Relatório Determinação de ácido acetilsalicílico em medicamentos

Relatório Determinação de ácido acetilsalicílico em medicamentos

Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC

Centro de Educação Superior do Alto Vale do Itajaí - CEAVI

Departamento de Engenharia Sanitária

Relatório de

Química Experimental – Procedimento X

Determinação de ácido acetilsalicílico em medicamentos (titulação de um ácido fraco com uma base forte)

Data de realização do experimento: 24/10/2013

Acadêmico: José Guilherme Espíndola

Assinatura:

Acadêmico: Emanuel Fusinato

Assinatura:

Data de elaboração do relatório: 30/10/2013

Ibirama, 30 de Outubro de 2013.

  1. Objetivo

Determinar analiticamente a quantidade de ácido acetilsalicílico presente na Aspirina®.

  1. Introdução

O ácido acetilsalicílico (AAS), de massa molar igual a 180,13 g.mol-1, é um analgésico usado no tratamento de cefaléias, nevralgias e outras dores. Analgésicos são depressores do sistema nervoso central empregados para aliviar a dor sem causar a perda da consciência. A concentração média de AAS em comprimidos é de aproximadamente 500 mg.

Deseja-se, nesta prática, determinar analiticamente a quantidade de ácido acetilsalicílico presente na Aspirina® mediante titulação direta da amostra contra uma solução padrão de hidróxido de sódio utilizando-se o indicador fenolftaleína para identificar o ponto final da titulação.

O ácido acetilsalicílico, bem como a maioria dos ácidos orgânicos, é um ácido fraco e deve ser determinado por reação com uma base forte com a qual reage rápida e completamente sendo, portanto, compatível com o método volumétrico. O titulante usado será a solução padronizada de hidróxido de sódio.

  1. Materiais e Métodos

3.1 Materiais e Reagentes

  • Bureta de 50 mL

  • Erlenmeyer de 250 mL

  • Suporte universal

  • Solução de hidróxido de sódio 0,0905 mol/L – NaOH

  • Solução de fenolftaleína

  • Álcool Etílico

  • Água Destilada

  • Aspirina ®

3.2 Métodos

  1. Pesar 3 comprimidos de Aspirina ® e anotar os valores das massas pesadas.

  1. Triturar (macerar) os comprimidos em um almofariz com pistilo.

  1. Pesar com a maior precisão possível 0,400g, em triplicata, dos comprimidos macerados.

  1. Transferir, quantitativamente, cada amostra para um erlenmeyer de 125 mL.

  2. Adicionar, usando proveta, 20 mL de álcool comercial e 20 mL de água destilada.

OBS: Adicione primeiro o álcool comercial e depois a água destilada.

  1. Agitar a suspensão e adicionar 2 gotas de fenolftaleína 0,1%.

(Obs: Agitar por aproximadamente 3 minutos o erlenmeyer para completa solubilização do ASS no meio de titulação)

  1. Titular a amostra contra solução padrão de NaOH aproximadamente 0,1000 molL-1 (anotar a concentração em molL-1 exata da base com 4 algarismos significativos) até a solução tornar-se rósea.

  1. Anote o volume gasto de NaOH.

  1. Repetir o procedimento mais duas vezes.

  1. Calcular a quantidade de ácido acetilsalicílico em miligramas presente nas amostras analisadas.

  1. Calcular o erro relativo entre os resultados obtidos. O valor teórico da quantidade de ácido acetilsalicílico presente em um comprimido de Aspirina® é de 500 mg.

  1. Resultados e Discussões

1ª Etapa – Pesamos 3 comprimidos com 1,808 g. Após isso, maceramos os comprimidos e coletamos uma amostra de 0,400 g de Aspirina em um erlenmeyer. Adicionamos 20 mL de álcool etílico, pois o álcool etílico é um composto orgânico, sendo assim, um melhor solvente para o AAS. Adicionamos 20 mL de água destilada e 2 gotas de fenolftaleína.

2ª Etapa – Limpamos a bureta com a solução de NaOH e adicionamos o titulante. Iniciamos a titulação. A titulação foi feita até apresentar uma coloração rósea, que ocorre quando a fenolftaleína entra em contato com a base, que não reagiu com o AAS. Executamos a titulação em duplicata, sendo os valores titulados de 18,2 mL e 18,5 mL, sendo a média 18,3 mL de titulante.

Reações:

nos 3 comprimidos

em cada comprimido

comprimido utilizado como titulante

= 0,0905 mol/L

= 18,3L

X=0,446 g de Acido Acetilsalicílico em um comprimido.

X= 89,2%

  1. Conclusão

O método de titulação é muito usado na indústria farmacêutica, sendo possível através dela, determinar a composição de determinados fármacos em um medicamento. No caso deste experimento, determinamos através da titulação, a massa do ácido acetilsalicílico.

Pela titulação determinamos uma quantidande de Ácido Acetilsalicílico inferior a quantidade descrita no rótulo, observamos um erro de 10,8%, sendo este proveniente de erros experimentais ou na composição do fármaco.

  1. Referencias Bibliograficas

http://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%81cido_acetilsalic%C3%ADlico (Acessado em 30/10/13)

Comentários