Intensivo Pré Vestibular - 09 quimica b

Intensivo Pré Vestibular - 09 quimica b

(Parte 1 de 4)

Inclusão para a Vida Quimica B

CURSINHO DA UFSC 1

AULA 01

Soluções

É qualquer mistura homogênea onde um componente é denominado soluto e o outro solvente, normalmente a água.

Tipos de Solução

De acordo com a quantidade de soluto, podemos classificar as soluções em:

Saturadas: Têm a concentração igual ao limite de saturação. Insaturadas: Têm a concentração menor que o limite de saturação. Supersaturadas: Têm a concentração maior que o limite de saturação.

Limite de Saturação: Quantidade máxima de soluto que pode ser dissolvida em uma certa quantidade de solvente.

Solubilidade é a máxima quantidade possível de um determinado soluto que pode ser dissolvida em uma certa quantidade padrão de solvente a uma dada temperatura.

Influência da Temperatura na Solubilidade: A maioria das substâncias tem sua solubilidade aumentada com a temperatura.

Curvas de Solubilidade

Podemos observar que algums sais tem sua solubilidade aumentada significativamente com o aumento da temperatura, já em outros a temperatura tem pouca influência.

Exercícios de Sala

01 O gráfico acima fornece as curvas de solubilidade de diversas substâncias em função da temperatura e de uma mesma quantidade de solvente. Com base neste gráfico, a(s) conclusão(ões) correta(s) é(são): 01. A 10ºC a substância mais solúvel é o sulfato de cério

02. A 10ºC a substância menos solúvel é a KNO3

04. A proximadamente a 20ºC, KNO3 e Ce2(SO4)3 têm a mesma solubilidade.

08A 20ºC, KNO3 é mais solúvel que o NaCl.

16. A ordem crescente de solubilidade destas substâncias é, a

40ºC, Ce2(SO4)3, NaCl, KNO3, H4Cl, NaNO3. 32. A 50ºC, todas as substâncias têm a mesma solubilidade.

AULA 02

Chama-se concentração de uma solução a toda e qualquer maneira de expressar a proporção existente entre as quantidades de soluto e de solvente, ou então, as quantidades de soluto e da solução. As definições mais comuns são as que mencionamos a seguir. Nelas, usaremos as seguintes convenção: – índice 1: qtdade relativa ao soluto;

– índice 2: qtdade relativa ao solvente;

– s/ índice: qtdade relativa à solução.

Concentração Comum:

É o quociente entre a massa do soluto (em gramas) e o volume da solução (em litros), ou seja, quantos gramas de soluto há em cada litro de solução.

Unidade:g/L

Densidade:

É o quociente entre a massa da solução (em gramas) e o volume da solução(em mL ou cm3) ou seja, quantos gramas de solução há em cada mL ou cm3 de solução.

Unidade:g/mL ou g/cm3

Título ou Porcentagem em Massa

É o quociente entre a massa do soluto e a massa da solução (em gramas), que pode ser expresso como número puro (0 < t < 1) ou em porcentagem (0

Molaridade ou Concentração Molar

É o quociente entre o número de mols do soluto e o volume da solução (em litros), ou seja, quantos mol de soluto há em cada litro de solução.

Unidade:mol/L .....M ou Molar

Normalidade ou Concentração Normal

É o quociente entre o número de equivalentes do soluto e o volume da solução (em litros), ou seja, quantos equivalentes de soluto há em cada litro de solução. Onde x é o número de cargas geradas na ionização ou dissociação de um mol do eletrólito.

Unidade:Normal ou N

Exercícios de Sala

01. Foi preparado uma solução com 18 g de glicose(C6H12O6) em 182 g de água encerrando um volume de 200 mL. Sobre a mesma é correto afirmar: 01. Apresenta densidade igual a 2,25 g/mL. 02. O título é de 9 % de soluto. 04. A concentração comum é de 90 g/L 08. A massa molar do soluto é de 180 g/mol 16. O número de mols de soluto é 0,2 mol. 32. A concentração molar é de 0,5 mol/L. SOMA:

T = m1 =m1 .
mm1 + m2

C = m1 . V d = m . V

M = n1 =m1 .
Vmol .V

N = M.x

Quimica B Inclusão para a Vida

PRÉ-VESTIBULAR DA UFSC 2

Tarefa Mínima

1. Qual o título de uma solução que contém 20g de soluto e 80g de solvente?

2. Que massa de H2SO4 deve ser dissolvida em 800ml de água para se obter uma solução de título igual a 0,6?

3. Que massa de água deve ser usada para se preparar 400g de solução de NaCl a 8%?

4. Calcule a concentração em g/l de uma solução de nitrato de potássio, sabendo que ela encerra 60g de sal em 300cm3 de solução.

5. Calcule a massa de ácido nítrico necessária para a preparação de 150ml de uma solução de concentração 50g/l

6. Em um balão volumétrico adicionaram-se 20g de KBr e água sulficiente para 250ml de solução. Calcule a concentração da solução em g/l.

a) 7,8 x 10–2 gd) 592 g
b) 75 ge) 59,2 g

7. UEMS Sabendo que a densidade de uma solução é 0,789 g/ml, qual é a massa aproximada, em gramas, contida em 75 ml desta solução? c) 0,789 g

a) 0,16 %b) 0,32 % c) 0,46 % d) 0,91 % e) 2,30 %

8. UFF-RJ Dissolveu-se 4,6 g de NaCl em 500 g de água “pura”, fervida e isenta de bactérias. A solução resultante foi usada como soro fisiológico na assepsia de lentes de contacto. Assinale a opção que indica o valor aproximado da percentagem, em peso, de NaCl existente nesta solução.

a) 0,03gd) 0,06g
b) 0,02ge) 150mg

9. FEI-SP No rótulo de uma garrafa de água mineral lê-se, entre outras coisas: Conteúdo: 1,5L Bicarbonato de cálcio: 20 ppm Sabendo que ppm = mg soluto/L solução aquosa, qual é a massa de bicarbonato de cálcio, no conteúdo da garrafa: c) 0,01g

10. Uma solução apresenta 3 mols de HCl dissolvidos em 17mols de água. Qual a fração molar do soluto?

1. Calcule a concentração molar de uma solução que apresenta 0,4 mol de KNO3 em 500ml de solução.

12. Dissolveram-se 9,8g de H2SO4 em água sulficiente para 400ml de uma solução. Calcule a concentração molar dessa.

13(Acafe-SC) O leite de vaca contém, em média, 4,5g de

lactose, C12H22O11, por 0,100L. A concentração molar é: a) 0,26M. c) 4,5M e) 0,45M b) 0,39M. d) 0,13M

14(Acafe-SC) Uréia, NH2CONH2, é um produto do

metabolismo de proteínas. Que massa de uréia é necessária para preparar 500mL de uma solução 0,20M? a) 5,1g c) 18,0g e) 6,0g b) 12,0g d) 24,0g

15. UFSC Determine a massa (em gramas) de hidróxido de sódio NaOH, existente em 500 ml de sua solução 0,2 molar.

Tarefa Complementar

16. UFMA O dióxido de enxofre é considerado um dos maiores poluentes industriais, e é adicionado freqüentemente em sucos de frutas naturais, com a finalidade de eliminar microorganismos e prevenir oxidações. Assumindo que uma garrafa comum contém

500 mL de suco com um teor de 2,0 x 10–3 mol/L de SO2, qual a massa de dióxido de enxofre no suco?

a) 64 mgc) 1,0 mg e) 4,0 mg
b) 1,0 gd) 4,0 g

Dados: O = 16 u; S = 32 u

17. UFRS Soluções de uréia, (NH2)2CO, podem ser utilizadas como fertilizantes. Uma solução foi obtida pela mistura de 210 g de uréia e 1.0 g de água. A densidade da solução final é 1,05 g/mL. A concentração da solução em percentual de massa de uréia e em mol/ L, respectivamente é:

a) 0,24b) 0,42 c) 2,4 d) 4,2 e) 6,0

18. Unifor-CE Uma bebida alcoólica contem 20,0% em massa de etanol e o resto é praticamente água. À temperatura de 20ºC sua densidade é de 0,970 g/mL. A concentração dessa solução em mol/L, é: Dado: Massa molar do etanol: 46 g/mol

19. FEI-SP O gás sulfídrico (H2S), produto da fermentação do esgoto chegou a atingir o elevado índice de 0,4 mg/L, no rio

Tietê. Tal índice expresso em molaridade, seria aproximadamente: Dados: H = 1 e S = 32 a) 1,17 · 10–5 c) 2,35 · 10–5 e) 1,7 · 10–4 b) 1,2 · 10–4 d) 3,4 · 10–4

a) 4,0 mLb) 8,0 mL c) 2,0 mL d) 1,0 mL e) 6,0 mL

20. U. Alfenas-MG O ácido acetilsalicílico é um analgésico que pode ser encontrado em comprimidos ou em solução. Um comprimido analgésico tem massa de 500 mg, sendo cerca de 90% constituído de ácido acetilsalicílico. Sendo assim, qual o volume de uma solução de ácido acetilsalicílico a 2,5 mol/L que apresenta a mesma massa de ácido que esta presente em dois comprimidos de analgésico?

Fórmula molecular do ácido acetilsalicílico: C8O2H7COOH Massas molares (g/mol): C = 12; H = 1; O = 16

AULA 03

Diluição e Mistura de Soluções

Inclusão para a Vida Quimica B

CURSINHO DA UFSC 3

Diluir uma solução significa diminuir a sua concentração através da adição de mais solvente, sem alterar a quantidade de soluto.

Molaridade: M1.V1 = M2.V2

Mistura de Soluções de mesmo Soluto Neste caso, tanto a quantidade de soluto quanto o volume da nova solução equivalem à soma das soluções iniciais.

Exercícios de Sala

01. (UFSC) Qual a massa de Na2SO4, em gramas, necessária para preparar 100mL de uma solução 3,50 molar? Qual o volume de água, em mL, necessário para diluir 10mL desta solução, transformando-a em 1,75 molar?

02. Qual a concentração final (em mol/L) da solução resultante da mistura de 200mL de uma solução 0,5M com 100mL de uma solução 2,0M ?

Tarefa Mínima

a) 1.0b) 500 c) 900 d) 400

21. UFRJ Diluição é uma operação muito empregada no nosso dia-a-dia, quando, por exemplo, preparamos um refresco a partir de um suco concentrado. Considere 100 mL de determinado suco em que a concentração de soluto seja 0,4 mol.L–1. O volume de água, em mL, que deverá ser acrescentado para que a concentração do soluto caia para 0,04 mol.L–1, será de:

2. UFR-RJ Misturou-se 15 mL de uma solução KClO3 0,25 M com 35 mL de água. A concentração final da solução em

a) 0,75 Mb) 0,075 M c) 0,25 M
d) 0,025 Me) 0,0075 M

molaridade é:

a) 1,5 L e 0,1 Lb) 2,1 L e 2,2 L c) 2,4 L e 2,3 L
d) 2,0 L e 2,4 Le) 2,5 L e 0,1 L

23. U. Caxias do Sul-RS Um processo de evaporação de uma solução aquosa AB 0,05 molar foi interrompido após três horas, quando restavam 100 mL de uma solução aquosa 1,2 molar. O volume da solução inicial e o volume de água evaporada é, respectivamente:

a) 1,5b) 0,5 c) 2,0 d) 1,0 e) 3,0
25Têm-se três soluções de H2SO4 designadas por A, B e C.

24. (Acafe-SC) Foram misturados 400 mililitros de solução 0,25 molar de ácido sulfúrico com 600 mililitros 1,5 molar do mesmo ácido. A molaridade da solução final é: Solução A: V = 300mL, N = 0,4N

a) 0,44Nb) 0,92N c) 0,23N d) 0,46N

Solução B: V = 200mL, N = 0,1N Solução C: V = 500mL, N = 0,6N A solução resultante da mistura das soluções A, B e C será:

26. (UFSC) O uso de flúor na água para consumo doméstico é uma das medidas que reúnem eficácia e baixo custo na prevenção da cárie dental. Quando na concentração 5,0 x 10-5mol . L-1 de íons fluoreto, qual o volume de solução, em litros, que se deve ingerir para consumir uma massa de 2,85 miligramas de íons fluoreto? (íon-grama do fluoreto = 19g)

27. Que volume de uma solução de hidróxido de sódio 1,5mol/L deve ser misturado a 300mL de uma solução 2mol/L da mesma base a fim de torná-la 1,8mol/L.

AULA 04

Titulação É a determinação da concentração de uma solução fazendo-a reagir com outra de concentração conhecida. Numa titulação ácido-base, utilizamos uma solução ácida para neutralizar uma solução básica. M = n

n = M.V

Classificação das Membranas V

MA.VA.x = MB.VB.y Onde x= número de hidrogênios ionizáveis e y= número de hidroxilas da base

São propriedades relacionadas ao número de partículas de soluto dissolvidas em uma solução.

Ao adicionarmos um determinado soluto não volátil a um líquido puro, verificamos diversas alterações neste líquido tais como:

1. Abaixamento da pressão de vapor (Tonoscopia) 2. Aumento da temperatura de ebulição (Ebulioscopia). 3.Abaixamento da temperatura de Congelamento (Crioscopia) 4. Pressão Osmótica (Osmometria)

• Membrana permeável: Permite a passagem do soluto e do solvente

• Membrana Impermeável: Não permite a passagem do soluto nem do solvente

• Membrana Semipermeavel: Permite a passagem apenas do solvente

OBS.: quanto maior o número de espécie adicionada, maior o efeito.

Exercícios de Sala

01) Foram titulados 20 mL de solução de H2SO4 com com 20 mL de solução 0,4 mol/L de NaOH. Qual a molaridade do ácido titulado?

02. UFSC) Assinale as proposições corretas. 01. A água do mar ferve a uma temperatura mais baixa que a água pura a uma mesma altitude em relação ao nível do mar. 02. A água do mar congela a uma temperatura mais baixa que a água pura ou a uma mesma altitude em relação ao nível do mar. 04. Uma solução aquosa de sacarose ferve a uma temperatura mais alta que a água pura a uma mesma altitude em relação ao nível do mar. 08. Uma solução aquosa de sacarose congela a uma temperatura mais alta que a água pura a uma mesma altitude em relação ao nível do mar. 16. Entre a água e o álcool, o álcool apresenta a maior pressão de vapor porque é mais volátil que a que a água. 32. A adição de um soluto não volátil provocará um aumento da pressão de vapor solvente

C = mm = C.V ... C1.V1 = C2.V2

Quimica B Inclusão para a Vida

PRÉ-VESTIBULAR DA UFSC 4

Tarefa Mínima

a) I é corretad) I e I são corretas.
b) I é corretae) I e I são corretas.

28. Unifor-CE Quando se comparam soluções aquosas de mesma concentração, em mol/L, de cloreto de sódio e cloreto de potássio pode-se afirmar que possuem idênticas propriedades I. coligativas; I. químicas; I. físicas, à mesma temperatura. Dessas afirmações somente: c) I é correta.

29. UFPE O gráfico abaixo representa a pressão de vapor (eixo das ordenadas), em atm, em função da temperatura (eixo das abcissas), em ºC, de três amostras, I, I e II. Se uma destas amostras for de água pura e as outras duas de água salgada, podemos afirmar que:

a) a amostra I é a amostra de água salgada; b) a amostra I é a mais volátil; c) a amostra I é mais concentrada que a amostra II; d) a amostra I é a menos volátil; e) na temperatura TII e 1 atm a amostra I ainda não entrou em ebulição.

30. A uma dada temperatura, possui a MENOR pressão de vapor a solução aquosa: a) 0,1 mol/L de sacarose. b) 0,2 mol/L de sacarose. c) 0,1 mol/L de ácido clorídrico. d) 0,2 mol/L de ácido clorídrico. e) 0,1 mol/L de hidróxido de sódio.

31. (Fei) Aquecendo água destilada, numa panela aberta e num local onde a pressão ambiente é 0,92atm, a temperatura de ebulição da água: a) será inferior a 100°C b) depende da rapidez do aquecimento c) será igual a 100°C d) é alcançada quando a pressão máxima de vapor saturante for 1atm. e) será superior a 100°C

32. (UFPE) Foi observado que o cozimento de meio quilo de batatas em 1 litro de água é mais rápido se adicionarmos 200 gramas de sal à água de cozimento. Considere as seguintes possíveis explicações para o fato: 1- a adição de sal provoca um aumento da temperatura de ebulição da água; 2- a adição de sal provoca um aumento da pressão de vapor da água; 3- o sal adicionado não altera a temperatura de ebulição da água, mas reage com o amido das batatas. Está(ão) correta(s) a(s) explicação(ões): a) 1 apenas b) 2 apenas c) 3 apenas d) 1 e 2 apenas e) 1, 2 e 3

3. Na panela de pressão, os alimentos cozinham em menos tempo, porque a pressão exercida sobre a água torna-se maior que a pressão atmosférica. Em conseqüência desse fato, podemos afirmar que o tempo de cozimento do alimento é menor porque a) a água passa a "ferver" abaixo de 100°C. b) a água passa a "ferver" acima de 100°C. c) a água passa a "ferver" a 100°C. d) não há mudança na temperatura de ebulição da água. e) sob pressão maior a temperatura de ebulição da água deve ser menor.

34. Considere o gráfico a seguir que representa as variações das pressões máximas de vapor da água pura (A.P.) e duas amostras líquidas A e B, em função da temperatura.

Pode-se concluir que, em temperaturas iguais, a) a amostra A constitui-se de um líquido menos volátil que a água pura. b) a amostra B pode ser constituída de uma solução aquosa de cloreto de sódio. c) a amostra B constitui-se de um líquido que evapora mais rapidamente que a água pura. d) a amostra A pode ser constituída de solução aquosa de sacarose. e) as amostras A e B constituem-se de soluções aquosas preparadas com solutos diferentes.

35. Considere os sistemas I e I, constituídos, respectivamente, por: I- 50mL de água pura. I- 50mL de solução 0,1M de cloreto de sódio. Submetidos às mesmas condições apropriadas, verifica-se que: a) no sistema I, a pressão de vapor da água é menor do que no sistema I. b) no sistema I, a temperatura de solidificação da solução é maior do que no sistema I. c) no sistema I, a temperatura de ebulição da solução é maior do que no sistema I. d) os dois sistemas apresentam a mesma temperatura de congelamento. e) nos dois sistemas, a pressão de vapor é a mesma.

36. Sejam dadas as seguintes soluções aquosas:

I. 0,1 mol/L de glicose (C6H12O6 )

I. 0,2 mol/L sacarose (C12H22O11) I. 0,1 mol/L de hidróxido de sódio (NaOH)

(Parte 1 de 4)

Comentários