2-Globalização e Geopolítica

2-Globalização e Geopolítica

A Globalização não é um fenômeno novo. É só lembramos das Grande Navegações realizadas por portugueses e espanhóis e veremos que até mesmo a descoberta do Brasil já faz parte de um processo de integração global. Só que naquela época não se utilizava este termo.

A Globalização não é um fenômeno novo. É só lembramos das Grande Navegações realizadas por portugueses e espanhóis e veremos que até mesmo a descoberta do Brasil já faz parte de um processo de integração global. Só que naquela época não se utilizava este termo.

No final da década de 1980 que o termo globalização começa a ser utilizado, designando não apenas a mundialização da economia, mas também o intercâmbio cultural e a interdependência social e política ao nível mundial.

  • No final da década de 1980 que o termo globalização começa a ser utilizado, designando não apenas a mundialização da economia, mas também o intercâmbio cultural e a interdependência social e política ao nível mundial.

Este pode ser um retrato da globalização

Globalização: processo de integração dos países

  • Liberalização econômica.

  • Revolução nos transportes.

  • Revolução nas telecomunicações.

  • Popularização da Internet.

  • Homogeneização cultural.

  • Processo contraditório economicamente.

CONSEQUÊNCIA ALARMANTE

Críticas

  • As três pessoas mais ricas do mundo têm ativos superiores ao PIB (Produto Interno Bruto) somado dos 48 países mais pobres.

  • Só os países ditos desenvolvidos, têm capacidades tecnológicas e os recursos necessários para realizar investimentos tecnológicos e cooperam entre si, afim de solucionar vários problemas que lhes vão surgindo.

  • Á medida que, fruto da globalização, o mundo passa de uma economia agrícola a uma industrial e desta para uma de informação, as limitações e falhas dos mercados explicam cada vez mais o aumento do desemprego, e os mercados mostram-se incapazes de poder administrar os seus recursos eficientemente.

INTERNET: Ferramenta da globalização

INTERNET: Ferramenta da globalização

É um sistema de dimensões gigantescas, que abrange todo o mundo e que tem potencialidades surpreendentes.

  • É um sistema de dimensões gigantescas, que abrange todo o mundo e que tem potencialidades surpreendentes.

  • Suporta milhões de documentos, recursos, bases de dados e uma variedade de métodos de comunicação

  • Se bem aproveitada, é a melhor oportunidade para melhorar a educação e a comunicação dos últimos tempos

Estamos todos ligados!?

BLOCOS ECONÔMICOS

  • UNIÃO EUROPÉIA

  • Tratado de Maastrich/91

Países que não adotaram o euro: Inglaterra, Suécia e Dinamarca;

  • Países que não adotaram o euro: Inglaterra, Suécia e Dinamarca;

  • Países da UE que não assinaram a constituição européia: França e Holanda;

  • Países da UE com maior crescimento econômico e menor índice de desemprego: Inglaterra, Suécia e Dinamarca.

Crise na UE: o futuro do euro está em risco?

NAFTA (acordo de livre comércio da América do Norte) (North American Free Trade Agreement)

Foi criado para:

  • Unir EUA, Canadá e México;

  • Enfrentar a concorrência da UE;

  • Em vigor desde 1994;

  • Prazo de quinze anos para total eliminação de barreiras alfandegárias entre os 3 países.

  • Eliminar barreiras alfandegárias.

Criado em 1991, pelo tratado de Assunção;

  • Criado em 1991, pelo tratado de Assunção;

  • Objetivo: dinamizar a economia regional, movimentando entre si mercadorias, pessoas, força de trabalho e capitais.

  • Prevê livre circulação de bens, serviços e fatores produtivos;

MERCOSUL :

MERCOSUL :

  • Membros: Brasil, (Paraguai), Uruguai, Argentina e Venezuela.

  • Associados: Bolívia, Chile, Equador, Peru e Colômbia.

  • Observador: México

Atenção!!!

ALCA (Área de livre comércio das Américas)

TIGRES ASIÁTICOS

GEOPOLÍTICA NACIONAL

Vamos analisar um caso concreto

"Antonio tinha 27 anos quando chegou sozinho a São Paulo em 1970, vindo do interior da Bahia. Ele arranjou colocação em uma metalúrgica em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, onde já trabalhava um primo. Com registro na carteira de trabalho, ganhou segurança e mandou buscar a mulher e os cinco filhos pequenos.

Progrediu na profissão. Eles moravam numa casinha boa na própria cidade. O emprego garantiu o básico, as crianças cresceram, foram para a escola, mas apenas duas terminaram os estudos. A filha mais nova casou-se e mudou-se para Goiás com a família do marido.

Chegaram tempos difíceis com o fechamento da fábrica, que acabou se instalando em outro Estado. Antonio equilibrou-se entre o desemprego e os trabalhos temporários, enquanto os filhos adultos procuravam um rumo para a vida.

Analisando o texto

  • Um dos causadores da fuga de fábricas paulistas para outros estados: A política do governo paulista de incentivar atividades do setor terciário em detrimento da indústria.

  • O número de indivíduos nas grandes metrópoles latino-americanas que se dedicam a atividades temporárias sem vínculos trabalhistas e empregatícios vem crescendo significativamente nas últimas décadas. Tal fenômeno é classificado como: Subemprego.

  • O texto ainda nos fala que a filha mais velha de Antônio casou-se e mudou-se para Goiás. Um dos fatores que permitiu a região Centro-Oeste transformar-se numa área de atração populacional nas últimas décadas certamente foi a expansão da nova fronteira agrícola na região ocorrido nas últimas décadas.

Comentários