Teorias motivacionais

Teorias motivacionais

TEORIAs MOTIVACIONAis

A teoria que estuda fatores sobre as pessoas e seu comportamento

Integrantes do grupo

  • Danielle Theresa 201148630

  • Elisangela Mendes 201358442

  • Graziele Maciel 201358669

  • Tarlley de Araújo 201357802

  • Thaís Magalhães 201357663

  • Yan de Oliveira 201253397

Introdução

  • As teorias motivacionais surgiram com o intuito de enfatizar a maneira sistêmica ou seja os seus próprios aspectos ou os seus mesmos comportamentos dentro da organização.

  • O principal objetivo deste processo esta em busca de algo com o comportamento das pessoas com energia necessária para cada ação praticada .

Como era conhecida a motivação para certos autores

  • De um modo geral a motivação vinha á ser conhecida como força interna que um individuo tinha como seu comportamento um modo de pensamento continuo por motivos favoráveis a própria organização.

  • Esta teoria ainda se inspirava em idéias antigas como a natureza do homem o reconhecimento social e a realização pessoal desta mesma espera-se que venha a mudar o comportamento do individuo em seu ambiente de trabalho.

São fases da motivação

  • Ao se tratar deste assunto são colocadas em evidencias os comportamentos no trabalho ao se pensar em teoria motivacional devemos mostrar a em que o conhecimento e absorvido pela sociedade em acreditar nas recompensas que ele pode trazer.

  • No que se refere a reação do ambiente já podemos dizer essa reação e ótima em que ao caso tudo melhora o salário os empregados em razão de atingir a sua realização no trabalho de vida melhor em razão de aprimorar cada vez mais o ambiente de trabalho.

As diferentes fases da motivação

O que é motivação

Motivação?

  • A palavra motivação representa uma causa que movimenta a natureza humana na busca de algo.

  • De acordo com ZANELLI, “a motivação pode ser definida como uma ação dirigida aos objetivos, sendo auto-regulada, biológica ou cognitivamente, persistente no tempo e ativada por um conjunto de necessidades, emoções, valores, metas e expectativas”.

Archer propõe que “a motivação [...] nasce somente das necessidades humanas e não daquelas coisas que satisfazem essas necessidades”.

Alguns tipos de teorias motivacionais

  Tipos de teorias motivacionais

  • 1 Teoria das Necessidades

  • Esta teoria defende que é preciso que as necessidades dos níveis de desenvolvimento inferiores sejam em parte ou totalmente satisfeitas, para que as necessidades superiores se tornem motivadoras da conduta humana. Conforme os indivíduos vão subindo na hierarquia gerencial, as pessoas são motivadas por necessidades cada vez mais elevadas, por exemplo, gerentes de diferentes níveis devem ser tratados de forma diferente, sendo assim, pode se esperar que os funcionários irão sempre querer mais. 

 

  • 2 Teoria da Realização ou Teoria das Necessidades Adquiridas

  • Ela ressalta que as necessidades podem ser aprendidas ou socialmente adquiridas durante a vida, iniciando-se assim que o indivíduo começa a interagir com o ambiente e se resumem em três necessidades básicas:   

  • Necessidade de Poder: é o desejo de controlar os outros e de influenciá-los. Pessoas assim têm grande poder de argumentação e esse poder pode ser tanto positivo quanto negativo e procuram assumir cargos de liderança; 

  • Necessidade de Afiliação: reflete o desejo de interação social, de contatos interpessoais, de amizades e de poucos conflitos. Pessoas com essas necessidades colocam seus relacionamentos acima das tarefas;

 

  • 3 Teoria do Estabelecimento de Metas

  • Outra teoria defendida pelos estudiosos é a Teoria do Estabelecimento de Metas nela é sustentada a premissa de que as metas variam em conteúdo e intensidade. No caso do conteúdo, este pode ser classificado como fáceis ou difíceis, específicas ou gerais.

Um exemplo de motivação

Conclusão

  • Motivação é um processo que, para cada indivíduo, acontece de dentro para fora, é o que o motiva a trabalhar, estudar, comprar, entre outros. Ela desperta vontade e interesse para uma tarefa ou ação conjunta. É uma forma de mudar a atitude de um indivíduo através de um estímulo. É o elemento que faz com que a pessoa persista na ação sempre com a mesma vontade e que faz com que ela não pare de tentar. Pode-se caracterizá-la como uma força impulsionadora em direção a um objetivo.

  • Motivação vem de motivos que estão ligados simplesmente ao que você quer da vida, e seus motivos são pessoais, intransferíveis e estão dentro da sua cabeça (e do coração também), logo seus motivos são abstratos e só têm significado pra você, por isso motivação é algo tão pessoal, porque vêm de dentro. O grande problema é definir os motivos verdadeiros, o que você quer, para assim dar realmente significado a sua luta diária, e não mais somente viver das migalhas dos motivos dos outros. Pare agora. Pense! Medite! Ore! Repita tudo de novo até descobrir a essência de seu(s) motivo(s), aquele que você abdicaria a tudo para atingir, daria sua vida toda por ele.

Agradecimentos

  • Agradecemos a todos pela presença e atenção que aqui nos foi dada. Queremos dizer também que sem o esforço de todos nada sai bem feito. Esperamos que tenhamos conseguido repassar todas as informações sobre o tema, de forma eficaz e com um ótimo entendimento.

  • Obrigado a todos!!!! Boa noite.

Comentários