O xeque mate do grande jogo de xadrez da eletricidade industrial

O xeque mate do grande jogo de xadrez da eletricidade industrial

(Parte 5 de 8)

Instalações Elétricas (subestações, cabines, salas, redes elétricas, quadros, painéis, iluminação, etc.); 18. CIQA - Comunicação Interna de Quase Acidente; 19. RDO - Registro Diário de Obras; 20. CAT - Comunicação Acidente Trabalho - Anexo I - NR-18 (Empresa e Empreiteira); 21. PAT - Relatório de Acidente do Trabalho - (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes - CIPA); 2. ROI - Relatório Ocorrência de Incidentes; 23. EEPI’s - Entrega de Vestimentas e EPI’s (liberação para uso na unidade - Segurança); 24. ART - Análise de Risco da Tarefa (Estimar a magnitude dos riscos, e decidir se o risco é ou não tolerável); 25. OPAI - Observação Planejada de Atos Inseguros; 26. RS - Reunião de Segurança; 27. TS - Treinamentos de Segurança; 28. CA - Controle de Acidentes; 29. AP - Alerta Preventivo (Controle das Condições Inseguras); 30. P - Perfil Profissiográfico Previdenciário; 31. PPRA - Programa de Prevenção de Riscos Ambientais; 32. PCMSO - Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional; 3. CREA - Segurança do Trabalho; 34. Estatísticas de Acidentes Elétricos; 35. Fatores Ambientais de Locais de Trabalho; 36. Ficha - Controle Equipamentos de Proteção Individual; 37. Ficha - Controle Equipamentos de Proteção Coletiva; 38. Ficha - Controle Ferramentas especiais para o uso em Eletricidade; 39. Ficha Controle Serviços em Espaços Confinados; 40. Ficha Treinamento - DDS - Lista de Participação de Funcionários e Terceiros; 41. Instruções Básicas de Segurança do Trabalho em Eletricidade; 42. Integração de Funcionários e Terceiros para serviços em e com eletricidade; 43. Mapa Riscos - Rotas Fuga - Pontos de Encontro; 4. Mapa Riscos Ambiental Industrial e de Áreas de Lazer; 45. Materiais Radioativos - SPDA; 46. Modelos de APR - Analises Preliminares de Riscos; 47. Livro e Treinamentos de Conhecimento sobre a Norma Regulamentadora NR-10 do MTE; 48. PGR - Programa Gerenciamento Riscos; 49. Planos de Ação para Proteção contra Incêndio e Explosão; 50. Plano de Emergência Contra Arcos e Choques Elétricos;

Auditores Internos NR-10 Pág. 17/29

Luís Eduardo de Oliveira - Independent Professional Training & Coaching - E-mail: luedu50@gmail.com - Cels. 19 98122-6378 / 19 99881-5817

51. Plantas civis contendo todas as edificações e características de instalações com indicações sobre Centros Custos para o controle de investimentos e instruções de compras e serviços; 52. Relatório sobre Comunicações Interna de Incidentes; 53. SESMT - Quadro de Profissionais; 54. Simulação de Emergência - Áreas Industriais; 5. Sinalização e Pintura - Comunicação Visual aplicável a todas as instalações da Planta Industrial; 56. Sistema Combate a Incêndio; 57. Treinamentos de Equipes sobre as Normas Regulamentadoras do Ministério do Trabalho e Emprego, e 58. FTAS - Ficha de Treinamento com Adicional de Segurança, com certificações da norma, NR-10; (de acordo com a NR- 18.28, e, treinamentos periódicos com temas de segurança em atividades elétricas abordadas nessa NR-18 - Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção / NR-18.18.28 - Treinamento).

e - Medicina do Trabalho

1. Guia de Remessa de Documentos - (item obrigatório em todas as áreas para as tramitações documentais); 2. Equipamentos - Instalações Médicas - Riscos Elétricos; 3. Exames Médicos - Liberações Formais - ASO - Funcionários que interagem em eletricidade; 4. Informações Disponibilizadas - Orientações Médicas para a Segurança dos Funcionários; 5. LTCAT - Laudo Técnico de Condições Ambientais do Trabalho; 6. Materiais Primeiros Socorros - Ambulatório Médico - Riscos Elétricos; 7. PCMSO - Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional; 8. Plano de Ação de Emergência - Resgate Acidentados em Eletricidade; 9. Plano de Ação de Emergência Medica - Diversas Ações Industriais que se aplicam ao segmento elétrico; 10. Primeiros Socorros sobre Riscos Elétricos; 1. Procedimentos Médicos sobre Riscos Elétricos, e 12. Relatório de Investigação de Acidentes Elétricos.

Observem nesta planilha sobre os treinamentos de segurança e exames médicos obrigatórios para que funcionários e terceiros possam trabalhar na empresa em seu segmento elétrico para os atendimentos de manutenções e instalações elétricas.

C - Conforme / NC - Não Conforme CONDIÇÕES DE LIBERAÇÕES E TREINAMENTOS

O empregado é qualificado, legalmente habilitado ou capacitado e autorizado pela empresa para executar atividades envolvendo energia elétrica? Os documentos comprovatórios dos treinamentos técnicos recebidos referentes aos equipamentos e sistemas onde estiver autorizado a intervir estão disponíveis no Departamento de RH - Recursos Humanos?

O empregado está devidamente identificado conforme sistema adotado pela empresa para suas atividades em sistemas e instalações elétricas?

3 NC

O empregado foi submetido a exames de saúde compatíveis com as atividades desenvolvidas?

(Eletroencefalograma, Eletrocardiograma, Hemograma completo, Glicemia de jejum, Espirometria, Acuidade Visual e Audiometria para trabalhos de ruído acima de 80 dB).

O empregado possui treinamento Básico (40hs) exigido na Norma NR10 e o comprovante?

O empregado possui treinamento em introdução ao SEP (40hs) - NR10 e o comprovante? Tal treinamento abordou especificamente os recursos e riscos existentes nas instalações onde trabalha?

O empregado possui treinamento e comprovante de Reciclagem se vencidos o Básico ou SEP em NR10?

O empregado possui treinamentos específicos determinados na NR10 sobre Primeiros Socorros, Manuseio e

Operações de Equipamentos de Prevenção e Combate a Incêndios?

O empregado possui treinamentos específicos e comprovantes que se aplicam a atividades em Áreas Classificadas

(EX), Serviços em Altura, Ergonomia e Espaços Confinados? (O treinamento “EX” é um treinamento técnico, que deve ilustrar as práticas corretas para que a segurança das instalações seja preservada. Os treinamentos técnicos nos equipamentos e instalações onde vão trabalhar são exigidos para que o profissional selecionado não deixe o equipamento ou mesmo a instalação em situação insegura após a sua intervenção).

O empregado tem a sua disposição Ferramental, Equipamentos de Proteção Individual e Equipamentos de

Proteção Coletiva para atividades em eletricidade conforme relacionados nos procedimentos aprovados para cada tarefa?

Auditores Internos NR-10 Pág. 18/29

Luís Eduardo de Oliveira - Independent Professional Training & Coaching - E-mail: luedu50@gmail.com - Cels. 19 98122-6378 / 19 99881-5817

Nota: Os não atendimentos de treinamentos, exames médicos e laboratoriais abrangentes fazem com que executem trabalhos com atuações desconformes, assim em caso de acidentes ou quase acidentes sempre serão questionados, com possibilidades claras de punições.

f - Meio Ambiente

1. Guia de Remessa de Documentos - (item obrigatório em todas as áreas para as tramitações documentais); 2. Arquivo contendo diversos Artigos / Normas / Procedimentos / Riscos; 3. Inventario Resíduos Sólidos Industriais; 4. Liberações sobre o uso de Produtos Químicos e Áreas Convencionais e Classificadas - EX; 5. PGRSI - Programa de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Industriais, e 6. PGRSS - Plano de Gerenciamento de Resíduo no Serviço da Saúde - Ambulatório Médico.

g - Qualidade

1. Guia de Remessa de Documentos - (item obrigatório em todas as áreas para as tramitações documentais); 2. Controle de Documentos Industriais - CEDOC - Central de Documentação; 3. Manual de Segurança em Laboratório com informações sobre Riscos Elétricos; 4. Controle Produtos Químicos em análises e processos de produção tratando-os sobre Riscos Elétricos; 5. Política Higiene e Segurança; 6. Procedimentos - Laboratórios de pesquisas e análises - Instalações Industriais, e 7. Produtos Químicos, o seu uso comum e emprego nos Processos Industriais.

h - Área de Compras Estratégicas para aquisições de equipamentos e materiais elétricos. (Suprimentos)

1. Guia de Remessa de Documentos - (item obrigatório em todas as áreas para as tramitações documentais); 2. Procedimentos e Normas para Compras de Materiais e Equipamentos Elétricos, e 3. Manual de equipamentos e acessórios adotados pela empresa para suas instalações elétricas e eletromecânicas.

i - Almoxarifado - Equipamentos e Materiais Elétricos

1. Guia de Remessa de Documentos - (item obrigatório em todas as áreas para as tramitações documentais); 2. Manual de Procedimentos do Almoxarifado quanto estoque e distribuições de materiais elétricos, e 3. Planilhas com as relações do Almoxarifado de equipamentos e acessórios elétricos certificados.

j - Financeiro e Controladoria para o atendimento das questões relacionadas à NR-10.

1. Guia de Remessa de Documentos - (item obrigatório em todas as áreas para as tramitações documentais); 2. Ativos Mobilizados - Máquinas e Equipamentos Elétricos; 3. Centro Custo - Ordens de Serviços - Elétrica / Planta Civil Geral com indicações de Centros de Custos - Controle; 4. Investimentos / Planejamentos aplicáveis à Obras / Auditorias / Vistorias Elétricas, e 5. Procedimentos para liberações de verbas e pagamentos para Atividades Elétricas Industriais.

Auditores Internos NR-10 Pág. 19/29

Luís Eduardo de Oliveira - Independent Professional Training & Coaching - E-mail: luedu50@gmail.com - Cels. 19 98122-6378 / 19 99881-5817 k - TI - Tecnologia da Informação e o arquivamento dos itens que se aplicam a NR-10.

1. Guia de Remessa de Documentos - (item obrigatório em todas as áreas para as tramitações documentais); 2. Controle Informático de todas as Pastas que se aplicam ao Prontuário das Instalações Elétricas - NR-10; 3. Ordens Serviços - OS - emissões, controle e arquivamento, e 4. Procedimentos gerais de acesso às Pastas e Dados do Prontuário NR-10 e sobre instruções de aquisições, fornecimentos e controles gerais.

Você faz parte desta Equipe? I - Nesta segunda etapa as licitações para execuções de manutenções e instalações elétricas devem estar concluídas.

Todas as documentações técnicas e administrativas, modelos de contratos e formas de contratações que dizem respeito ao segmento elétrico da empresa devem concluir nesta segunda etapa. Na terceira etapa lerão sobre os termos que podem adotar para que apliquem nas realizações funcionais de trabalhos de adequações de todas as instalações elétricas da empresa.

Agora de posse de desenhos executivos, memoriais descritivos, procedimentos de trabalhos e de segurança, conhecendo os investimentos formalizados e, os planos e metas definidos abrirão concorrências para execuções por terceiros especializados. Estes executarão em terceira etapa todos os trabalhos previstos para adequações e regularizações de suas instalações, obedecerão a instruções e procedimentos definidos pela empresa para o atendimento aos padrões das Normas nacionais vigentes da ABNT e a própria NR-10 do Ministério do Trabalho e Emprego recomendados pela empresa.

Para que possam ter em ordem na terceira etapa as informações que adotarão nos termos de licitações para suas concorrências é importante que sigam uma ordem em suas descrições destes documentos para uso da área de Suprimentos nas solicitações e contratações de empresas para os fornecimentos especializados nas adequações das instalações elétricas.

1. Título (Especificações técnicas para a contratação de empresa para os fornecimentos de mão-de-obra ordinária e especializada, equipamentos, materiais e ferramentas com vistas a execuções dos trabalhos de manutenção e instalações elétricas).

2. Documentação (Complementam os requisitos técnicos desta licitação, a carta do pedido de orçamento expresso pelo

Departamento de Compras da empresa; as Especificações Técnicas dos Serviços, Equipamentos e Materiais que deverão ser fornecidos pela Contratada para as diversas obras solicitadas, descritas nos itens deste documento, além dos desenhos de implantações, onde se encontram indicados às edificações e os pontos onde deverão ser executados tais trabalhos com os respectivos detalhes típicos destas implantações).

Auditores Internos NR-10 Pág. 20/29

Luís Eduardo de Oliveira - Independent Professional Training & Coaching - E-mail: luedu50@gmail.com - Cels. 19 98122-6378 / 19 99881-5817

3. Locais das obras (Unidade industrial, endereço e etc.).

4. Descrições dos serviços (Os serviços a serem executados foram baseados nas Normas Técnicas da ABNT, compreendendo nos seguintes trabalhos e aplicações).

5. Especificações técnicas e quantitativas dos materiais e equipamentos necessários para execuções dos serviços. (As especificações dos equipamentos e materiais relacionados estabelecem as características mínimas exigíveis para a aplicação na execução das obras de implantações dos conjuntos de proteções contra os efeitos de surtos elétricos transitórios e dos sistemas de para raios e aterramentos nas instalações da empresa. Assim seguem outras informações para fornecimentos e aceitações pela empresa).

6. Generalidades (As empresas contatadas deverão comparecer no dia e horário estabelecidos ao local dos trabalhos, para se certificarem junto ao Setor de Manutenção da empresa, sobre as condições para estes fornecimentos. Conhecimento pela proponente do local e de suas instalações onde deverão ser realizadas as obras entre outros itens convenientes).

7. Segurança (A contratada terá que obedecer a regras e normas internas de segurança previamente estabelecidas pelos

Setores de Segurança do Trabalho, Produção e Manutenção Elétrica da empresa entre outras ações propostas pela empresa para realizações em sua unidade industrial).

8. Pessoal (A permanência do pessoal de montagem será definida pela empresa para a elaboração da proposta).

9. Preços e documentações (Devem considerar para preços de fornecimentos: tributos; encargos sociais, trabalhistas e previdenciários; alimentação; transporte; estadas; despesas administrativas; Anotação de Responsabilidade Técnica sobre os serviços de manutenções, remanejamentos e instalações; fornecimento de mão-de-obra ordinária e especializada; lucro e outras condições decorrentes dos fornecimentos relativos a execuções dos serviços solicitados nesta licitação e outros itens importantes que constarão da licitação emitida pela empresa).

10. Forma e condições para efetuarem pagamentos (Os pagamentos destes trabalhos serão efetuados por meio de medições, mediante acompanhamento e liberações do Setor de Supervisão de Manutenção e Obras da empresa e outros itens combinatórios expressos pelo setor financeiro da empresa).

1. Julgamento das propostas (No julgamento das propostas levar-se-ão em conta, não necessariamente na ordem, os seguintes fatores: O melhor preço global, entendendo-se que este aquele cujas operações aritméticas estejam corretas, seno certo que na discordância entre os preços unitários e totais resultantes de cada item do memorial quantitativo ou da proposta, prevalecem os primeiros, entre outros itens previstos em contrato).

(Parte 5 de 8)

Comentários