(Parte 1 de 8)

INTRoDUçÃo À

ECONOMIA TRADUçÃo DA iu rolçEo NoRTE-AMERIcANA

tNTRoDUçÂo À

ECONOI\/I IA TRADUçÃo DA sa EDtçÃo NoRTE-AMERTCANA

N. GREGORY MANKIW Universidade de Harvard

Tradução:

Allan Vidigal Hastings Elisete paes e Lima

Revisão Técnica: Carlos Roberto Martins passos (in memoriam)

ManuelJosé Nunes pinto Economísta, com especiarização em Finanças e Economia de Empresas, é mestre em Administração. Ex-reitor do centro universitário da Fecap,atualmentê é coordenador de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da Faculdade de Economia da Faap.

J; CENGAGEr* Learning" a i+CENGAG E Lea rn i ng"

Introdução à Economia - Tradução da 5a edição norte-americana

N. Gregory Mankiw

Gerente Editorial: Patricia La Rosa Editor de Desenvolvimento: Fábio Gonçalves

Supervisora de Produção Editorial: Fabiana Alencar Albuquerque Produção Editorial: Gisela Carnicelli

Título original: Principles of Economics - 5th Edition

(ISBN 13: 97 8-o-324-58997 -9:SBN i0: O -324-58997 -2)

Tradução: Allan Vidigal Hastings e Elisete paes e Lima (alterações da 4a e 5a edições)

Revisão ïécnica: Carlos Roberto Martins Passos e Manuel José Nunes Pinto (da 5a ed.)

Copidesque: Carlos Villarruel

Revisão: Carlos Villarruel, Luicy Caetano de Oliveira,

Simone SantAnna da Veiga, lara A. Ramos e lsabella Gallardo

Diagramação: Join Bureau Capa: Eduardo Bertolini lmagem de Capa: @ 2009 Jupiterlmages Corporation Pesquisa lconográfi ca: Bruna Benezatto

Impresso no Brasil. Printed in Brazil.

1234561 t312It10

O 2009, 2O07 South Western, parte da Cengage Learning. @ 201O Cengage Learning Edições Ltda.

Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste livro poderá ser reproduzida, sejam quais forem os meios empregados, sem a permissâo, por escrito, da Editora. Aos infratores aplicam-se as sanções previstas nos artigos 1O2,1O4, 106 e'107 da Lei nq 9.610, de 19 de fevereiro de 1998.

Esta editora empenhou-se em contatar os responsáveis pelos direitos autorais de todas as imagens e de outros materiais utilizados neste livro. Se porventura for constatada a omissão involuntária na identificação de algum deles, dispomo-nos a efetuar, futuramente, os possíveis acertos.

Para informações sobre nossos produtos, entre em contato pelo telefone O80O tl t9 39

Para permissão de uso de material desta obra, envie seu pedido para direitosautorais@cengage.comN I 3: 97 8-85-221 -O7 6 lSBNl0: 85-221-07O5-X

Cengage Learning Condomínio E-Business park

'Rua Werner Siemens, 1 - prédio 20 - Espaço 4

Lapa de Baixo - CEP 05069-900 - São paulo - Sp

Tel.: ('1) 3665-90 - Fax: (1) 3665-9901 Sac: 08O0 1 19 39

Para suas soluções de curso e aprendizado, visite w.cengage.com.br

Para Catherine, Nicholas e Peter, minhas outras contribuições para a próxima geração

N. Gregory Mankiw é professor de economia na Universidade de Harvard. Estudou economia na Universidade de Princeton e no Instituto de Têcnologia de Massachusetts. Leciona Macroeconomia, Microeco- nomia, Estatística e Princípios de Economia. Há muito tempo, chegou a ser instrutor de iatismo em Long Beach Island.

Escritor prolífico, o Professor Mankiw participa regularmente de debates acadêmicos e políticos. Tem trabalhos publicados em jomais especializados, como o American Economic Rmiew, Joumal of Potiücal Econorny e Quarterly lournal of Economics, além de outras publicações mais populares, como The New York Times e

The WalI Street lournal. Também é autor do best-seller Macroeconomla (Worth Publishers), manual de nível intermediário. Além de lecionar, pesquisar e escrever, Mankiw é pesquisador associado do National Bureau of Economic Research, conselheiro do Federal Reserve Bank de Boston e do Congressional Budget Office, e membro do comitê de desenvolvimento de testes do Educational Testing Service @TS), para o exame Advanced Placement em economia. Entre 2003 e 2005, foi presidente do Conselho deAssessores Econômicos da presidência do governo de George W. Bush.

Mankiw mora em Wellesley, Massachusetts, com a esposa, Deborah, três filhos, Catherine, Nicholas e Peter, e o cachorro Tobin, um border terrier.

"Economia é o estudo da humanidade nos afazeres cotidianos."Assim escreveu Alfred Marshall, o grande economista do século )OX, em seu liwo Príncípios de economia. Embora tenhamos aprendido muito sobre economia desde a época de Alfred Marshall, essa definição é tão verdadeira hoje quanto o foi em 1890, quando a primeira edição do liwo foi publicada.

Por que você, como aluno de economia no início do século DO, deve se envolver no estudo desse assunto? Existem três razões.

A primeira é que isso o ajudará a entender o mundo em que üve. Há muitas perguntas sobre economia que poderão aguçar sua curiosidade. Por que é tão dificil encontrar apartamentos em NovaYork? por que as companhias aéreas cobram menos por uma passagem de ida e volta se a pessoa passa a noite de sábado no destino? Por que o cachê de johnny Depp é tão alto nos filmes em que atua? Por que o padrão de vida é tão baüo em muitos países africanos? Por que alguns países têm altas taxas de inflação, enquanto outros têm

Preços estáveis? Por que é fácil conseguir emprego em determinadas épocas e tão difícil em outras? Essas são apenas algumas das perguntas que um curso de economia ajuda a responder.

A segunda tazão é que você pode se tomar um parLicipante mais perspicaz na economia. Na üda diána, você toma muitas decisões econômicas. Como aluno, decide quantos anos pernanecer na escola. Depois

que consegue emprego, decide quanto gastr, quanto economizar e como investir sua poupança. Algum di4 você poderá ditigrt um pequeno negócio ou uma grande empresa e terá de decidir que preços cobrar pelos produtos que oferece. As ideias desenvolúdas neste liwo apresentam novas perspectivas sobre como tomar essas decisões.Você não ficará rico apenas com o estudo de economi4 mas terá algumas ferramentas que poderão ajudá-lo neste empreendimento.

A terceira tazão é que o estudo de economia proporcionará melhor entendimento sobre o potencial e sobre os limites da política econômica. As questões econômicas estão sempre na mente dos formuladores de políticas em todas as esferas do govemo: municipaf estadual e federal. Quais são os ônus associados a formas alternativas de tributação? Quais os efeitos do liwe comércio com outros países? eual a melhor forma de proteger o meio ambiente? De que forma o déficit orçamentário do governo afeta a economia?

Como eleitol, você ajuda a escolher as políticas que orientam a alocação de recursos da sociedade. Entender economia ajuda a pôr em prática essa responsabilidade. Quem sabe um dia você mesmo poderá ser um formulador de políticas.

Portanto, os princípios de economia podem ser aplicados a muitas situações da vida. Se, no futuro, você estiver lendo um jornal, dirigindo um negócio, ou administrando o país, ficarâsatisfeito por ter estudado economia.

N. GregoryMankiw Setembro de 2008

Ao escrever este liwo, tive a colaboração de muitas pessôas talentosas. Na verdade, a lista dos que contribuíram para este projeto é tão longa, e suas contribuições tão valiosas, que não é justo apenas um nome na capa.

Vou começar pelos colegas de profissão. A colaboração deles trouxe enorrnes benefícios às edições anteriores deste texto. Nas revisões e pesquisas, eles apresentaram sugestões, identificaram desafios e compartilharam ideias da própria experiência de sala de aula. Devo muito a eles pelas perspectivas que trouxeram ao texto.

Infelizmente, a lista se tomou longa demais para agradecer aos que contribuíram com as edições anteriores, embora os estudantes, ao lerem esta edição, ainda se beneficiem com seus insights.

Ron Cronoüch (Carthage College) e Daüd Hakes (Jniversity of Northern lowa) foram muito importan- tes nesse processo. Ron e Daüd, professores dedicados, têm sido companheiros sinceros, além de parceiros incansáveis para organizar a imensa quantidade de suplementos.

Nesta nova edição, os seguintes reüsores registraram sua experiência, cotidianamente, durante um semestre, apresentando sugestões detalhadas para melhorar o texto: ]ohn Crooker, l)nioersity of Central Missouri; Rachel Friedberg, Brown Uniaersi$; Greg Hunter, California State Llniaersity, Polytechnic, Pomona;

Lillian Kamal Northwestern Uniaersity; Francis Kemegue, Bryant tlniaersity; Douglas Miller, tlniaersity of Missoui; BabuNahata,Uniztersity of Louisaille; Edward Skeltoru SouthernMethodisttlniaersity.

Os reüsores da quarta edição que ofereceram sugestões para refinar o conteúdo , a organização e a abordagem desta edição são: Syed Ahmed, Cameron llnioersity; Farhad Ameery Stqte lfniaersity of Nan York,

Westchester Community College; Mohammad Bajwa, Northarnpton Community CoIIege; Carl Bauer, Oakton Community College; Roberta Blby, Grand Valley State lJniaersity; Stephen Billings, llnioersity of Colorado at Boulder; Bruce Brown, California State Llniaersity, Polytechnic, Pomona; Lynn Burbrid,ge, Northern Kentuclcy

Uniaersity; Mark Chester,ReadingAreaCommunity CoIIege; Daüd Ching lJniaersity of Hawaii,Manoa; Sarah Cosgrove, Uniaersity of Massachusetts, Dartmouth; Craig Depkerç tlniaersity of North Carolina, Charlotte;

Angela Dzata, Alabama State Uniaersity; Jose Estebary Palomar College; Mark Frascatorc, Clarkson llnizsersity; Satyajit Ghostu Uniz:ersity of Scranton; Soma Ghosh, Bidgewater State College; Daniel Gíedeman, Grand Valley State Uniaersity; Robert L. Holland, Purdue llniaersity;Anisul IsIant, llnioersity of Houston, Downtown;

Nanry Jianakoplos, Colorado State Uniaersity; Paul Johnsory uniaersity of Alaska,Anchorage; Robert Jones,

Uniousity of Massachusetts, Dartmouth; Lillian Kamal, Northwestem unioersity; Jongsung Kim, Bryant Uniaersity; Marek Kolar, Delta CoIIege; Leonard Lardaro, tJniaersity of Rhode Island; Nazma Lat'rf-Zaman,

Proaidmce College; \tVilliam Mertens, Llniaersity of Colorado; Francis Mummery Fullerton CoUege; Da.lird Mushinski, Colorado StateUnizterslfy; Christopher Mushrush,Illinois StateLlnirserslfy; Babu Nahata,Ilniaersity of Louisaille; Laudo Ogota Grand Valley State Llnirsersl{r; Michael Patrono, Okaloosa-Watton Coltege; Jeff Rubin, RutgersUniaersity,NewBrunswick; Samuel Sarn,Collegeof SouthernNmada;Harinder Singh,Grand

VaIIey State llnioersity; David Spencer,llnioersity of Michigan; David Switzer, Saint Cloud State llniaersity;

Henry Tene[ Uniaersi$ of Maryland; Ngocbich Tran, San Jacinto Coltege; Miao Wang Marquette lJniaersity; Elizabeth \A/heatory Southern Methodist llniaersity; Martin ZeIder, Northwestern L)nioersity.

Recebi avaliações detalhadas sobre elementos específicos do texto, incluindo todos os problemas e as aplicações que aparecem no fim de cada capítulo dos seguintes professores: Casey R. Abington, Kansas State Uniuersity; Seemi Ahmad, Dutchess Community CoIIege; Farhad Ameery State Llnizsersity of New york,

Westchester Community CoIIege; J. J. Arias, Georgia Cottege E State Llniaersity; James Bathgate, Willamette Unioersity; Scott Beaulier, Mercer Uniaersity; Clive Belfield, Queens College; Calvin Blackwell, CoIIege of Charleston; Cecil E. Bohanory BaIl State llnioersity; Douglas Campbell, uniaersity of Memphis; Michael G.

xil AGRADECIMENTOS

Carew, Baruch CoIIege; Sewin Chan, NanYork Unioersity; |oyce |. Chen, The Ohio Stste Uniaersity; Edward A. Cohn, Del Mar College; Chad D. Cottt, llnioersity of South Carolina; Erk D. CraÍt, Ilnirsersity of Richmond;

Eleanor D. Craig Unfuersity of Delaware; Abdelmagead Elbiali, Rio Hondo College; HaroldW. Elder,llniaersity of Alabama; Hadi Salehi Esfahani, Unioersity of Illinois, Urbana-Charnpaign; Davtd Franck, Francis Maríon

Uniaersity; Amanda S. Freemary Kansas State Unioersity; l.P. Gilbert, MiraCosts College; Joanne Guo, Dyson College of Pace Uniaersity; Charles E.HegSi, AuburnUnirsersity at Montgomery; Andrew J. Hussey, I,Iniaersity of

Memphis; Hans R. Isaksory Unioersity of Northern Iowa; Símran Kahai, John Carroll Llnioersity; Daüd E. Kalist, Shippensburg Unirsersity; Mark P. Karscig Unfuersity of Central Missoui; Theodore Kuhn, Butler

Unir:ersity; Dong Li, Kansas State Uniaersity; Daniel Lin, George Mason Unioersity; Nathaniel Manning Southern Uniztnsity;Vince Marr4 Uniaersity of Delaware; Akbar Marvasti, Uniaersity of Southern Mississippi; Heather Mattsory Unioersity of Saint Thomas; Charles C. MouL Washington Uniaersity in St. Louis; Albert A.

Okunade, Llnioersity of Memphis; ]. Brian O'Roark, Robert Monis Unioersity; Anthony L. Ostrosky, Illinois State Unirsersity; Nitinv. Paranjpe, Wayne State Uniaersity I Oakland Unioersity; Sanela Porë.a, Uniaersity of South

Carolina, Aiken; Walter G. Park, American Unhsersity; Reza M. Ramazani, Saint Michael's College; Rhonda Vonshay Sharpe, Uniaersity of Vermont; Caro\m Fabian Stumptu Indiana Uniaersity-Purdue Uniaersity Fort Wayne; RickTannery Slippery Rock Unioersity; Adtt:tThapar,NanYorkUnioersifr; Michael H .Tew,Troy Unioersity; jenniferA.Vìncent, Charnplain CoIIege; MilosVulanoüc,Lehman College; BhavneetWalia,Kansas Statel.Iniaersity; Douglas M. Walker, CoIIege of Charleston; Fatrick Walsh, Saint Michael's College; Larry Wolfenbargeç Macon State CoIIege; Wìlliam C.Wood,lames Madison Uniztersity; Chiou-nanYeh, Alabama State Unioersity.

A exatidão de um liwo é extremamente importante. A responsabilidade de qualquer erro é completamente minh4 mas agradeço aos seguintes professores por terem lido comigo o manuscrito e a pré-edição:

joel Dalafave, Bucks County Community College; Greg Hunter, California State Llniaersl{ - Pomona; Lillian

Kamal, Northwestern Unioersity; Francis Kemegue, Bryant Uniaersity; Douglas Milleç lJniaersity of Missoui; Ed Skeltoru Southern Methodist Uniaersity

A equipe de editores que trabalhou neste liwo aperfeiçoou-o tremendamente. Jane Tufts, editora de desenvolümento, fez uma edição espetacular, como sempre. Mike Worls, editor econômico execuüvo, reali-

zou um trabalho esplêndido ao supervisionar as muitas pessoas envolüdas em um projeto tão grande. Jennifer Thomas (editora de desenvolúmento sênior) e Katie Yanos (editora de desenvolúmento) foram fundamentais para reunir um amplo grupo de excelentes reüsores que me forneceram /e edback da edição anterior, enquanto organizavam um outro Bïupo para revisar os suplementos. Coleen Farmer, gerente sênior de projetos de conteúdo, e Katherine Wilsory gerente sênior de projetos, tiveram a paciência e a dedicação necessárias para transformar meu manuscrito nesta obra. Michelle Kunkler, diretora de arte sênior, deu ao liwo uma aparência limpa e agradável. Michael Steirnagle, o ilustradoç ajudou a deixar o üsual mais atraente e a economia menos abstrata. Carolyn Crabtree, editor de texto, refinou minha prosa e Terry Casey, indexadol, preparou um índice cuidadoso e completo. Brian ]o1mer, gerente executivo de marketing, trabalhou longas horas na divulgação para leitores potenciais do liwo. Jean Buttrom, Sandra Milewski e Deepak Kumar, que também fazem parte da equipe da Cengage, foram altamente profissionais, entusiastas e dedicadas.

Agradeço também a josh Bookiry antigo professor de Economia de Advanced Placement e recentemen- te um extraordinário líder do Ec 10, o curso introdutório em Harvard. |osh me ajudou a refinar o manuscrito e verificar a pré-edição do liwo.

(Parte 1 de 8)

Comentários