(Parte 2 de 5)

E = A = 1 – T – R

Emissividade espectral

A relação da emitância em um comprimento de onda específico ou faixa muito estreita para a emitância de um corpo negro, à mesma temperatura.

Emissividade total

A relação do valor integrado de todas as emitâncias espectrais para a emitância do corpo negro.

Filtro passa faixa

Um filtro óptico ou detector que permite a passagem de uma faixa estreita do espectro total. Ele exclui ou é opaco a todos os outros comprimentos de onda.

Fotodetector

Mede a radiação termal, produzindo uma saída através da liberação de variações elétricas dentro de seu corpo. Eles são pequenas lascas de materiais cristalinos como CdS ou InSb que respondem a diferentes porções do espectro, e como conseqüência, apresentam grande seletividade no comprimento de onda em que opera.

Infravermelho

Porção do espectro cujo comprimento de onda é maior que o da luz vermelha. Somente a porção entre 0,7 a 20 mícrons dá energia usável pelos detectores de radiação.

Mícron

Unidade usada para medir comprimento de onda de energia radiante. Igual a 0,001 milímetro, 10 000 Angstroms ou 10-6 metro.

Pirômetro de brilho

Usa a energia radiante de cada lado de um comprimento de onda fixo do espectro. Esta faixa é muito estreita e usualmente centrada em 0,65 mícrons na área laranja-vermelha do espectro visível.

Pirômetro de duas cores

Ou pirômetro de relação mede a temperatura como uma função da relação da radiação emitida em torno de duas faixas estreitas de comprimento de onda.

Pirômetro de faixa estreita

Um pirômetro de radiação que é sensível apenas a um segmento estreito de comprimentos de onda dentro do espectro total da radiação. Exemplo de pirômetro de faixa estreita é o pirômetro óptico.

Pirômetro de faixa larga ou total

Um pirômetro de radiação que mede a temperatura como função da densidade de potência emitida pelo material de interesse sobre uma larga faixa de comprimentos de onda.

Pirômetro óptico

Também chamado de pirômetro de brilho, usa uma faixa estreita de radiação dentro da faixa visível (0,4 a 0,7 mícrons) para medir a temperatura pela conformidade de cores ou outras técnicas.

Refletância ou refletividade (R)

A percentagem da radiação total incidindo sobre um corpo que está diretamente refletido sem entrada. A refletância é zero para um corpo negro e é aproximadamente 100% (ou 1) para uma superfície altamente polida.

R = 1 – A – T

onde

R é refletância

A é absorvância

T é transmitância

Termopilha

Mede a radiação termal pela absorção para se tornar mais quente que seu ambiente vizinho. É um grande número de termopares arranjados como os pregos de uma roda com a junta quente no centro. Os termopares são ligados em série e a saída é baseada na diferença entre as juntas quente e fria.

Transferência de calor

É a deslocamento da energia de calor por um ou mais dos seguintes métodos:

Condução: por difusao através de material sólido ou através de fluidos (líquidos ou gases) parados

Convecção: pelo movimento de um fluido entre dois pontos

Radiação: por ondas eletromagnéticas

Transmitância (T)

Transmitância é a percentagem da energia radiante total incidindo em um corpo, que passa diretamente por ele sem ser absorvida. A transmitância é zero para o corpo negro e aproximadamente 100% para um material como o vidro na região visível do espectro.

T = 1 – A – R

onde

T é transmitância

R é refletância

A é absorvância

Leis da Temperatura do Gás

Lei de Boyle

Em uma dada quantidade de gás, o produto da pressão e volume permanece constante, enquanto a temperatura se mantiver constante.

Lei de Charles

Em uma dada quantidade de gás, a relação da temperatura absoluta para o volume permanece constante, enquanto a pressão se mantiver constante e a relação da temperatura absoluta para a pressão permanece constante enquanto o volume se mantiver constante.

Lei do Gás Ideal

onde

p é a pressão

T é a temperatura absoluta

v é o volume específico

r é a densidade

R é a constante do gás

Lei de Fourier da condução de calor

onde

Q é a quantidade de calor transferida através de um corpo

t é o tempo

k é a condutividade termal do corpo

A é a área transversal do corpo

T é a temperatura absoluta

x é a distancia, na direção do fluxo de calor, tomada perpendicular a A

Lei de Stefan-Boltzmann da radiação termal

onde

QT é o calor total radiado da superfície de um corpo negro ideal (emissão hemisférica total em todos os comprimentos de onda)

(Parte 2 de 5)

Comentários