Procedimentos em caso de acidente tipico ou acidente de trajeto

Procedimentos em caso de acidente tipico ou acidente de trajeto

PROCEDIMENTOS EM CASO DE ACIDENTE TIPICO OU ACIDENTE DE TRAJETO

1. Providenciar os primeiros socorros ao acidentado e caso seja necessário encaminhar, o colaborador preferencialmente ao Hospital xxxxxxxxx; dependendo da gravidade da lesão, acionar o Corpo de Bombeiros (tel. 193) ou SAMU (tel. 192) para fazer o atendimento adequado;

2. Solicitar ao socorrista que encaminhe para o Hospital xxxxxxx;

3. A chefia deve ser imediatamente comunicada, o próprio empregado ou seu supervisor deverá entrar em contato imediato com o setor de segurançado trabalho para proceder a abertura da Comunicação de Acidente do Trabalho - CAT.

4. Todos os acidentes devem ser encaminhados para atendimento médico, para que seja mais fácil a caracterização do acidente;

5. A Instituição deverá comunicar o acidente de trabalho, ocorrido com seu empregado, havendo ou não afastamento do trabalho, até o primeiro dia útil seguinte ao da ocorrência e, em caso de morte, de imediato à autoridade competente, sob pena de multa.

9. A emissão da CAT (Comunicado de acidente do Trabalho) não significa que o acidente foi caracterizado, será feito investigação do acidente pelo técnico de segurança e passará por avaliação com médico do trabalho;

10.Para abertura de CAT,será levado em consideração as seguintes ocorrências:

a) Acidente do trabalho, típico ou de trajeto, ou doença profissionalou do trabalho;

b) Reinício de tratamento ou afastamento por agravamento de lesão de acidente do trabalho ou doença profissional ou do trabalho, já comunicados anteriormente;

c) Falecimento decorrente de acidente ou doença profissional ou do trabalho, ocorridos após a emissão da CAT inicial.

11. Nos casos de acidentes de trajeto, realizar os mesmos procedimentos e solicitar boletim de ocorrência, e deve ter testemunhas;

12. Quando o funcionário estiver impossibilitado de comunicar o acidente, alguém da família deve comunicar a chefia;

13. No caso que o acidente provoque dores, o médico precisa da avaliação do especialista para caracterização, se demorar muito (dias) para procurar o médico, o acidente pode não ser caracterizado;

14. Nos casos de reabertura de CAT (Comunicado de acidente do Trabalho), a solicitação será feita pelo médico do trabalho;

15. Doença ocupacional será caracterizada pelo médico do trabalho, após perícia e constatação da doença relacionada ao trabalho pelo funcionário;

Fluxograma para Procedimento frente à ocorrência de Acidente do Trabalho

Não

O acidente

é grave?

Empregado acidentado ou supervisor comunica acidente do trabalho ao setor de segurança do trabalho.

Não NÃO

Fim do

Processo

RH efetua o lançamento das informações do acidente nos sistemas.

Setor de segurança distribui as vias da CAT

Após atendimento ao acidentado,o setor de segurança do trabalho encaminha as as vias da CAT ao INSS.

Setor de segurança preenche a CAT.

Responsável pelo setor encaminha para atenimento médico.

SIM

Comentários