Solicitante 2.1 - Quem pode ser Operador Solicitante 2.2 - Quais as funções do Operador Solicitante

Sistema de Nacional de Regulação:Página 09

Capítulo 03 – Requisitos Mínimos Requisitos mínimos para o acesso ao

Sistema de Regulação:Página 10

Capítulo 04 – Acessando o Sistema. 4.1 - Como acessar o

o Operador Solicitante verá a seguinte tela:Página 1

Capítulo 05 – A Tela do Operador Solicitante. 5.1 - Após o acesso ao SISREG

D - Solicitar:Página 12
via Cartão Nacional de SaúdePágina 13
D2 – Ao clicar em (OK) teremos a seguinte tela:Página 14
D3 – Formulário de Cadastro do Usuário SUS:Página 15
D4 – Formulário de Autorização de Procedimento:Página 17

Capítulo 06 – Solicitar. D1 – Iniciando Solicitação de procedimento

sem Cartão Nacional de SaúdePágina 19
D6 – Ao clicar em (OK) teremos a seguinte tela:Página 20
D7 – Formulário de Cadastro do Usuário SUS:Página 21
D8 – Formulário de Autorização de Procedimento:Página 23
D9 – Solicitando um RetornoPágina 25

D5 – Iniciando Solicitação de procedimento

Regulado ou para Fila de EsperaPágina 26
teremos a seguinte tela:Página 27
D12 – Formulário de Cadastro do Usuário SUS:Página 28
D13 – Formulário Motivo da Solicitação:Página 30
D14 – Formulário Solicitação de Procedimento Ambulatorial:Página 32

D10 – Solicitando um Procedimento D11 – Após o preenchimento dos campos obrigatórios

E1 – Consulta UnidadesPágina 34
E2 – Consulta HoráriosPágina 35
E3 – Consulta CotasPágina 36
E4 – Consulta Autorização AMBPágina 37
E5 – Consulta Unidade ReferenciadaPágina 39

Capitulo 07 – Consultas. E -Consultas

F1 - Impressão SolicitaçõesPágina 40
F2 – Impressão CNSPágina 42

Capitulo 08 – Impressão. F - Impressão Capítulo 09 – Sair ........................................................................................... Página 43

Manual do Usuário – SISREG I

Ministério da Saúde / DATASUS / SISREG 6

10.1 – Estou sem energia elétrica:Página 4
ou não funciona corretamente:Página 4
10.3 – Não consigo acessar a Internet:Página 4
10.4 - Usuário não consegue logarPágina 4
10.5 – Não consigo agendar procedimentosPágina 4

Capítulo 10 – Falhas freqüentes dos Usuários: 10.2 – Meu Equipamento não liga 10.6 – Não encontro o procedimento que quero agendar................................Página 4

Manual do Usuário – SISREG I

Ministério da Saúde / DATASUS / SISREG 7

01 – Introdução O que é o SISREG

SISREG – Sistema de Regulação. Sistema on-line, criado para o gerenciamento de todo Complexo Regulatório indo da rede básica à internação hospitalar, visando à humanização dos serviços, maior controle do fluxo e otimização na utilização dos recursos.

Este manual tem por objetivo orientar o Operador Solicitante de Consultas e Procedimentos SUS, a fim de que ele se integre às novas tecnologias e possa tornar-se parceiro ativo de sua clientela e de seus gestores.

Manual do Usuário – SISREG I

Ministério da Saúde / DATASUS / SISREG 8

02 – O Operador Solicitante

2.1 - Quem pode ser o Operador Solicitante do Sistema de Regulação?

Todo e qualquer funcionário do município, subordinado ao Dep. de Regulação, Controle, Avaliação e Auditoria, com dinamismo, conhecimentos básicos de informática e saúde, bem como, um bom relacionamento com o público.

2.2 - Quais as funções do Operador Solicitante do SISTEMA DE REGULAÇÃO?

9 Primar pela humanização de suas ações; 9 Ser bom ouvinte; 9 Lembrar que mesmo nos momentos mais extremos, o Paciente (Usuário

SUS) é quem tem a razão; 9 Ser cortês; 9 Zelar pelo bom funcionamento de seu equipamento e local de trabalho; 9 Estar sempre atento às alterações no sistema; 9 Estar atento ao procedimento ou exame a ser marcado, para evitar transtornos ao usuário; 9 Em caso de dúvidas, recorrer ao gerente do sistema ou superior hierárquico mais próximo; 9 Ser ético e tratar das informações de trabalho apenas dentro do trabalho; 9 Realizar as marcações de procedimentos apenas dentro das normas impostas pelo Sistema Único de Saúde.

Manual do Usuário – SISREG I

Ministério da Saúde / DATASUS / SISREG 9

03 – Requisitos Mínimos

Requisitos mínimos para o acesso ao Sistema de Nacional de Regulação:

9 Computador com processador acima de Pentium I com 500 Mhz e 128

Megas de Memória RAM; 9 Sistema Operacional com navegador Internet Explorer ou similar; 9 Possuir acesso a Internet discada ou banda larga; 9 Estar devidamente cadastrado no sistema; 9 Ter participado do treinamento; 9 Ser responsável pelo LOGIN e SENHA de acesso.

Manual do Usuário – SISREG I

Ministério da Saúde / DATASUS / SISREG 10

04 – Acessando o Sistema. 4.1 - Como acessar o Sistema de Regulação:

• Abra o programa de navegação na Internet; • Acesse o site: w.saude.gov.br/sisregIII

Conhecendo a tela inicial:

A- Identificação da Versão do Sistema em uso; B- Campo para inserção da identificação do Operador; C- Campo para a digitação da Senha de acesso; D- Botão para a confirmação dos dados de acesso.

Manual do Usuário – SISREG I

Ministério da Saúde / DATASUS / SISREG 1

05 – A Tela do Operador Solicitante. 5.1 - Após o acesso ao SISREG o Operador Solicitante verá a seguinte tela:

A) Identificação do Operador B) Identificação do Perfil C) Identificação da Unidade de Saúde D) Solicitar E) Consultas F) Impressão G) Sair a) Identificação do Operador: Apresentação do login de identificação do operador ativo.

b) Identificação do Perfil: Apresentação do Perfil de Acesso referente ao login ativo.

c) Identificação da Unidade de Saúde: Apresentação dos dados da Unidade de Saúde onde se encontra alocado o operador.

d) Solicitar: Acesso para a realização de solicitações e agendamentos de Consultas e Procedimentos.

e) Consultas Área para a verificação das ações realizadas pelos Operadores Solicitantes.

f) Impressão Permite a impressão e/ou reimpressão de documentos como Solicitações e Autorizações Ambulatórias.

g) Sair: Desfaz a conexão do sistema.

Manual do Usuário – SISREG I

Ministério da Saúde / DATASUS / SISREG 12

6 – Solicitar. Acesso para realizar solicitações e agendamentos de Consultas e Procedimentos.

D - Solicitar:

Descrição da tela: 1. Mensagem informativa de qual o conjunto de campos será utilizado durante a solicitação ou agendamento de procedimentos; 2. Cartão Nacional de Saúde – Campo para a digitação do número do

Cartão Nacional de Saúde do Usuário SUS a ter seu procedimento solicitado ou agendado; 3. Nome – Campo para a digitação do nome do Usuário SUS a ter seu procedimento solicitado ou agendado; 4. Nome da Mãe – Campo para a digitação do nome da mãe do

Usuário SUS a ter seu procedimento solicitado ou agendado; 5. Data de Nascimento – Campo para a digitação da data de nascimento do Usuário SUS a ter seu procedimento solicitado ou agendado; 6. CID – Campo para a digitação do Código Internacional de Doenças referente à patologia inicial do Usuário SUS a ter seu procedimento solicitado ou agendado; 7. Escolha do Procedimento – Campo para a seleção do procedimento a ser solicitado ou agendado; 8. Profissional Solicitante - Campo para a seleção do procedimento a ser solicitado ou agendado; 9. Retorno – Campo para a distinção entre uma solicitação de 1ª Vez e uma solicitação de retorno; 10. OK – Botão para a confirmação dos dados inseridos ou selecionados.

Todos os campos são obrigatórios de acordo com a forma de acesso a solicitação de procedimentos:

Manual do Usuário – SISREG I

Ministério da Saúde / DATASUS / SISREG 13

D1 – Iniciando Solicitação de procedimento via Cartão Nacional de Saúde.

Campos Obrigatórios – (2, 6, 7, 8 e 10)

2) Entre com o Número do CNS do Usuário SUS com 15 dígitos. Caso a numeração inserida possua padrão diferente da solicitada o processo não será concluído.

6) Entre com o Código CID – Classificação Internacional de Doenças. Caso o CID inserido esteja fora dos padrões o processo não será concluído.

7) Selecione a Consulta, Procedimento ou Grupo de Procedimento desejado.

8) Selecione o nome do profissional de saúde que solicitou a realização do procedimento. Todos os profissionais listados estarão vinculados a unidade solicitante com login ativo.

10) Clique em “OK” para passar a próxima tela

Manual do Usuário – SISREG I

Ministério da Saúde / DATASUS / SISREG 14

D2 – Ao clicar em (OK) teremos a seguinte tela:

Descrição da tela: 1. Campo para a seleção dos dados do Usuário SUS conforme resposta da pesquisa CNS; 2. Campo para a seleção, caso nem um dos dados de Usuário SUS apresentados seja coerentes a documentação em mãos; 3. Campo para a visualização do procedimento a ser solicitado ou agendado; 4. Link para seleção Unidades de Saúde que possuem oferta configurada; 5. Campo para a seleção das: Datas, Horários, Nomes dos

Profissionais Executantes e Vagas da Oferta configurada; 6. Voltar – Botão para retornar, caso exista alguma informação a ser retificada; 7. Cadastro – Botão para a confirmação dos dados selecionados e acesso ao cadastro do Usuário SUS.

Manual do Usuário – SISREG I

Ministério da Saúde / DATASUS / SISREG 15

D3 – Formulário de Cadastro do Usuário SUS:

Descrição da Tela:

Dados da Solicitação: 1. Procedimento Solicitado – Identificação do procedimento a ser agendado; 2. Unidade Executante – Identificação da Unidade de Saúde que realizará o procedimento solicitado; 3. Profissional Executante – Identificação do profissional responsável pelo procedimento na unidade de saúde; 4. Data/Horário do Atendimento – Data e horário em que o profissional responsável estará realizando o procedimento solicitado;

Dados do Paciente: 5. Nome do Paciente – nome do Usuário SUS que está solicitando o procedimento; 6. Raça – Identificação da raça do Usuário SUS; 7. Pai – Campo para registro do nome do pai do Usuário SUS; 8. Mãe – Campo para registro do nome da mãe do Usuário SUS; 9. Data de Nascimento – Campo para o registro da data de nascimento do Usuário SUS;

Manual do Usuário – SISREG I

Ministério da Saúde / DATASUS / SISREG 16

10. Sexo – Identificação de gênero do paciente (Masculino e Feminino); 1. UF de Nascimento – Campo para o registro da Unidade Federativa

(Estado) de nascimento do Usuário SUS; 12. Naturalidade – Campo para o registro do município de nascimento do Usuário SUS;

Dados Residenciais: 13. Logradouro – campo para a seleção do tipo de logradouro residencial do Usuário SUS; 14. Endereço – Campo para a digitação do nome da rua de residência do Usuário SUS; 15. Complemento – Campo para a digitação do complemento de endereço do Usuário SUS; 16. Número – Campo para a digitação do numero da residência do

Usuário SUS; 17. Bairro – Campo para a digitação do bairro de residência do Usuário SUS; 18. CEP – Campo para a digitação do código de endereçamento postal do Usuário SUS; 19. UF – Campo para a seleção da Unidade Federativa (Estado) de residência do Usuário SUS; 20. Cidade – Campo para a seleção da cidade (Município) de residência do Usuário SUS; 21. Telefone Residencial ou para Recado – Campo para a digitação dos números de contato do Usuário SUS; 2. Unidade de Referência – Campo para que seja selecionada a unidade de referência do Usuário SUS (Unidade a qual o Usuário SUS faz parte da cobertura dos programas de PSF ou ACS);

Observações 23. Motivo do Cadastramento – Campo para a seleção do motivo de cadastramento do Usuário SUS no CNS; 24. Voltar – Botão para retornar a tela anterior; 25. Marcar – Botão para a confirmação dos dados cadastrado e passar para a próxima tela.

Manual do Usuário – SISREG I

Ministério da Saúde / DATASUS / SISREG 17

D4 – Formulário de Autorização de Procedimento:

Descrição da Tela: 1. Nº Chave – Número Chave para a confirmação dos procedimentos executados;

Unidade Solicitante: 2. Nome – Identificação da Unidade de Saúde Solicitante; 3. CNES – Código na Unidade Solicitante no Cadastro Nacional de

Estabelecimento de Saúde; 4. Operador – Identificação do operador que cadastrou a solicitação no sistema;

Unidade Executante: 5. Nome - Identificação da Unidade de Saúde Executante para o procedimento solicitado; 6. CNES - Código na Unidade de Saúde Executante no Cadastro

Nacional de Estabelecimento de Saúde; 7. Logradouro, Endereço, Nº, Complemento, Bairro – Identificação da localização da Unidade de Saúde Executante;

Manual do Usuário – SISREG I

Ministério da Saúde / DATASUS / SISREG 18

8. Município – Identificação do município de localização da Unidade de Saúde Executante; 9. Profissional Executante – Nome do Profissional que executará o procedimento solicitado; 10. Data e Horário do Atendimento – Data e horário em que o Usuário

SUS deverá comparecer a Unidade de Saúde Executante para realização do procedimento;

Dados do Paciente: 1. Nome do Paciente – Identificação do Usuário SUS a ser atendido; 12. CNS – Número do Cartão Nacional de Saúde do Usuário SUS

(Paciente); 13. Nome do Responsável – Nome do Responsável pela chegada do paciente a unidade de saúde; 14. UF – Unidade Federativa (Estado) de residência do Usuário SUS; 15. Logradouro, Endereço, Nº, Complemento, Bairro – Tipo do

Logradouro, Nome do Logradouro, Número da Residência, Complemento do Logradouro e Nome do Bairro de Residência do Usuário SUS; 16. Município – Cidade de Residência do Usuário SUS; 17. CEP – Código de Endereçamento Postal Residencial do Usuário SUS; 18. Telefone – Número de telefone para contato com o Usuário SUS; 19. Data de Nascimento – Data de nascimento do Usuário SUS; 20. Sexo – Identificação de gênero do paciente (Masculino e Feminino); 21. Unidade de Referência – Identificação da unidade de referência do

Usuário SUS (Unidade a qual o Usuário SUS faz parte da cobertura dos programas de PSF ou ACS);

Dados da Solicitação: 2. CPF do Médico Solicitante – CPF do Profissional de Saúde

(Médico) responsável pela solicitação do procedimento; 23. Nome do Médico Solicitante - Nome do Profissional de Saúde

(Médico) responsável pela solicitação do procedimento; 24. Diagnóstico Inicial – Descrição do Código Internacional de

Doenças que justifique a solicitação do procedimento; 25. CID – Código Internacional de Doenças que justifique a solicitação do procedimento; 26. Procedimentos Solicitados – Nome do procedimento solicitado; 27. Código – Código SIA do procedimento solicitado. 28. Imprimir – Botão para a solicitação de impressão do formulário de

Autorização de Procedimentos Ambulatoriais; 29. Nova Solicitação – Botão para iniciar a solicitação de procedimentos para outro Usuário SUS.

Manual do Usuário – SISREG I

Ministério da Saúde / DATASUS / SISREG 19

D5 – Iniciando Solicitação de procedimento sem Cartão Nacional de Saúde.

Campos Obrigatórios – (3, 4, 5, 6, 7, 8 e 10) 3) Entre com o Nome do Usuário SUS.

4) Entre com o nome da Mãe do Usuário SUS.

5) Entre com a Data de Nascimento do Usuário SUS.

6) Entre com o Código CID – Classificação Internacional de Doenças. Caso o CID inserido esteja fora dos padrões o processo não será concluído.

7) Selecione a Consulta, Procedimento ou Grupo de Procedimento desejado.

8) Selecione o nome do profissional de saúde que solicitou a realização do procedimento. Todos os profissionais listados estarão vinculados a unidade solicitante com login ativo.

(Parte 1 de 3)

Comentários