Grande órgão ou órgão de tubo

Grande órgão ou órgão de tubo

Grande órgão ou órgão de tubo?

órgão é um instrumento musical da família dos aerofones de teclas, tocado por meio de um ou mais manuais e uma pedaleira.

O som é produzido pela passagem de ar comprimido através de tubos sonoros de diversos formatos, materiais e comprimentos.

Os órgãos variam imensamente em tamanho, indo desde uma caixa denominado (órgão de baú) até as monumentais caixas do tamanho de casas de cinco andares.

Encontram-se sobretudos nas igrejas, de culto cristão católico e protestante, mas também em teatros e salas de concerto, escolas de música e casas particulares (órgãos de estudo).

Qual o nome do músico que toca órgão?

Organista: No desenvolvimento da literatura organística, ou seja, o repertório musical composto para o órgão é bastante evidente a influência da sua índole sacra, pelo que a linha que divide o reportório sacro (das Liturgias) e o reportório de concerto é difícil de estabelecer.

Deste facto de inferir que não existe diferenciação entre o organista litúrgico e o organista de concerto.

Um organista que toca na Igreja deve tanto ser versado na execução de reportório, como em acompanhamento, harmonização, como em improvisação. É-lhe exigido domínio nas áreas da Literatura Organística (Repertório) que é a mais vasta de todos os instrumentos; do Acompanhamento (realização de baixo cifrado, harmonização de cânticos, transposição), e na Improvisação, dada a necessidade de introduzir, interludiar, variar sobre um tema, etc.

Qual o nome do profissional que fabrica o órgão?

Organeiros: Exige-se do mestre-organeiro, além de uma grande capacidade de engenho (engenharia mecânica), grande capacidade projetista e auditiva, um enorme domínio de várias áreas como desde logo a Música e a Acústica, mas também a Engenharia, o Design, a História da Arte.

Qual a nota mais grave e a mais aguda produzida por este instrumento? (número e nome da nota).

Na escala geral podemos produzir 96 sons (notas), o grande órgão de tubo é o único instrumento capaz de executar todas as notas.

As notas são: DÓ-2 sendo a mais grave até DÓ 7+ a mais aguda, notas estas que escritas subsequentemente totalizam 96 sons.

Sistema mecânico ou funcionamento?

A mecânica é o conjunto dos mecanismos que têm por fim a emissão sonora de determinado tubo ou conjuntos deles.

É constituído de um grande sistema de tubos de madeira e metal, um dispositivo pneumático - os foles, e um console que contém os teclados, os registros e os pedais.

O som dos órgãos são emitidos através da passagem do ar sob pressão por dentro de seus tubos, que tem seu mecanismo acionado pelos teclados.

Qual a sua origem e século?

A criação desse instrumento por volta do século III a.C. Nessa época, os órgãos funcionavam por princípio hidráulico e dependiam da água de fontes naturais para empurrar o ar comprimido para dentro dos tubos! A partir do séc. IV d.C., tal princípio foi substituído pelo pneumático. Mas foi no século X que os órgãos de tubos foram introduzidos nas igrejas ocidentais e passaram a ser construídos tamanhos diversos. É um dos instrumentos musicais que mais impressiona por sua imponência. 

Em que pais do mundo localizamos o maior órgão?

maior órgão do mundo encontra-se na Convention Hall da Organ Society em Atlantic City (Estados Unidos). Este possui sete manuais e pedaleira. Tem duas consolas. Foi construída entre Maio e Dezembro de 1929 pela Companhia Merrick, na época situada em Long Island, Nova Iorque. Desconhece-se o número exato de tubos que o compõe, mas pensa-se que está por volta dos 33.114.

No Rio de Janeiro, quais os locais que podemos encontra-lo?

Os grandes órgãos de tubos que passaram a fazer parte das igrejas do Rio de Janeiro a partir do século XVII, ainda podem ser vistos em algumas igrejas do centro da cidade. No Salão Leopoldo Miguez, na Escola de Música da UFRJ, também se encontra em funcionamento um órgão italiano da Fabrica D'Organi Comm. Giovani Tamburini, inaugurado em 1954.

Além dos órgãos sobreviventes no Rio de Janeiro, dois outros instrumentos dos tempos coloniais e localizados em Minas Gerais merecem ser citados: o órgão da Matriz de Santo Antônio em Tiradentes que veio de Portugal por volta de 1788 e o órgão alemão da Catedral da Sé de Mariana construído na primeira década do séc. XVIII.

Órgão de tubos de Cavaillé-Coll (séc. XIX) Igreja Nossa Senhora do Carmo da Lapa - RJ

Órgão de tubos de Giovani Tamburini (séc. XX) Escola de Música da UFRJ

Fachada do órgão de tubos de Agostinho Rodrigues Leite (séc. XVIII) Igreja do Mosteiro de São Bento - RJ.

Em uma orquestra só existe um instrumento capas de executar a nota mais aguda da escala geral. Qual é o nome desse instrumento?

Flautim também chamado Piccolo (pequeno em italiano) é um instrumento musical da família da flauta, soando uma oitava acima da flauta soprano, da qual possui igual digitação. É constituído por um pequeno tubo de 33 cm de comprimento e um bocal. Este instrumento foi introduzido na orquestra no século XIX, sendo usado na música erudita moderna.

Produz o som mais agudo da orquestra.

É um instrumento de execução difícil, já que a dimensão pequena do tubo exigem uma embocadura e um sopro precisos.

Além disso, suas chaves se encontram a uma distância extremamente pequena umas das outras.

FLAUTIM

Grande Órgão ou Órgão de Tubo

Trabalho do curso de teoria musical

Professor: Heliobaldo

Aluno: Anderson Rodrigues de Almeida

Comentários