Reanimador digital

Reanimador digital

REANIMADOR DIGITAL

DIEGO AGUIAR

INTRODUÇÃO

  • É mais conhecido como Reanimador de Muller;

  • Está presente nos principais centros hospitalares do país;

  • Tem eficiência comprovada em vários trabalhos científicos.

PRÍNCIPIO DE FUNCIONAMENTO

  • Ventila com pressão positiva pacientes com insuficiência respiratória;

  • Pode ser conectado em máscara facial, câmula endotraqueal ou bocal para exercícios respiratórios.

PRÍNCIPIOS ELÉTRICOS APLICADOS

A pressão de trabalho do equipamentoé ajustada através da válvula reguladora (5);

  • A pressão de trabalho do equipamentoé ajustada através da válvula reguladora (5);

  • Ao acionar o botão da válvula (4), um fluxo de oxigênio abastece simultaneamente o micronebulizador(2) e o injetor (1) .

A névoa gerada pelo micronebulizador é aspirada pelo injetor e enviada sob pressão controlada para o paciente.

  • A névoa gerada pelo micronebulizador é aspirada pelo injetor e enviada sob pressão controlada para o paciente.

  • O sistema ainda permite que o paciente realize respirações espontâneas nos intervalos da respiração manual.

DESCOBRIDORA

  • Professora do curso de Fisioterapia da PUC-PR

HISTÓRICO DO EQUIPAMENTO

  • O Reanimador de Muller desenvolvido na Santa Casa de Misericórdia de Curitiba em 1991;

  • Motivo: Ao vivenciar ano á ano as dificuldades respiratórias em pacientes portadores das mais diversas afecçöes pulmonares.

  • O Reanimador de Muller passou então a se constituir em mais um recurso do serviço, e com o passar do tempo se tornou um recurso indispensável em nossa rotina diária;

  • Seu uso de dá principalmente em pacientes em pós operatório de cirurgia cardíaca que comumente apresentam distúrbios ventilatórios

EMPRESA FABRICANTE DO EQUIPAMENTO

BIBLIOGRAFIA

Comentários