Relatorio Propriedades Ácido Acético

Relatorio Propriedades Ácido Acético

Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC

Centro de Educação Superior do Alto Vale do Itajaí - CEAVI

Departamento de Engenharia Sanitária

Relatório de

Química Experimental – Procedimento IV

Ácido Acético: Algumas Propriedades

Data de realização do experimento: 29/08/2013

Acadêmico: José Guilherme Espíndola

Assinatura:

Acadêmico: Emanuel Fusinato

Assinatura:

Data de elaboração do relatório: 29/08/2013

Ibirama, 29 de Agosto de 2013.

  1. Objetivo

Estudar experimentalmente algumas propriedades do ácido acético. Preparar em laboratório, um sabão através da saponificação do acetato de etila.

  1. Introdução

O ácido acético é um líquido incolor, de cheiro penetrante e sabor azedo. Este ácido apresenta as seguintes formas:

Fórmula molecular: CH3COOH

Fórmula estruturar plana:

O ácido acético apresenta pontos de ebulição igual a 118 ºC e é solúvel em água, éter e álcool.

Quando puro e anidro , o ácido acético congela a 16,7 ºC, tomando o aspecto de gelo. Deriva daí o nome de ácido acético glacial que recebe este ácido puro.

Nesta experiência, estudaremos três propriedades do ácido acético e uma propriedade do acetato de metila.

  1. Materiais e Métodos

    1. Material

  • Tubos de ensaio

  • Becker de 100 mL

  • Bastão de vidro

  • Papel tornassol vermelho

  • Solução de fenolftaleína

  • Pipetas

    1. Reagentes Utilizados

  • Solução de ácido acético (CH3COOH) 0,05 M

  • Solução de ácido acético (CH3COOH) 3 M

  • Solução de carbonato de sódio (Na2CO3) 1 M

  • Ácido sulfúrico concentrado (H2SO4)

  • Álcool etílico (C2H5OH)

  • Acetato de etila (C4H8O2)

  • Ácido acético glacial (CH3COOH)

  • Solução de hidróxido de sódio 0,1 N

  • Solução de hidróxido de sódio 10 %

    1. Métodos

1 Neutralização do ácido acético

Devido seu caráter ácido, o ácido acético sofre neutralização em presença de bases.

1.1 Colocar 2 mL de solução, 1 N de NaOH em um tubo de ensaio.

1.2 Adicionar uma gota de fenolftaleína.

1.3 Adicionar solução de ácido acético 0,05 M, gota a gota até que a solução perca a cor.

1.4 Explique a mudança de cor.

2 Reação do ácido acético com Na2CO3

2.1 Colocar 3 mL de solução 1 M de Na2CO3 em um tubo de ensaio.

2.2 Adicionar 2 mL de solução de ácido acético 3 M.

2.3 Observar.

3 Esterificação do ácido acético

3.1 Colocar 2,5 mL de ácido acético glacial em um Becker de 100 mL.

3.2 Adicionar 5 mL de álcool etílico.

3.3 Adicionar 1,5 mL de ácido sulfúrico concentrado, gota a gota.

3.4 Aquecer brandamente até a ebulição.

3.5 Resfriar e alcalinizar a solução com NaOH à 10 %. Testar com papel tornassol vermelho.

3.6 Sentir o odor.

4 Saponificação do acetato de etila

A reação inversa da esterificação é chamada hidrólise. Esta reação pode sofrer uma catálise básica, deslocando o equilíbrio para a direita. Esta reação é chamada de reação de saponificação.

4.1 Colocar 5 mL de acetato de etila em um Becker de 100 mL.

4.2 Adicionar 15 mL de NaOH à 10%.

4.3 Observar.

4.4 Agitar, com bastão de vidro, por 3 min. ou mais.

4.5 Verificar se houve alteração da temperatura.

4.6 Observar.

  1. Resultados e Discussões

1 Neutralização do ácido acético

Para neutralizarmos o ácido acético adicionamos 2 mL de solução 1N de NaOH no tubo de ensaio. Adicionamos uma gota de fenolftaleína e percebemos a mudança de cor instantaneamente para rosa.

Adicionamos 2,4 mL de ácido acético 0,5 M, gota a gota, até que a solução perdesse a cor, agitando-a continuamente. Essa perda de cor se deve a que a fenolftaleína caracteriza cor rosa ao contato com uma base e não reage com espécies ácidas.

2 Reação do ácido acético com Na2CO3

Colocamos 3 mL de Na2CO3 1M em um tubo de ensaio e adicionamos 2 mL de solução de ácido acético 3 M. Foi observado o despredimento de gás CO2 na reação.

3 Esterificação do ácido acético

Em um becker com 2,5 mL de ácido acético glacial, adicionamos 5 mL de etanol. Após isso adicionamos 1,5 mL de ácido sulfúrico, gota a gota. Aquecemos a solução brandamente até a ebulição. Esfriamos a solução e a alcalinizamos com 25 mL de NaOH 10%. Ao testar com papel tornassol vermelho, este ficou azul, o que corresponde a uma solução básica.

4 Saponificação do acetato de etila

Em um becker de 100 mL com 5 mL de acetato de etila, adicionamos 15 mL de NaOH. Resultou que o odor da solução assemelhava-se ao odor do álcool.

  1. Conclusão

Nesta aula aprendemos algumas propriedades sobre o ácido etanóico e acetato de etila, como propriedades físicas; entre elas o ponto de ebulição e de fusão, sendo estes de 118 ºC e 16 ºC, respectivamente. Observamos que o ácido acético é um composto ácido, pois não reagiu com fenolftaleína.

Também vimos várias reações úteis para a criação de produtos usados no dia a dia, como a saponificação e a esterificação.

Um conceito importante a citar é a esterificação que é um processo reversível, obtendo como um produto principal um éster específico, no nosso experimento teve como produto o acetato de etila.  Entre os diversos métodos que podem ser utilizados para sintetizar os ésteres

Ao reagirmos um éster, como o acetato de etila, com uma base, ocorro a reação de saponificação, útil para a criação de remédios, essências e principalmente sabões.

Ao realizar o experimento e com os conhecimentos básicos adquiridos durante o curso, principalmente da disciplina química orgânica foi possível realizar as reações envolvendo o acido acético, e conhecer melhor as suas propriedades.

  1. Referências Bibliográficas

http://www.alunosonline.com.br/quimica/acido-acetico.html (Acessado em: 29/08/13)

http://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%89ster (Acessado em: 29/08/13)

Comentários