(Parte 1 de 3)

CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA

REDE DE COMPUTADORES

REDE DE COMPUTADORES

MANAUS

2015

Equipe: Daniel Lima R.A: B90DBD-7

Vikarlo Melo R.A: B510AH-3

Marcio Lopes R.A:

Luciana R.A:

Jose Moises R.A: T194JF-1

Zulenilson Portela R.A: B88EAC-7

PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

Trabalho apresentado à disciplina Princípio de Sistemas da Informação, ministrada Pelo Professor Waterloo para obtenção de nota parcial do curso de Rede de Computadores da Universidade Paulista – UNIP MANAUS.

MANAUS

2015

INTRODUÇÃO

A Governança em T.I utiliza-se do Principio de sistemas de informação, Todos sabemos que os computadores se tornaram parte da vida rotineira. O trabalho inteligente que eles executam com uma dada instrução vale à pena a sua exploração. À primeira vista, uma questão comum que surge quando começamos a estudar o funcionamento dos computadores é: “que tipo de processo está acontecendo dentro de um computador quando lhe damos uma instrução ou comando? o que acontece dentro dele?”

A Arquitetura de Computadores preocupa-se com a estrutura e comportamento dos vários módulos funcionais de um computador, e como eles interagem para atender às necessidades de processamento do usuários, devido a demanda cada vez mais crescente os usuários necessitam de diversas áreas na Tecnologia de Informação para que a composição de hardware e software seja bem assistida.

Palavra-Chave: Computadores, Funcionamento, Tecnologia de Informação, Hardware

ABSTRACT

The IT Governance uses -If the principle of Information Systems , We all know that computers have become part of routine life. Smart Work que They perform with a given Instruction WORTH YOUR Exploration . At First Sight , A Common Issues arise que When we begin to study the workings of computers and " what kind of process is going on inside hum Computer WHEN YOU We Instruction A UO Command What Happens Inside HIM ? "

The Computer Architecture concern themselves with the structure and behavior of Several Modules hum Functional Computer, and How eels interact to meet the processing needs to Users , due to DEMAND Increasingly Crescent OS Users need Several areas in Information Technology What to hardware composition and software is well assisted .

Keyword : Computer Operations , Information Technology , Hardware

SUMÁRIO

OBJETIVOS GERAIS

Identificar os componentes básicos de um computador para aplicação de suas atividades.Caracterizar os fundamentos para operação de editores de texto, planilhas eletrônicas, geradores de apresentação, apresentar os objetivos e conceitos de sistema de informação e seu papel dentro das organizações

OBJETIVOS ESPECIFÍCOS

Fomentar através deste trabalho as diversas práticas e seus conceitos e aplica – los em campo através da prática complementando o conhecimento téorico para atingir a qualidade na atuação do profissional de T.I.

METODOLOGIA

Através do tema as características de cada função demonstrada neste trabalho possui afirmações coerentes retiradas de Bibliografias atuais compondo uma série de informações básicas para atuação do profissional em T.I em campo o que estimula a fixação de informações para que este profissional tenha base linguistica e de comunicação com as demais áreas em torno de sua atuação.

1.COMPUTADOR

O computador é uma máquina electrónica que permite processar dados. O termo provém do latim computare (“calcular”).

Um computador é composto por uma série de circuitos integrados e outros componentes relacionados, que possibilitam a execução de uma variedade de sequências ou rotinas de instruções indicadas pelo utilizador. Estas sequências são sistematizadas em função de uma grande variedade de aplicações práticas e determinadas, num processo que se denomina programação.

Para funcionar, o computador necessita de programas informáticos (software) que fornecem dados específicos, necessários para o processamento dos dados. Uma vez obtida a informação desejada, esta pode ser utilizada internamente ou transferida para outro computador ou componente electrónico.

Ainda que a tecnologia tenha evoluído desde o aparecimento dos primeiros computadores na década de 40, a maioria ainda respeita a arquitectura (ou o modelo) Eckert-Mauchly, proposta por John von Neumann e criada por John Presper Eckert e John William Mauchly.

TIPOS DE COMPUTADOR: Existem diversos tipos de computadores, desde computadores de mão como os HANDHELDS (Palmtops, PDAs), NOTEBOOK até DESKTOP, SERVIDORES, MAINFRAME e os SUPERCOMPUTADORES.

1.1 COMPUTADORES DE MÃO

São conhecidos como computadores de bolso, equipado com um sistema específico e pequenos dispositivos de output (Tela) e input (Miniteclado) que lhe permite acessar a internet, assistir vídeos, ouvir músicas, escrever texto, fazer cálculos, utilizar softwares básicos dentre outras atividades. Exemplo de Computadores de mão:- Smartphone; PDA; Celular; GPS; TV portátil; Consoles (Vídeo-Game); etc.1.2 COMPUTADORES PORTÁTEIS

Computadores que podem ser transportados facilmente, como Notebooks, Tablet, Netbooks e outros. Os computadores portáteis possuem uma ótima característica que é a bateria, podendo ser utilizado, desde que esteja com a bateria recarregada, em lugares onde não exista fonte de energia para ser utilizada, por exemplo, carro, praça pública e outros. Outra característica que vale ressaltar é a funcionalidade de conexão às redes sem fio através dos adaptadores WiFi, integrado ou não, alguns também vem com a tecnologia Bluetooth destinada mais para conexão de pequenos aparelhos.

1.3 THIN CLIENT

É um computador cliente, dentro de uma rede cliente-servidor, dependente de um servidor central para processar suas atividades, é também um diskless (sem disco), com boot remoto. São computadores de baixo custo, administrados por um servidor, sem drives adicionais como CD ou DVD, com capacidade limitada a fim de executar apenas aplicativos essenciais.

1.4 COMPUTADORES DESKTOP

São computadores de mesa, pessoal, de uso individual. Esses computadores são os mais utilizados no mesa, pessoal, de uso individual. Esses computadores são os mais utilizados no mercado, pois atendem a infinidades de aplicações, necessidades e possibilitam a comunicação e acessibilidade de cada usuário com a Web. Os computadores Desktop possibilitam substituição e melhorias de seus componentes de maneira fácil e rápida, além de diversos modelos de gabinetes. Esses computadores são utilizados em casa, escritórios, escolas e são bastante procurados por serem mais baratos.1.5 ESTAÇÕES DE TRABALHO

Esse tipo de computador é muito parecido com o computador Desktop, porém seus dispositivos são possuem melhor desempenho, com melhor processamento, grande quantidade de memória principal, excelentes dispositivos para desempenho gráfico e maior capacidade de armazenamento comparado ao computador Desktop, visto que os dados trabalhados nele são mais robustos e maiores.

1.6 SERVIDORES

Computador que provê serviços para os clientes (thin client) como internet, arquivos, impressão, correio eletrônico e vários outros. Sua configuração combina grande volume de espaçamento para armazenar e memória, além de alto desempenho para ambientes de multiprocessamento. O servidor pode ser também um conjunto de computadores, ligados em rede a outros computadores fornecendo-lhes um serviço. O servidor oferece grande escalabilidade, que é a habilidade de manipular uma porção crescente de trabalho de forma uniforme ou a habilidade de aumentar a capacidade de processamento do sistema computacional, é estar preparado para crescer. Escalabilidade para cima é adicionar processadores mais potentes e para fora é adicionar maior quantidade de processadores de capacidade igual ou até menor para aumentar a capacidade de processamento.

1.7 COMPUTADORES DE GRANDE PORTE (MAINFRAME)

É um grande computador que possui inúmeros processadores de apoio aos(Mainframe).É um grande computador que possui inúmeros processadores de apoio aos processadores principais, capaz de gerenciar grandes volumes de informações a uma alta velocidade. Os Mainframes são compartilhados a dezenas ou centenas de usuários, por esse motivo deve estar instalado em um lugar com condições especiais de refrigeração, deve estar também, em lugar seguro com acesso restrito. A maioria dos mainframes tem capacidade de executar múltiplos sistemas operacionais, através de máquinas virtuais, simulando assim vários servidores menores.1.8 SUPERCOMPUTADORES

É um computador com altíssima velocidade de processamento e capacidade de memória. Tem aplicação em área onde se faz necessária grande quantidade de processamento. Seu uso é mais frequente em aplicações militares, cálculos muito complexo, problemas envolvendo física quântica, meteorologia, simulações de aviões em túneis de vento e agências do governo.

Os supercomputadores possuem uma velocidade de processamento de trilhões de operações de pontos flutuantes por segundo (TFlops), na maioria dos fabricantes de supercomputadores, denomina-se supercomputadores os que possuem processamento superior a 80 TFlops.

2. HARDWARE, CPU, MEMÓRIA E DISPOSITIVOS DE ENTRADA E SAÍDA

Hardware é a parte física do computador, são os componentes eletrônicos, placas, CI’s que se comunicam através de barramento.

Arquitetura aberta: A arquitetura aberta (atualmente mais utilizada, criada inicialmente pela IBM) é a mais aceita atualmente, e consiste em permitir que outras empresas fabriquem computadores com a mesma arquitetura, permitindo que o usuário tenha uma gama maior de opções e possa montar seu próprio computador de acordo com suas necessidades e com custos que se enquadrem com cada usuário.

Arquitetura fechada: A arquitetura fechada consiste em não permitir o uso da arquitetura por outras empresas, ou senão ter o controle sobre as empresas que fabricam computadores dessa arquitetura. Isso faz com que os conflitos de hardware diminuam muito, fazendo com que o computador funcione mais rápido e aumentando a qualidade do computador. No entanto, nesse tipo de arquitetura, o utilizador está restringido a escolher de entre os produtos da empresa e não pode montar o seu próprio computador.

2.1 CPU

Central Processing Unit – Unidade Central de Processamento, ou simplesmente CPU é o cérebro, processa a maior parte das informações. O processador é composto basicamente por quatro elementos: Unidade Aritmética/Lógica; Unidade de Controle; Registradores; Armazenamento Primário. Em seguida temos as unidades utilizadas:Unidade Aritmética/Lógica: é a unidade central do processador, que executa operações aritméticas como soma, subtração, divide, determina se o número que executa operações aritméticas como soma, subtração, divide, determina se o número é positivo ou negativo ou se é zero, além de calcular ela realiza funções lógicas, resolvendo sintaxes lógicas em uma programação.

• Unidade de Controle: é a responsável pela busca das instruções do programa e pela determinação do tipo de cada instrução. Ela busca, decodifica e executa as instruções.• Registradores: é uma pequena memória, muito rápida, utilizada para armazenamento temporário antes, durante e depois do processamento.

• Armazenamento Primário: é a memória principal, estritamente associado à CPU. Antes e depois dos registradores, a memória principal armazena arquivos e programas que estão sendo executados, sendo de grande quantidade passa a ter um desempenho muito melhor.

Veja as etapas de funcionamento da CPU em conjunto com o processador:Etapa 1: Buscar Instrução: A Unidade de Controle busca nos Registradores a instrução do programa e dados necessários para o processador.

Etapa 2: Decodificar a Instrução: Ainda na Unidade de Controle, a instrução é decodificada e transmitida,basicamente, para Unidade Aritmética e Lógia (UAL). Após ser decodificada, a instrução segue para sua execução, antes é necessário saber que temos algumas unidades de execução diferentes, para qual a instrução é encaminhada, são elas: UNIDADE ARITMÉTICA/LÓGICA: responsáveis pelas operações aritméticas. UNIDADE DE PONTO FLUTUANTE: é a unidade que executa instruções matemáticas de números de ponto flutuante, cálculos complexos, não inteiros. UNIDADE DE CARGA/ARMAZENAMENTO: responsável por ler, e pelas instruções que são gravadas na memória. UNIDADE DE PROCESSAMENTO DE DESVIO: usa-se de uma tabela para desvios condicionais para executar a instrução de acordo com o resultado, a fim de reduzir o fluxo no processador. UNIDADE DE GERENCIAMENTO DE MEMÓRIA:com o resultado, a fim de reduzir o fluxo no processador. UNIDADE DE GERENCIAMENTO DE MEMÓRIA: realiza o mapeamento entre o endereço lógico, que é o endereço do aplicativo, e o endereço físico, ou memória física, permitindo a comunicação entre eles. UNIDADE DE PROCESSAMENTO DE VETOR: lida com instruções vetoriais, permitindo a aceleração das operações gráficas.A fase de instrução é denominada de tempo de instrução (I-time). A próxima fase é a execução tempo de execução (E-time).

Etapa 3: Executar a instrução: Após a Busca e Decodificação da Instrução, ela é encaminhada para o hardware de Execução, que irá utilizar operações aritméticas, comparação lógica, mudança de bit ou operações vetoriais para encaminhar o resultado para os registradores ou memória.

Etapa 4: Armazenar resultado: Armazena os resultados nos Registradores ou na Memória.Todas as instruções passam por esse processo, uma a uma. Essas fases completas são denominadas por CICLO DE MÁQUINA. Existe um tempo que ocorre durante o Ciclo da Máquina que é medido em nanossegundos (1 bilionésimo de segundo) e picossegundos (1 trilionésimo de segundo), esse é o TEMPO DE CICLO DA MÁQUINA.O Ciclo da Máquina é gerenciado pela Unidade de Controle da CPU, que segue cada microcódigo, instruções internas predeterminadas. Esse Ciclo é afetado pela série de pulsos eletrônicos que tem uma taxa também predeterminada, isso é chamado de VELOCIDADE DE RELÓGIO, que é medida em megahertz (MHZ, milhões de ciclos por segundo) ou gigahertz (GHZ, bilhões de ciclos por segundo).2.2 MEMÓRIA

Dispositivo que permite ao computador armazenar dados temporariamente ou não. As memórias que armazenam os dados temporariamente são as memórias classificadas como VOLÁTIL, e as memórias que armazenam os dados “permanentemente” são classificadas como NÃO VOLÁTIL. memórias que armazenam os dados “permanentemente” são classificadas como NÃO VOLÁTIL.

Memória VOLÁTIL: Requer energia para manter a informação armazenada, todo conteúdo armazenado é perdido quando o fluxo de energia é cortado.Tipos de memória VOLÁTIL:RAM - memória de acesso aleatório, não seqüencial, armazenados temporariamente e auxilia no processamento de instruções e dados, pois podem ser acessados quase que imediatamente.SRAM - Memória Estática de Acesso Aleatório, também de acesso aleatório, desde que seja mantida sua alimentação, que não precisa atualizar os bits de tempo em tempo como as DRAM. Utilizada para registradores e caches de alta velocidade, seu uso não pode ser como principal, pois o custo seria muito alto, o uso desta memória é destinado como memória para cache.

DRAM - RAM Dinâmica, usada como memória principal, guarda grandes quantidades de bits, porém é necessário que seus bits sejam recarregados constantemente, para que perder seus dados, consumindo vários ciclos do processador.

DDR SDRAM - tem o dobro de desempenho em relação às memórias existentes, utilizando as duas bordas de clock, subida e descida, para transferir dados e sem aumentar o clock da memória.

Memória NÃO VOLÁTIL :Armazenam as informações mesmo sem receber alimentação de energia. Tipos de memória NÃO VOLÁTIL:

ROM - memória somente de leitura, gravada única vez ainda na fábrica. Suas informações podem ser apenas acessadas.

(Parte 1 de 3)

Comentários