E. de Máquinas - cabos

E. de Máquinas - cabos

CABOS

  • Cabos são elementos de transmissão que suportam cargas (força de tração), deslocando-as nas posições horizontal, vertical ou inclinada.

  • Os cabos são muito empregados em equipamentos de transporte e na elevação de cargas, como em elevadores, escavadeiras, pontes rolantes, guindastes, etc.

CABOS

  • O cabo de aço se constitui de alma e perna. A perna se compõe de vários arames em torno de um arame central.

CABOS DE AÇO

CABOS DE AÇO

  • Um cabo pode ser construído em uma ou mais operações, dependendo da quantidade de fios e, especificamente, do número de fios da perna. Por exemplo: um cabo de aço 6 por 19 significa que uma perna de 6 fios é enrolada com 12 fios em duas operações, conforme segue:

CABOS DE AÇO

  • Passo é a distância entre dois pontos de um fio em torno da alma do cabo.

CABOS DE AÇO

  • Tipos de distribuição dos fios nas pernas:

  • Existem vários tipos de distribuição de fios nas camadas de cada perna do cabo. Os principais tipos de distribuição que vamos estudar são:

  • normal;

  • seale;

  • filler;

  • warrington.

CABOS DE AÇO

  • Distribuição normal

Os fios dos arames e das pernas são de um só diâmetro.

CABOS DE AÇO

  • Distribuição seale

As camadas são alternadas em fios grossos e finos.

CABOS DE AÇO

  • Distribuição filler

As pernas contêm fios de diâmetro pequeno que são utilizados como enchimento dos vãos dos fios grossos.

CABOS DE AÇO

  • Distribuição warrington

Os fios das pernas tem diametros diferentes numa mesma camada.

CABOS DE AÇO

  • Tipos de alma de cabos de aço

As almas de cabos de aço podem ser feitas de vários materiais, de acordo com a aplicação desejada. Existem, portanto, diversos tipos de alma. Veremos os mais comuns: alma de fibra, de algodão, de asbesto, de aço.

CABOS DE AÇO

  • Tipos de alma de cabos de aço

As almas de cabos de aço podem ser feitas de vários materiais, de acordo com a aplicação desejada. Existem, portanto, diversos tipos de alma. Veremos os mais comuns: alma de fibra, de algodão, de asbesto, de aço.

CABOS DE AÇO

  • As fibras naturais utilizadas normalmente são o sisal ou o rami. Já a fibra artificial mais usada é o polipropileno (plástico).

  • Vantagens das fibras artificiais:

- não se deterioram em contato com agentes agressivos;

- são obtidas em maior quantidade;

- não absorvem umidade.

  • Desvantagens das fibras artificiais:

- são mais caras;

- são utilizadas somente em cabos especiais.

CABOS DE AÇO

  • Alma de algodão

Tipo de alma que é utilizado em cabos de pequenas dimensões.

  • Alma de asbesto

Tipo de alma utilizado em cabos especiais, sujeitos a altas temperaturas.

CABOS DE AÇO

  • Alma de aço

A alma de aço pode ser formada por uma perna de cabo (AA) ou por um cabo de aço independente (AACI), sendo que este último oferece maior flexibilidade somada à alta resistência à tração.

  • Os núcleos de aço aumentam a resistência à tração em 7% , porém diminuem a flexibilidade.

CABOS DE AÇO

  • Tipos de torção de cabos

Os cabos de aco, apresentam torcao das pernas ao redor da alma e podem ser a direita ou a esquerda:

CABOS DE AÇO

  • Torção regular ou em cruz

Os fios de cada perna são torcidos no sentido oposto ao das pernas ao redor da alma. As torções podem ser à esquerda ou à direita. Esse tipo de torção confere mais estabilidade ao cabo.

CABOS DE AÇO

  • Torção lang ou em paralelo

Os fios de cada perna são torcidos no mesmo sentido das pernas que ficam ao redor da alma. As torções podem ser à esquerda ou à direita. Esse tipo de torção aumenta a resistência ao atrito (abrasão) e dá mais flexibilidade.

CABOS DE AÇO

  • O diâmetro de um cabo de aço corresponde ao diâmetro da circunferência que o circunscreve.

CABOS DE AÇO

  • Identificação dos cabos

É feita por dois números: o primeiro dá a quantidade de pernas e o segundo, a quantidade de fios em cada perna.

CABOS DE AÇO

  • Especificação dos cabos

A tabela abaixo apresenta valores referentes a resistência à tração, em função do material do fio.

  • Os fios podem ser galvanizados ou simplesmente lubrificados.

  • Atualmente está sendo usado o náilon estirado como revestimento de cabos, o que dá boa proteção.

CABOS DE AÇO

  • Fatores para o dimensionamento

O coeficiente de segurança deve estar entre 500 e 850%, chegando a 1 300% para os elevadores de passageiros.

No caso de suspensão de pesos fora da vertical, tem-se de considerar que existe uma redução da capacidade do cabo.

CABOS DE AÇO

Na requisição devem constar o comprimento, diâmetro, número de pernas e fios, tipo de construção,torcedura, lubrificação, acabamento, aplicação, carga útil e resistência dos arames.

CABOS DE AÇO

  • Polias e tambores para cabos

O diâmetro das polias e tambores para cabos deve ser o maior possível, considerando todos os fatores envolvidos no serviço.

Para uma rápida avaliação podem ser considerados os diâmetros indicados na tabela abaixo.

Comentários