evidencias de evolução PPT

evidencias de evolução PPT

1º Grupo

Cristóvão, Edson e Gomes

Tema: Evidência da Evolução

Biologia Evolutiva

Estrutura do trabalho

Objectivos; Conceito de evidências de evolução;

Evidencias biogeográficas;

Evidências etológicas;

Evidencias citológicas;

Evidencias bioquímicas e genéticas.

Objectivos

Geral

Estudar as evidências evolutivas a nível biogeográfico, etológico, citológico, bioquímicos e genéticos.

Específicos

Indicar as evidências evolutivas baseadas em biogeografia, etológia, citológia, bioquímica e genética.

Estabelecer relações evolutivas para cada tipo de evidência estudado;

Evidências da evolução

É um conjunto de materiais, informação e processos naturais pelos quais toda a variedade e semelhanças das espécies de vida se evidenciem, (LOPES e HO, sd:5).

Evidências biogeográficas Biogeográfia

É uma ciência que se preocupa com a distribuição dos seres vivos, tanto actual quanto no passado.

As espécies tendem a ser tanto mais semelhantes quanto maior é a sua proximidade física e, por outro lado, quanto mais isoladas, maiores são as diferenças entre si, mesmo que as condições ambientais sejam semelhantes (PANTOJA, 2008:20).

Tipos de biogeografia

Biogeografia fenética – área de distribuição individual.

Biogeografia de dispersão – composição, afinidades de regiões e localidades. Centros de origens e história da dispersão de táxons (Biogeografia Filogenética).

Biogeografia Vicariante e Panbiogeografia – área de distribuição congruente de táxons de filogenia distinta.

Evidências biogeográficas Espécies que vivem próximas e no mesmo ambiente apresentam características muito semelhantes ex.

Marsupiais na Oceânia.

Organismos que vivem em locais distantes apresentam características diferentes e podem até constituir espécies diferentes,(MORRONE, SPINOSA, et all, 1996: 56).

O isolamento geográfico deve ter sido responsável pelo facto de alguns mamíferos da Oceânia, ao contrário dos mamíferos dos outros continentes, serem marsupiais.

Evidências biogeográficas

A distribuição geográfica de uma espécie depende das suas exigências ecológicas actuais, mas também de factores históricos que condicionaram a sua evolução.

Por que as espécies são encontradas em suas atuais distribuições?

Se uma espécie ocupa uma determinada área, ela evoluiu nesse local ou evoluiu em outro e dispersou para essa área.

Se uma espécie não é encontrada em uma determinada área, ou ela evoluiu em outro local e nunca dispersou para essa área, ou já esteve presente nela mas já não vive mais lá.

Evidencias Etológicos

Etologia compreende o estudo científico do comportamento animal

do grego: êthos (conduta, costumes, comportamento) lógos (estudo, tratado).

Ênfase nos estudos naturalísticos:

no ambiente onde estão presentes as pressões selectivas em relação às quais essa característica é adaptativa

Etologia

Laboratório

Neuro anatomia

Ecologia e evolução

T. Campo

Interdisciplinaridade

Factores ambientais

Factores geneticos

Comportamento

Comportamento adaptativo

uma adaptação é uma característica física ou comportamental que um organismo apresenta pelo facto de ser portador de uma carga genética (LANTZMAN, sd: 8).

comportamento adaptativo afecta o sucesso reprodutivo

Comportamento Como Fenótipo

Os comportamentos exibem variações genéticas e não genéticas.

Os comportamentos são sujeitos a evolução por selecção natural. (COUTINHO, sd:3)

Instinto

Variação nos Traços Comportamentais Dentro da Espécie

Aprendizagem: Aprendizagem:

Diferenças Entre Espécies Diferenças Entre Espécies

Qual é Papel do Comportamento na Evolução?

O comportamento é afectada pela tendência à dispersão, que afecta o fluxo génico entre populações.

O habitat, alimentos e outros recursos, que podem afectar a taxa de divergência genética e fenotípica e conferir isolamento ecológico

2.3. Argumentos citológicos todos os organismos são constituídos pelas mesmas unidades básicas: as células.

A uniformidade dos processos e mecanismos celulares pressupõe também uma unidade evolutiva

Estas formam-se sempre a partir de outras preexistentes, por divisão celular. mitose e meiose.

Dos Procariontes aos Eucariontes

Numa perspectiva evolutiva, a vida terá evoluído a partir de organismos mais simples, os procariontes, dos quais terão surgido os eucariontes

Hipótese autogénica Hipótese autogénica

Cartaz Hipótese endossimbiótica

•Mitocôndrias e cloroplastos assemelham-se a bactérias, na forma, tamanho e estruturas membranares;

Cloroplastos e mitocôndrias produzem as suas próprias membranas internas, dividem-se independentemente da célula e contêm DNA em moléculas circulares, não associado a proteínas

Porque há diversidade de indivíduos tendo todos a mesma unidade básica estrutural?

Isolamento geográfico; Necessidades alimentares;

Aspectos ambientais.

Argumentos Bioquímicos

Durante muitos anos, a Paleontologia, a Anatomia Comparada e a

Embriologia foram as principais fontes de dados que permitiram estabelecer relações de parentesco entre os seres vivos, constituindo, assim, argumentos a favor do evolucionismo.

Nos últimos anos, os estudos de natureza bioquímica vieram dar um impulso notável à argumentação evolucionista.

Pois essas provas apoiam a evolução na medida em que reforçam a ideia de origem comum dos diferentes grupos de seres vivos

Argumentos Bioquímicos

Considera-se como argumento bioquímico o fato de os seres vivos serem constituídos principalmente pelas biomoléculas como:

O que consideramos Argumentos Bioquímicos?

Lípidos, prótidos, glícidos e ácidos nucleicos;

A existência de ADN e ARN e sua intervenção na síntese de proteínas onde intervém o código genético.

A universalidade do código genético, o qual é constituído, para quase todos os seres; por cinco bases, cujas combinações podem dar origem a diferentes proteínas;

O facto de existirem 20 aminoácidos nos seres vivos

ATP como fonte de energia

As proteínas são as moléculas mais numerosas no corpo dos seres vivos, condicionando, com a sua sequência de aminoácidos específica, as características fenotípicas desses mesmos seres.

Deste modo, é de prever que quanto maior for a semelhança entre as proteínas de indivíduos de diferentes espécies, maior é também o seu grau de parentesco.

Análise Das Proteínas;

Dois dos casos mais estudados são Da insulina e do citocromo c

A molécula de insulina dos mamíferos considerados (homem, boi, porco etc.) é formada normalmente por 51 aminoácidos em que a cadeia desta molécula difere, no máximo 3 aminoácidos de uma animal para outro.

Citocromo C, uma proteína respiratória que se encontra em todos os seres aeróbios. No decurso da evolução, mutações alteraram aminoácidos em determinadas posições mas todas as espécies têm uma estrutura e função semelhantes.

Argumentos Genéticos

Os argumentos genéticos cingem os seus estudos nas alterações hereditárias ocorridas ao longo das gerações.

Geralmente os estudos com ADN pretendem avaliar o grau de divergência entre espécies com ancestrais comuns

Estes estudos utilizam a técnica da hibridação do ADN. Desnaturam-se

(desenroladas)duas cadeias de ADN de espécies diferentes e são recombinadas.

Hibridização do DNA Hibridização do DNA

Quanto mais rápida for a formação de moléculas híbridas e quanto maior for a quantidade de bases complementares, mais próximas serão as espécies do ponto de vista filogenético.

O grau de hibridação é proporcional ao grau de parentesco entre as espécies.

A mutação como força evolutiva

Os efeitos da mutação nas propriedades genéticas de uma população vão diferir fazendo com que hajam indivíduos diferentes na mesma espécie.

Bibliografia

LANTZMAN, Mauro. Evolução e etologia: Transparências apresentadas no curso de Psicobiologia. sd.

MORRONE, J. J., SPINOSA D. et all. Manual de biogeografia histórica. Universidade Nacional Autónoma do México, 1996.

DELLINGER, Frank Thomas Ussener. Programa, conteúdos e métodos de Ensino Teórico e Prático da Disciplina de ETOLOGIA. Universidade de Madeira, 2005.

LOPES, Sonia Gody Bueno C. HO, Fanly Fungyi C. Noções de evolução biológica. USP/UniverSP, sd.

PANTOJA, Sónia. Evolução e Biogeografia. Rio de Janeiro – RJ, 2008

Biologia Evolutiva

Obrigado

“O prazer no trabalho aperfeiçoa a obra”

Aristoteles .

Comentários