Análise de Carbonatos

Análise de Carbonatos

Análise de Carbonatos

1Objetivo: Esta instrução de trabalho descreve o método de ensaio para se determinar o teor de carbonatos em uma amostra de argila.

2CampodeAplicação:

3DocumentosdeReferências: Não aplicável.

4Definições: Não aplicável.

5Responsabilidades: O cumprimento desta instrução de trabalho é responsabilidade do colaborador do setor de laboratório e supervisores.

6Descrição: Este procedimento deve ser realizado mediante necessidade, em caso de testes em um novo tipo de argila a ser caracterizado.

  1. Coletar amostra de argila depois dos granuladores da moagem;

  2. Com o auxílio da balança de infravermelho, analisar a umidade da amostra.

  3. Pesar 3 amostras de 1,0 grama do material em pratos de alumínios descontando a umidade;

  4. Colocar uma das amostras no copo (I);

  5. Completar o calcímetro com água, deixando a serpentina que fica dentro do copo graduado submersa;

  6. Colocar o termômetro no copo graduado;

  7. Colocar 5 ml de ácido clorídrico (HCl) na proporção 1:1 (50% HCl e 50% H2O) na proveta para reagentes;

  8. Conferir se a graduação da água está no “0” da bureta graduada;

  9. Pegar o proveta contendo HCl com uma pinça limpa e colocar dentro do copo que contém o resíduo de argila tomando cuidado para não derramar o ácido;

  10. Vedar completamente o copo de amostras com a “rolha” do calcímetro;

  11. Fechar o ar da bureta;

  12. Agitar o copo para misturar o ácido clorídrico com o resíduo, a fim de reagir quimicamente durante 3 minutos.

  13. Anotar o valor da leitura da bureta.

  14. Tirar o termômetro do recipiente da serpentina e anotar o valor da temperatura.

  15. Repetir o procedimento para as outras amostras e efetuar a média dos valores encontrados.

  16. Com o material restante, pesar 100 gramas descontando a umidade e efetuar a lavagem em #200 para iniciar a separação do resíduo.

  17. Transferir o material retido na peneira para um prato de alumínio e levar para a estufa, após secagem anotar o valor obtido.

OBS: O que faz a água dentro da bureta se locomover é o gás liberado proveniente da reação química entre o ácido clorídrico e os carbonatos liberando CO2.

Descrição – Calcimetro Dietrich

A

Torneira

F

Reservatório de água

B

Bureta graduada

G

Suporte metálico

C

Copo graduado de vidro

H

Tubo de borracha

D

Serpentina de resfriamento

I

Copo para amostra

E

Base

J

Proveta para reagente

7 – Resultados

De posse dos dados, calcular a porcentagem de carbonatos presente na argila pela seguinte fórmula:

% Carbonatos =

122 . V

T . M

Onde:

V = Volume encontrado na bureta graduada (cm³).

T = Temperatura da água (K).

M= Massa da amostra (g).

122= Constante

Obs.: Para converter ºC em Kelvin é necessário somar 273,15. Exemplo: 23 ºC = 296,15 K (23 + 273,15).

7 – Registros:

8 – Anexos: Não aplicável.

9 – Histórico de Revisões:

Comentários