Têxtil-Conceitos Básicos da Produção Têxtil Tecidos

Têxtil-Conceitos Básicos da Produção Têxtil Tecidos

Conceitos Básicos da Produção Têxtil Tecidos

Laçada (bordados, rendas, redes)

Não-tecidos, feltros

Tecido Plano

O entrelaçamento das duas camadas de fio processa-se no sentido perpendicular. A camada longitudinal é

denominada urdume e a transversal trama.

Os fios permanecem paralelos sem cruzarse.

Tear Manual (I) 5-6.0 A.C.

Processo manual e intermitente

1. Barra do tear 2. Vareta de separação 3. Vareta de liço 4. Batente 5. Carretel 6. Tecido

Uso de tear manual na Guatemala Uso de tear manual na Guatemala

Tear

Manual “Jacquard”

Processo manual e intermitente

Tecidos Comuns Simples Jacquard

Tear com Lançadeira Voadora

1733 - John Kay

1. Urdume

2. Trama

3. Lançadeira voadora

4. Cala 5. Batente

Histórico do Tear Mecânico/Jacquard 1784 - Edmund Cartwright / 1806 - Joseph Marie Jacquard

Tear Sulzer Tear Sulzer

Tear Jato de ar Tear Picanol

Uma série de operações, que coloca os fios em condições de sofrerem o processo de tecimento:

Enrolamento dos fios; Urdição

Engomagem

Remeteção

Amarração

Preparação à Tecelagem

Aumentar a capacidade das embalagens

Espulas cones, bobinas, queijos

Eliminar os pontos fracos dos fios

Alimentação dos teares:

rolo de urdume

espula de trama (para lançadeiras)

Cone de trama (para teares sem lançadeira)

Enrolamento dos fios

Cheese = queijo Pirn= espula; Enrolamento dos fios

Finalidade: produzir rolos de urdideira, contendo grande metragem (5-20.0 m) para a alimentação da engomadeira (urdideira contínua), ou direitamente do tear (urdideira seccional).

Urdição

Engomagem Engomagem

Passar os fios de urdimento

pelas lamelas do guardaurdume;

pelo olhal dos liços, segundo uma ordem prédeterminada, para, em combinação com o mecanismo formador de cala, produzir o entrelaçamento desejado;

pela puas do pente, de acordo com a densidade desejada.

Remeteção

Remeteção Remeteção

Remeteção Remeteção

Utiliza-se a amarração quando um tecido está sendo produzido em massa. A ponta final do fio de urdimento proveniente de um rolo de urdume exaurido é amarrada à ponta inicial do novo urdimento.

Dois tipos de máquinas são usadas para isto:

Máquinas fixas: a amarração ocorre numa sala separada, longe do tear;

Máquinas portáteis: usadas perto do tear.

Amarração

Trama e Urdimento Trama e Urdimento

Controle no sentido do urdimento

(desenrolamento) Formação da cala

Inserção da trama

As Principais Funções do Tear

Controle no sentido do urdimento Formação da cala

Inserção da trama

As Principais Funções do Tear

O fluxo do material ao longo do tear O fluxo do material ao longo do tear

Funcionamento das lamelas do guarda-urdume Funcionamento das lamelas do guarda-urdume

Controle no sentido do urdimento Formação da cala

Inserção da trama

As Principais Funções do Tear

Formação da Cala Formação da Cala

Cala: Uma divisão da camada de urdume de modo que a trama possa ser inserida para proporcionar o entrelaçamento desejado.

Sistemas de formação de cala:

•Cames (Camos)

•Maquinetas para quadros

•Maquinetas Jacquard

A came deve ser projetada de maneira tal que seu perfil movimente de forma adequada o quadro a que está associada.

Movimento básico da maquineta. As interrupções na perfuração fazem com que os ganchos (ligados aos quadros de liços) sejam levantados ou abaixados.

Cartão perfurada com agulhas de uma maquineta Cartão perfurada com agulhas de uma maquineta

No tear jacquard cada fio de urdume é comandado, individualmente, por uma maquineta localizada na parte superior do tear, a qual recebe as informações relacionadas com o desenho por meio de cartões perfurados, ou de comando eletrônico.

Liços, pente e arremate do tecido em um tear jacquard Liços, pente e arremate do tecido em um tear jacquard

Controle no sentido do urdimento Formação da cala

Inserção da trama

As Principais Funções do Tear

Inserção da Trama Inserção da Trama

A lançadeira passando pela cala do urdimento e deixando o fio de trama para trás

Inserção da Trama: a espula com fio (vermelho) de trama montada dentro da lançadeira.

Inserção da trama Inserção da trama

Sistemas de inserção de trama (esquema)

P = posição da embalagem do fio (espula, cone) X = ponto de união do fio

Sistemas de inserção de trama (esquema) P = posição da embalagem do fio (espula, cone)

Versão simplificada do sistema de transferência de trama (jato de ar ou jato d’água)

Evolução de produtividade - fiação e tecelagem Evolução de produtividade - fiação e tecelagem

Controle no sentido do urdimento

(desenrolamento ou enrolamento) Formação da cala

Inserção da trama

As Principais Funções do Tear

Batida Batida

Batida: o pente está preso à Mesa Batente e tem movimento de vaivém. Quando ele vem à frente, encosta a última trama inserida no remate e quando recua propicia a inserção da trama seguinte.

Batida Batida

Tafetá Tafetá

Sarja Sarja

Cetim Cetim

Comentários