26 - biologia química português

26 - biologia química português

(Parte 4 de 5)

Quais dos gráficos anteriores representam, respectivamente, as populações de sapos, de gafanhotos e de capim?

a)5 - 3 - 2b) 2 - 3 - 5. c) 1 - 2 - 4.
d)5 - 2 - 3e) 2 - 1 - 4.

02.(Uel 97) O esquema a seguir representa as relações tróficas em uma comunidade.

a)Ib) I c) II
d)IVe) V

De acordo com o esquema, os decompositores estão representados em

03.(Uel) O esquema a seguir mostra as relações tróficas de uma comunidade de lagoa.

a) Ib) I c) II
d) IVe) V

Dos peixes dessa teia alimentar, o que consegue aproveitar menos energia nesse ecossistema é o

Desafio Biológico

Concordância Verbal I

1.SUJEITO COMPOSTO DE PESSOAS DIFERENTES

O sujeito composto de pessoas diferentes faz o verbo flexionar-se no plural, na pessoa que tiver predominância: a primeira pessoa (eu/nós) predomina sobre a segunda (tu/vós) e a terceira (ele/eles); a segunda (tu/vós), sobre a terceira (ele/eles).

Observação– Se o sujeito vier posposto, a concordância com o núcleo mais próximo será sempre legítima.

Veja construções certase erradas:

1.Chamar a polícia: é o que deveríamos fazer tu e eu. (certo) 2.Chamar a polícia: é o que deveriasfazer tu e eu. (certo) 3.Chamar a polícia: é o que deveriafazer eu e tu. (certo) 4.Eu, tu e Maria iremosa Presidente

2.NÚCLEOS DO SUJEITO UNIDOS POR “OU”

A conjunção oupode indicar exclusão/retificaçãoou, por meio do verbo, expressar uma idéia abrangente, de nãoexclusão. Em verdade, a idéia reside mais no verbo que na conjunção ou.

a)Exclusão ou retificação– Se a conjunção ou(aliada à idéia verbal) indicar exclusãoou retificação, o verbo concordará com o núcleo do sujeito mais próximo. As idéias de “casar”, “ser presidente”, “ser eleito para algum cargo” sugerem exclusão.

b)Idéia abrangente– Se a idéia expressa pelo verbo referir-se a todos os núcleos do sujeito, o verbo irá para o pluralou concordará com o núcleo mais próximo.

Veja construções certase erradas:

1.Paulo ou Antônio serãopresidente do clube. (errado) 2.Paulo ou Antônio serápresidente do clube. (certo) 3.O índio ou os índios já estiveramaqui. (certo) 4.O homem ou o seu filho, não me lembro bem, arrebentarama porta. (certo) 5.O homem ou o seu filho, não me lembro bem, arrebentoua porta. (certo) 6.Eu ou ele seremoseleitos para o cargo. (errado) 7.Ele ou eu sereieleito para o cargo. (certo)

3.NÚCLEOS DO SUJEITO UNIDOS POR “NEM”

Se os núcleos do sujeito estiverem unidos pela conjunção nem, com frase na ordem direta, o plural é obrigatório. Na ordem inversa(sujeito posposto), a concordância pode ser feita com o núcleo mais próximo.

Veja construções certase erradas: 1.Nem o pai, nem a mãe tinha percebido a fuga da criança. (errado) 2.Nem o pai, nem a mãe tinham percebidoa fuga da criança. (certo) 3.Não tinha percebidoa fuga da criança nem o pai, nem a mãe. (certo) 4.Nem Teodoro, nem Cabeção tinha notadoa presença da polícia. (errado) 5.Nem Teodoro, nem Cabeção tinham notadoa presença da polícia. (certo) 6.Não notoua presença da polícia nem

Teodoro, nem Cabeção. (certo) 7.Nem eu nem ela faremosa viagem (certo).

Exclusão– Se houver idéia de exclusão, isto é, se o fato só puder ser atribuído a um dos elementos do sujeito, impõe-se a concordância no singular.

1.Nem Pedro nem Maria poderão ocupara

Presidência do clube. (errado) 2.Nem Pedro nem Maria poderá ocupara Presidência do clube. (certo)

4.SUJEITO COLETIVO

Quando o sujeito é um substantivo coletivo, há três situações a considerar:

a)Coletivo sozinho, no singular– O verbo ficará, obrigatoriamente, no singular.

b)Coletivo acompanhado de uma expressão no plural– O verbo poderá ficar no singularou concordar com o plural indiferentemente.

c)Amaior parte de, parte de, a maioria de, grande número de– Se vierem acompanhadas de expressão no plural, o verbo pode ficar no singularou concordar com o pluralindiferentemente.

Veja construções certase erradas:

1.A multidão vociferavaameaças. (certo) 2.A multidão vociferavamameaças. (errado) 3.A multidão de eleitores vociferava ameaças. (certo) 4.A multidão de eleitores vociferavam ameaças. (certo) 5.Uma boa parte dos meninos de rua não quervoltar para os pais. (certo) 6.Uma boa parte dos meninos de rua não queremvoltar para os pais. (certo) 7.A maioria da população votamsem a devida consciência política. (errado) 8.A maioria dos eleitores votamsem a devida consciência política. (certo) 9.Grande número de ribeirinhos sobrevive apenas da pesca. (certo)

5.UM OU OUTRO

O sujeito composto “um ou outro”, por expressar exclusão, obriga o verbo a ficar no singular.

Veja construções certase erradas:

1.Um ou outro assumirãoa diretoria da empresa. (errado) 2.Um ou outro assumiráa diretoria da empresa. (certo)

6.QUE, QUEM (pronomes relativos)

Quando os pronomes relativos que, quem estão na função sintática de sujeito, há duas situações a considerar:

a)Com o pronome relativo que, o verbo concorda, obrigatoriamente, com o pronome ou com o substantivo que o antecede.

b)Com o pronome relativo quem, o verbo fica, obrigatoriamente, na terceira pessoa do singular. Contrariando a norma culta

Português Professor João BATISTA Gomes

01.(FGV) Assinale a alternativa em que os trechos do texto, reescritos, apresentam emprego de pronomes bem como concordância (nominal e verbal) de acordo com a norma culta.

a)Atividade é bom para os homens, que com ela se distrai da própria vida e desvia-se da visão assustadora de si mesmo. b)Lancem-se os homens no trabalho, para que não fiquem ociosos, pois bastam-lhes a ociosidade que lhes ensinam muitas coisas perniciosas. c)Certamente deve existir visões que colidem frontalmente com um dos esteios da sociedade; assim se fortaleceu obsessões laborais. d)Voltaire foi um dos grandes pensadores iluministas, que escreveu contra o governo e o clero franceses, o que acabaram por levá-Io à Bastilha. e)Houve muitos que defenderam o trabalho; não os acompanhou Paul Lafargue, em cuja obra encontram-se críticas à exploração humana.

02.(FGV) A concordância verbal está correta em:

a)Precisam-se de muitos técnicos. b)Os Estados Unidos é contrário a essas medidas. c)Neste mês, deve haver muitos feriados. d)Tratavam-se de profissionais competentes. e)Obedecem-se rigidamente às normas impostas à construção civil.

03.(FGV) Assinale a alternativa que completa corretamente a frase:

os documentos

que encaminharemos à Prefeitura.

a)Terá de serem formalizados. b)Terão de ser formalizado. c)Terá de ser formalizado. d)Terão de serem formalizados. e)Terão de ser formalizados.

Arapuca

Passando-se a frase “Disso advém o aspecto midiático-popular” para o plural, teremos:

a)Disso advém os aspectos midiáticospopulares.

b)Disso advêm os aspectos midiáticopopulares.

c)Disso advém os aspectos midiáticopopulares.

d)Disso advêm os aspectos midiáticospopulares.

e)Disso advêm os aspectos midiáticospopular.

Desafio gramatical da língua, muitos autores admitem, nesse caso, a concordância com o pronome ou com o substantivo antecedente.

Veja construções certase erradas:

1.Fui euque fizeste relatório. (certo) 2.Fui euquem fizeste relatório. (errado) 3.Fui euquem fezeste relatório. (certo) 4.Fomos nósque fizemostodos os relatórios. (certo) 5.Fomos nósquem fizemostodos os relatórios. (errado) 6.Fomos nósquem feztodos os relatórios. (certo)

7.QUAL DE NÓS, QUAIS DE NÓS... QUAL DE VÓS, QUAIS DE VÓS...

Quando o sujeito vem representado pelas expressões interrogativas iniciadas por qual, quais, quantosou por um dos indefinidos algum, alguns, nenhum, muitos, poucos, acompanhados dos pronomes nós, vós, vocês, há duas situações a observar:

a)Pronomes interrogativos ou indefinidos no singular– O verbo também ficará no singular.

b)Pronomes interrogativos ou indefinidos no plural– O verbo também irá para o plural, concordando com os pronomes nós, vósou vocês.

Veja construções certase erradas:

1.Qualde nós seremosaprovados no concurso? (errado) 2.Qualde nós seráaprovados no concurso? (certo) 3.Quaisde nós seremosaprovados no concurso? (certo) 4.Qualde nós seráescolhido para visitar

Parintins? (certo) 5.Quantosdentre nós conhecemoso

Encontro dos Águas? (certo) 6.Quaisde vós podereisparticipar da experiência? (certo) 7.Algunsde nós já estivemosem tribos indígenas. (certo)

8. NÚMEROS FRACIONÁRIOS

Quando o sujeito da oração é um número fracionário, a concordância deverá ser feita com o numerador.

Veja construções certase erradas:

1.Umterço dos alunos ficaram reprovados. (errado) 2.Umterço dos alunos ficoureprovado. (certo) 3.Umquinto dos bens couberamà amante. (errado) 4.Umquinto dos bens coubeà amante. (certo) 5.Doisquintos dos bens couberamà amante. (certo) 6.Doisterços dos parentes apoiarama decisão de Genivaldo. (certo)

9.EXPRESSÃO “UM DOS QUE”

A expressão “um dos que” exige o verbo sempre no plural. Nesse caso, a concordância é feita com “dos” (= daqueles).

Há casos, entretanto, que obrigam o verbo a ficar no singular. É quando o verbo se refere a um só ser, e não a mais do que um.

Veja construções certase erradas:

1.O Tietê é um dos rios paulistas que atravessamo Estado de São Paulo. (errado)

2.O Tietê é um dos rios paulistas que atravessao Estado de São Paulo. (certo) 3.O Sol é um dos astros que dãoluz e calor à Terra. (errado) 4.O Sol é um dos astros que dáluz e calor à Terra. (certo) 5.Serei eu um dos que votarácontra o projeto. (errado) 6.Serei eu um dos que votarãocontra o projeto. (certo) 7.Você representa um dos que venceuna vida. (errado) 8.Você representa um dos que venceram na vida. (certo) 9.Um dos que se comprometeramem apoiar o projeto voltou atrás. (certo)

10.UM MILHÃO, UM BILHÃO, UM TRILHÃO...

Estes substantivos numerais admitem as seguintes construções:

a)O verbo fica no singularquando não existe conjunção “e” ligando “um milhão”, “um bilhão”, “um trilhão” a outra expressão numérica.

b)O verbo irá para o pluralquando existe conjunção “e” ligando “um milhão”, “um bilhão”, “um trilhão” a outra expressão numérica inteira no plural.

Veja construções certase erradas:

1.Um milhão de reais foram destinadosà construção de uma ponte que não existe. (errado) 2.Um milhão de reais foi destinadoà construção de uma ponte que não existe. (certo)

3.Um milhão e duzentos mil reais foram destinadosà construção de uma ponte que não existe. (certo)

4.Um milhão de dólares foram gastosna construção da nova fábrica. (errado)

5.Um milhão de dólares foi gastona construção da nova fábrica. (certo)

6.Um milhão e trezentos mil dólares foram gastosna construção da nova fábrica. (certo)

1.NÚMEROS PERCENTUAIS

O verbo deve concordar com o número expresso na porcentagem.

Veja construções certase erradas:

1.Só um por cento dos alunos ficaram reprovados. (errado) 2.Só um por cento dos alunos ficou reprovado. (certo) 3.Cerca de dez por cento dos eleitores não compareceramàs urnas. (certo) 4.Hoje, mais de cinqüenta e dois por dento das mulhers trabalhamfora. (certo)

12.NOMES QUE SÓ EXISTEM NO PLURAL

Com a presença do artigo, o verbo vai para o plural. Sem o artigo, o verbo fica no singular.

Veja construções certase erradas:

1.Estados Unidos vencemmais uma crise política (errado). 2.Estados Unidos vencemais uma crise política (certo). 3.OsEstados Unidos vencemmais uma crise política (certo).

01.(Desafio da TV) Nos períodos seguintes, classifique o sujeito dos verbos em destaque:

1.Ninguém desconfiaque estamos aqui. 2. Alguém nos denunciou. 3.Andam dizendoque ele é viciado.

a)Indeterminado, indeterminado e indeterminado. b)Simples, simples e oculto. c)Indeterminado, indeterminado e oculto. d)Simples, simples e indeterminado. e)Simples, simples e simples.

02.(Desafio do Rádio) Nos períodos seguintes, classifique o sujeito dos verbos em destaque:

1.Aqui, faz-se, com bastante discrição, trabalho de macumba. 2.Fazemtrabalho de macumba aqui. 3.Fazmuito frio aqui no inverno.

a)Indeterminado, indeterminado e inexistente. b)Indeterminado, inexistente e indeterminado. c)Simples, indeterminado e inexistente. d)Simples, oculto e inexistente. e)Indeterminado, oculto e indeterminado.

03.Nos períodos seguintes, classifique o sujeito dos verbos em destaque:

1. Fizerammuitas perguntas a você? 2. Eles fizerammuitas perguntas a você? 3. Alguémfez perguntas a você? a)Indeterminado, indeterminado e indeterminado. b)Indeterminado, simples e indeterminado. c)Oculto, simples e indeterminado. d)Oculto, simples e simples. e)Indeterminado, simples e simples.

04.Nas construções seguintes, classifique o sujeito dos verbos em destaque:

1.Come-semuito bem nesta casa. 2.Come-sepouco feijão nesta casa. 3.Comemmuito bem nesta casa.

a)Simples, simples e oculto. b)Indeterminado, simples e indeterminado. c)Indeterminado, simples e oculto. d)Simples, indeterminado e indeterminado. e)Indeterminado, indeterminado e indeterminado.

05.Há uma construção errada. Identifique-a.

a)Plantou-se muito neste inverno. b)Plantou-se muitas árvores neste inverno. c)Planta-se grama. d)Aqui, assistiu-se a várias tragédias. e)Faz-se, sob encomenda, roupa infantil.

Desafio Gramatical

AMABIS, José Mariano; MARTHO, Gilberto Rodrigues. Conceitos de Biologia das células: origem da vida. São Paulo: Moderna, 2001.

CARVALHO, Wanderley. Biologia em foco.Vol. Único. São Paulo: FTD, 2002.

COVRE, Geraldo José. Química Geral: o homem e a natureza.São Paulo: FTD, 2000.

FELTRE, Ricardo. Química: físicoquímica.Vol. 2. São Paulo: Moderna, 2000.

LEMBO, Antônio. Química Geral: realidade e contexto.São Paulo: Ática, 2000.

LEVINE, Robert Paul. Genética.São Paulo: Livraria Pioneira, 1973.

LOPES, Sônia Godoy Bueno. Bio. Vol. Único. 1.ed. São Paulo: Saraiva. 2000.

MARCONDES, Ayton César; LAMMOGLIA, Domingos Ângelo. Biologia: ciência da vida.São Paulo: Atual, 1994.

REIS, Martha. Completamente Química: físico-química.São Paulo: FTD, 2001.

SARDELLA, Antônio. Curso de Química: físico-química.São Paulo: Ática, 2000.

DESAFIO QUÍMICO (p. 3)

DESAFIO QUÍMICO (p. 4)

DESAFIO QUÍMICO (p. 5)

DESAFIO BIOLÓGICO (p. 6) 01.E ;

EXERCÍCIO (p. 7)

DESAFIO BIOLÓGICO (p. 7)

DESAFIO BIOLÓGICO (p. 8)

DESAFIO BIOLÓGICO (p. 9)

Governador Eduardo Braga

Vice-Governador Omar Aziz

Reitor Lourenço dos Santos Pereira Braga

Vice-Reitor Carlos Eduardo Gonçalves

Pró-Reitor de Planejamento e Administração Antônio Dias Couto

Pró-Reitor de Extensão e Assuntos Comunitários Ademar R. M. Teixeira

Pró-Reitor de Pós-Graduação e Pesquisa Walmir Albuquerque

Coordenadora Geral Munira Zacarias Rocha

Coordenador de Professores João Batista Gomes

Coordenador de Ensino Carlos Jennings

Coordenadora de Comunicação Liliane Maia

Coordenador de Logística e Distribuição Raymundo Wanderley Lasmar

Produção Renato Moraes

Projeto Gráfico – Jobast Alberto Ribeiro Antônio Carlos Aurelino Bentes Heimar de Oliveira Mateus Borja Paulo Alexandre Rafael Degelo Tony Otani

Editoração Eletrônica Horácio Martins

Encarte referente ao curso pré-vestibular Aprovar da Universidade do Estado do Amazonas. Não pode ser vendido.

Este material didático, que será distribuído nos Postos de Atendimento (PAC) na capital e Escolas da Rede Estadual de Ensino, é base para as aulas transmitidas diariamente (horário de Manaus), de segunda a sábado, nos seguintes meios de comunicação:

• TV Cultura (7h às 7h30); sábados: reprise às 23hPostos de distribuição: • Amazon Sat (21h30 às 22h)

• RBN (13h às 13h30) reprise: 5h30 e 7h (satélite)• PAC São José – Alameda Cosme Ferreira – Shopping São José

• Rádio Rio Mar (19h às 19h30)• PAC Cidade Nova – Rua Noel Nutles, 1350 – Cidade Nova I

• Rádio Seis Irmãos do São Raimundo • PAC Compensa – Av. Brasil, 1325 – Compensa (8h às 9h e reprise de 16h às 16h30)• PAC Porto – Rua Marquês de Santa Cruz, s/n.° • RádioPanorama de Itacoatiara (11h às 11h30)armazém 10 do Porto de Manaus – Centro

(Parte 4 de 5)

Comentários