TELECURSO 2000 Mecânica - 03. leiaute ou arranjo f?sico

TELECURSO 2000 Mecânica - 03. leiaute ou arranjo f?sico

AULA 3

Leiaute ou arranjo físico

Qualquer posto de trabalho, inclusive o nosso, estÆ ligado aos demais postos de trabalho, num local qualquer de uma empresa. Esse local pode ser uma Ærea grande ou pequena.

Em geral, essa Ærea Ø coberta e abriga certos tipos de trabalho que estªo ligados entre si por apresentarem serviços semelhantes ou completarem o produto fabricado. Sªo denominados setor, departamento ou planta.

Nos locais destinados à fabricaçªo, existem homens, mÆquinas, equipamentos, matØrias-primas etc. localizados em determinados pontos que permitem que vÆrias atividades sejam realizadas.

Pensando novamente em produtividade, verifica-se, muitas vezes, um excesso de locomoçªo de pessoas e movimentaçªo de matØrias-primas; produtos semi-acabados e produtos acabados, causando transtornos diversos e aumentando os riscos de quebra e acidentes, alØm de custos e de tempo de produçªo.

A idØia bÆsica da simplificaçªo do trabalho Ø a de eliminar tudo aquilo que nªo agrega valor ao produto, ou seja, tudo aquilo que nªo melhora ou nªo transforma o produto e que aumenta custos. O transporte pode ser o tipo de atividade que nªo tem valor para nada e, nesse caso, Ø necessÆria a sua eliminaçªo ou reduçªo.

A melhor forma de reduzir o transporte entre dois postos de trabalho Ø a de aproximar os dois postos, o mÆximo possível. Essa distância mínima entre os dois postos segue uma norma de segurança do MinistØrio do Trabalho chamada N.R. - normas regulamentadoras. A NR 12 dessa norma diz, resumidamente:

Quando uma mÆquina possuir partes móveis, isto Ø, algumasQuando uma mÆquina possuir partes móveis, isto Ø, algumasQuando uma mÆquina possuir partes móveis, isto Ø, algumasQuando uma mÆquina possuir partes móveis, isto Ø, algumasQuando uma mÆquina possuir partes móveis, isto Ø, algumas partes que se movimentpartes que se movimentpartes que se movimentpartes que se movimentpartes que se movimentaaaaam horizontalmente, como, porm horizontalmente, como, porm horizontalmente, como, porm horizontalmente, como, porm horizontalmente, como, por exemplo, uma fresadora, a distância entre essa mÆquinaexemplo, uma fresadora, a distância entre essa mÆquinaexemplo, uma fresadora, a distância entre essa mÆquinaexemplo, uma fresadora, a distância entre essa mÆquinaexemplo, uma fresadora, a distância entre essa mÆquina e qualquer outro posto de trabalho deve estar contidae qualquer outro posto de trabalho deve estar contidae qualquer outro posto de trabalho deve estar contidae qualquer outro posto de trabalho deve estar contidae qualquer outro posto de trabalho deve estar contida numa faixa variÆvel entre 0,70 m numa faixa variÆvel entre 0,70 m numa faixa variÆvel entre 0,70 m numa faixa variÆvel entre 0,70 m numa faixa variÆvel entre 0,70 m e 1,30 m. 1,30 m. 1,30 m. 1,30 m. 1,30 m.

3 A U L A

AULA 3

Se, no entanto, a mÆquina nªo possuir partes móveis, essa distância mínima entre ela e outro posto de trabalho deve ser entre 0,60 m e 0,80 m.

Lembramos, ainda, que a mesma norma indica que as vias principais de circulaçªo para pessoas e materiais devem possuir largura mínima de 1,20 m.

Faixa cor branca10,0 cm

Faixa cor branca10,0 cm

Dentro desses princípios, para melhor organizar a produçªo, podemos elaborar um estudo de remanejamento, ou seja, mudança de mÆquinas, equipamentos etc. sendo que esse estudo Ø denominado leiaute ou arranjo físico.

Na melhoria de um arranjo físicoarranjo físicoarranjo físicoarranjo físicoarranjo físico, a primeira coisa a fazer Ø observar o local em estudo e fazer um desenho em planta, a mªo livre, relativamente simples, mas com detalhes importantes. Anotar, tambØm, o caminho que o produto percorre, ou seja, o caminho que ele segue nos diversos postos de trabalho. Consiga uma trena e faça medidas dos contornos do local, distâncias entre mÆquinas e, se necessÆrio, do percurso dos transportes. Peça ajuda a um colega para medir e use o metro como unidade de medida.

1,20 m «

8,0 ( )

faixa variável entre 0,70 e 1,30 m

Como vimos, o primeiro passo para a melhoria de um arranjo físico consiste em elaborar uma planta do local (desenho), que poderÆ ser feito atØ a mªo livre ou, se alguns desejarem e souberem, em escala, preferencialmente de 1:50, contendo detalhes importantes que devem ser marcados claramente na planta. O produto obtido Ø chamado, tambØm, de leiaute. Aspectos importantes que devem ser observados e, se necessÆrio, anotados:

lMateriais: produto semi-acabado; acabado ou matØria-prima. lPostos de trabalho. lEquipamentos: pontes rolantes, esteiras transportadoras etc. lPessoal: posiçªo de trabalho. lTransportes: circulaçªo de pessoas, materiais e equipamentos. lArmazenamento de materiais. lCaracterísticas do edifício: andar, dimensıes etc. lInstalaçıes: elØtrica; pneumÆtica, vapor, hidrÆulica etc. lFluxo de circulaçªo: seqüŒncia ordenada da movimentaçªo do produto, indicado por flecha.

O leiaute (desenho) pronto, feito por vocŒ, deve ser examinado para ser reorganizado. Esse exame começa sempre pela eliminaçªo ou reduçªo de transportes. Para isso, os postos de trabalho devem ser colocados o mais próximo entre si, obedecendo-se às Normas do MinistØrio do Trabalho. É necessÆrio saber se as mÆquinas podem ser removidas com facilidade e se suas instalaçıes tambØm podem ser modificadas facilmente. HÆ mÆquinas pesadas, difíceis de serem removidas, como as que exigem fundaçıes especiais, grandes prensas e as montagens especiais, como grandes fornos, que devem ser preservados em seus locais. Essas mÆquinas só devem ser mudadas em casos extremamente necessÆrios. Verifique, tambØm, a posiçªo dos postos de trabalho em relaçªo à posiçªo do trabalhador.

Para facilitar esse estudo, recorte pedaços de cartolina, representando cada posto de trabalho e, por tentativas, coloque-os numa posiçªo que vocŒ julga adequada. Depois verifique se as posiçıes sªo as melhores. Caso nªo sejam, faça modificaçıes, colocando os recortes de cartolina em outra posiçªo. VÆ tentando atØ conseguir o melhor esquema de arranjo físico.

AULA3

Por exemplo, podemos chegar a um arranjo adequado, conforme esta ilustraçªo:

Esse arranjo apresenta as seguintes vantagens:

lOs tornos e fresadoras foram posicionados a 35” em relaçªo à parede para facilitar a iluminaçªo natural do posto de execuçªo do trabalho, aproveitando a iluminaçªo vinda das janelas. lA distância entre as partes móveis das fresadoras foram mantidas com um mínimo de 1,30 m e as demais distâncias entre os postos de trabalho foram mantidas num mínimo de 0,80 m, tambØm entre os postos e as paredes. lForam feitas faixas de circulaçªo que nªo havia no leiaute anterior. lPara os “containers”, foram feitos cavaletes com altura de 0,80 m para o trabalhador nªo ter de se curvar. -Alguns “containers” estªo próximos de dois postos de trabalho. Assim, o trabalhador os alcança só com o movimento dos braços.

-A distância mØdia anterior mantida para movimentaçªo era de 29,50 m e a atual, de 15,40 m. Portanto, houve uma reduçªo de 14,10 m. Isto dÆ uma idØia da reduçªo que se pode fazer de transporte em metros, ao se transportar 10.0 peças. Neste caso, alcança-se uma reduçªo de 141.0 metros ou 141 km. AlØm disso, sobra espaço para a colocaçªo de mais postos de trabalho.

2” Passo: elaboraçªo do novo leiaute

No segundo passo, devemos procurar um melhor posicionamento das mÆquinas, dos homens e dos equipamentos para uma utilizaçªo adequada do espaço disponível.

AULA3Alguns aspectos devem ser considerados: lAs distâncias entre os postos de trabalho devem ser as mínimas possíveis, de acordo com a NR 12. lEvitar cruzamentos de materiais e produtos. lEliminar riscos de acidentes. lFacilitar a circulaçªo (movimentaçªo) de homens, materiais e produtos.

No exemplo dado no primeiro passo, as mÆquinas mantŒm-se fixas. É fabricado um œnico tipo de produto, que segue sempre o mesmo caminho (fluxo). Neste caso, temos um arranjo físicoarranjo físicoarranjo físicoarranjo físicoarranjo físico por produto.

Após elaborar o novo arranjo físico, podemos implantar o novo leiaute. Para isso, Ø necessÆria a autorizaçªo dos superiores, após explicar-lhes o que deve ser feito, isto Ø, as mudanças necessÆrias e suas vantagens em relaçªo ao leiaute existente. TambØm se deve apresentar o novo leiaute aos colegas e chefes.

Tipos de arranjo físico Arranjo físico por produto É o tipo de arranjo físico em que o produto se move e as mÆquinas estªo fixas.

Arranjo físico por processo É o arranjo adequado para um setor que fabrica diferentes produtos com as mesmas mÆquinas.

Num mesmo local fabricamos bolsas e calçados. Quando se fabricam bolsas, a seqüŒncia de fabricaçªo Ø a seguinte:

A B C D E Quando se fabricam sapatos, a seqüŒncia Ø:

Para atender à produçªo de bolsas e sapatos, o melhor arranjo físico Ø o que permite agruparagruparagruparagruparagrupar as mÆquinas e nªo colocÆ-las em linha reta.

Assim, as distâncias percorridas serªo sempre as menores possíveis.

fi fi fi fi

A B C D E fiminício

› bolsas sapatos

AULA3Arranjo físico fixo É usado quando o produto fica fixo (por exemplo, na construçªo de navios) enquanto os trabalhadores, as mÆquinas, os equipamentos e as matØrias-primas se movimentam.

Nesse caso, a movimentaçªo deve ser a mínima possível. Tudo deve estar próximo ao produto.

Assinale com (X) a alternativa correta:

Exercício 1Exercício 1Exercício 1Exercício 1Exercício 1

De acordo com as normas regulamentadoras (NR) do MinistØrio do Trabalho, a distância mínima permitida entre postos de trabalho Ø: a)a)a)a)a)()0,40 m a 0,90 m b)b)b)b)b)()0,50 m a 0,60 m c)c)c)c)c)()0,60 m a 0,80 m

Exercício 2Exercício 2Exercício 2Exercício 2Exercício 2 Para elaborar um novo leiaute devemos eliminar, em primeiro lugar:

a)a)a)a)a) ( ) mÆquinas b)b)b)b)b) ( ) transportes c)c)c)c)c) ( ) operÆrios

Exercício 3Exercício 3Exercício 3Exercício 3Exercício 3 As grandes prensas sªo difíceis de serem removidas pelo seguinte motivo:

a)a)a)a)a)()sªo assentadas em fundaçıes especiais b)b)b)b)b)()sªo dotadas de instalaçıes complexas c)c)c)c)c)()sªo muito caras máquinas equipamentos produtomatérias-

Exercícios

Comentários