A Bíblia do Carro

A Bíblia do Carro

(Parte 6 de 6)

§ Sistema digital

Em relação ao número de válvulas injetoras, existem basicamente dois tipos: § Com apenas uma válvula injetora de combustível (single point, EFI )

§ Com várias válvulas injetoras (multipoint,MPFI )

Nos sistemas com apenas uma válvula injetora, esta é responsável pela alimentação de combustível de todos os cilindros do motor. Nos sistemas com várias válvulas podem ter alimentação: § Não sequencial (quando todas válvulas injetam ao mesmo tempo)

§ Semi-sequencial (quando algumas válvulas injetam ao mesmo tempo que outras)

§ Sequencial (quando cada válvula injeta num momento diferente das outras)

A escolha do tipo de injeção para cada veículo, por parte das montadoras, leva em consideração vários fatores estando entre eles: o custo de fabricação, tipo de veículo e emissão de poluentes. A injeção eletrônica controla a quantidade de combustível injetada pelos bicos injetores, para todas as condições de trabalho do motor, através do módulo de comando. Através de informações recebidas ajusta a relação ar/combustível bem próxima da relação ideal. Para calcular a quantidade de combustível precisa-se medir a quantidade de ar (massa) admitida pelo motor. Existem várias técnicas de medida de massa de ar: § Utilizando o medidor de fluxo de ar (LMM).

§ “speed density” (velocidade/densidade)- utilizando a rotação e o vácuo do motor (MAP) § utilizando o medidor de massa de ar – o sensor é um fio metálico aquecido (técnica de “fio quente”).

w.mecatronicadegaragem.blogspot.com

(Parte 6 de 6)

Comentários