Auditoria dos activos

Auditoria dos activos

(Parte 8 de 12)

+ total do IPI R$ 1.800,00 e destacado no corpo da nota R$ 4.420,00., ref, ao ICMS pago pelo fornecedor de 17%.

2– Matéria-prima utilizada na produção do mês:

“A” 800 kg(calcular preço de custo por quilo)

“B” 1.500 kg(calcular preço de custo por quilo)

3 – outros Custos de produção no mês:

Mão-de-obra direta R$ 11.000,00

Custo Indireto de Fabricação R$ 9.576,00

4 – Foram produzidos em setembro 512 unidades. Não existia nenhum estoque de produtos em fabricação.

5- Vendas efetuadas no mês de setembro:

250 unidades a R$ 280,00 + 10% de IPI e 12% ICMS referente a vendas fora do Estado.

Pede-se:

- Calcular o Custo de Fabricação do produto Acabado;

- Determinar o Lucro ?Bruto sobre a venda; e

- Indicar os saldos líquidos dos Impostos a Pagar.

9- A empresa “LEQUE LEQUE” Ltda.., vende os produtos LAC-LEC-LIC. Os inventários e as compras do mês de dezembro e respectivos preços correspondem a:

PRODUTOS

DADOS

LAC

LEC

LIC

Inventário no dia 01/12

350 a R$ 80,00

350 a R$ 120,00

125 a R$ 200,00

Compras do Mês

100 a R$ 75,00

100 a R$ 105,00

85 a R$ 185,00

Vendas do mes

50 a R$ 150,00

100 a R$ 160,00

150 a R$ 180,00

100a R$ 300,00

Total do Estoque em 31/12

100

300

110

Valor mercado em 31/12

75

100

190

Pede-se: Determinar o valor de ajuste a ser feito no estoque levando-se em conta o menor preço entre custo e o mercado.

5- AUDITORIA DAS DESPESAS ANTECIPADAS

5.1- Objetivo;

A auditoria das despesas antecipadas, classificáveis como ativo circulante, tem a finalidade de:

  1. determinar que representem gastos efetivos que irão beneficiar o período subsequente;

  2. determinar se foram utilizados em bases uniformes os princípios de contabilidade geralmente aceitos;

  3. determinar se estão corretamente classificadas nas demonstrações financeiras e se as divulgações cabíveis foram expostas nas notas explicativas.

O papel de trabalho de análise das Despesas Diferidas refere-se ao grupo de despesas pendentes que são lançadas em definitivo na demonstração de resultados nos 12 meses do e exercício seguinte.

Essas despesas diferidas fazem parte do grupo do Ativo Circulante e diferem daquelas classificas como despesas diferidas do grupo de Ativo Permanente, pois abrangerão a amortização por mais de um ano.

5.2- Revisão do Controle Interno

A revisão do controle interno tem a finalidade de determinar qual a confiabilidade depositada no controle interno, para que se possam definir quais e quando os procedimentos de auditoria serão utilizados e em qual extensão.

Como cada empresa é uma entidade diferente, os controles internos nem sempre se equivalem, pois dependem dos valores envolvidos, do pessoal existente ou da quantidade de contas existentes.

Entre os vários tipos de controle podem ser utilizados:

  • mapa de apropriação mensal das despesas antecipadas;

  • Sistema de autorização e aprovação de pagamentos;

  • Estabelecimento de política e critérios contábeis definidos para as despesas antecipadas e,

  • Estabelecimento de política definida para a contratação para seus ativos.

5.3 Procedimentos de Auditoria

Os procedimentos de auditoria são as ferramentas que o auditor utiliza para a realização de seus trabalhos. Os procedimentos de auditoria que serão utilizados para o auditor atingir seus objetivos previamente delineados são vários, dependendo das circunstâncias, da efetividade do controle interno e da materialidade envolvida.

Os procedimentos mais comuns são:

Confirmação com as empresas de seguros quanto às apólices vigentes; exame documental de faturas notas fiscais e comprovantes relativos às adições; cálculo da amortização mensal das despesas antecipadas; classificação adequada das contas, observação dos princípios da Contabilidade.

O exame de auditoria das despesas antecipadas deve ser feito por meio de uma revisão dos itens que a compõem e determinar que estão de acordo com os princípios contábeis, observando-se:

  1. a despesa é real e está contabilizada por seu valor correto, o que pode ser confirmado por intermédio do exame documental;

  2. a despesa é realmente ativável e merece ser amortizada ao longo do tempo, não se justificando sua contabilização diretamente à despesa.

  3. os valores amortizados no período são adequados e naturalmente envolvem todos aqueles que deveriam Ter sido levados à despesa no período em exame.

5.4 - DESCONTO DE DUPLICATAS - DUPLICATAS DESCONTADAS

Quando uma empresa efetua vendas a prazo, fica estabelecido que o recebimento do valor somente se realizará na data do vencimento da duplicata.

Na maioria das empresas a venda a prazo representa apenas uma forma de incentivas as vendas dos produtos. Como os estoques vendidos precisam ser repostos e, para tanto, a empresa precisa de numerário, as duplicatas emitidas geralmente são utilizadas para gerar recursos, sob a forma de desconto.

A operação de desconto de duplicatas consiste basicamente na compra à vista, pelo banco, de tais títulos, mediante cobrança de despesas bancárias e dos juros correspondentes, geralmente os de mercado para esse tipo de operação.

Mediante entrega das duplicatas, o Banco em troca, adianta a empresa o dinheiro correspondente ao valor das duplicatas.

Desconto: é um recebimento realizado antecipadamente, mediante a transferência da propriedade do título para uma instituição financeira; nessa hipótese, o direito de recebimento do título não mais pertence à sociedade que o emitiu, mas sim a quem o descontou (instituição financeira).

Entretanto, caso o devedor não honre o pagamento do mesmo, cabe à instituição financeira o direito do regresso contra a empresa que o descontou, ou seja, esta deverá pagar ao banco o valor do título não quitado pelo devedor.

Classificação: a conta Duplicatas Descontadas deve ser classificada como redutora da conta Duplicatas a Receber no Ativo Circulante ou no Ativo Realizável a Longo Prazo.

Encargos Financeiros: os encargos financeiros cobrados pelo banco representam despesas antecipadas e devem ser classificados no AC ou no ARLP, sendo apropriados(contabilizados) em conta de resultado à medida que forem sendo incorridos(proporcionalmente ao prazo do desconto.

Exemplo Prático:

A Cia Comercial SOS, descontou em 01/02/2000, junto ao Banco Norte Sul, uma duplicata no valor de R$ 20.000,00, cujo vencimento ocorrerá em 31/03/2001. O Banco descontou, antecipadamente, despesas financeiras na ordem de R$ 8.000,00 e despesas bancárias fixas, necessárias à cobrança do título, no valor de R$ 500,00 e creditou na conta corrente da empresa o valor líquido de R$ 11.500,00.

O saldo da conta Duplicatas a Receber 01/12/2000, era de R$ 800.000,00.

Contabilize a referida operação, sabendo que a duplicata foi paga integralmente pelo cliente em 31/03/2001.

Contabilização:

  1. Pelo Desconto em 01/02/2000:

DIVERSOS

A DUPLICATAS DESCONTADAS - AC

BANCO C/MOVTO (NORTE SUL S/A) - AC 11.500,00

DESPESAS FINANCEIRAS A APROPRIAR - AC 8.000,00

DESPESAS BANCÁRIAS - DRE 500,00 20.000,00

  1. Pela apropriação proporcional dos encargos em 2000.

Número de dias correspondente aos juros

01/02/2000 a 31/03/2001

fev/2000 = 29 dias = 545,90

março/2000= 31 dias = 583,54

abril/2000= 30 dias = 564,72

maio/2000= 31 dias = 583,54

junho/2000= 30 dias = 564,72

julho/2000= 31 dias = 583,54

agosto/2000= 31 dias = 583,54

setembro/200= 30 dias = 564,72

outubro/2000= 31 dias = 583,54

novembro/2000= 30 dias = 564,72

dezembro/2000= 31 dias = 583,54

janeiro/2001= 31 dias = 583,54

fevereiro/2001= 28 dias = 527,07

março/2001= 31 dias = 583,54

Total de dias 425 dias

Juros diários = 8.000,00 = R$ 18,824(diário)

425

Contabilização

DESPESAS FINANCEIRAS - DRE

a DESPESAS A APROPRIAR -AC 545,90

      1. - BAIXA PELA LIQUIDAÇÃO DAS DUPLICATAS DESCONTADAS

Ocorrendo a liquidação das duplicatas, através do pagamento ao Banco pelo devedor., o Banco emite um aviso a empresa informando o fato, e esta efetua o lançamento de baixa na conta de Duplicatas a Receber e na conta de Duplicatas Descontadas.

Registro da Baixa das Duplicatas pela liquidação.

DUPLICATAS DESCONTADAS - AC

a CLIENTES - DUPLICATAS A RECEBER 20.000,00

Caso a duplicata não seja liquidada pelo sacado, o Banco devolverá o referido título à empresa(cedente), debitando em sua conta corrente o valor correspondente ao desconto, bem como os eventuais encargos de mora sobre a sua liquidação.

Consideremos que a duplicata não seja liquidada no vencimento, e que o Banco proceda a sua devolução à empresa.

Considerando ainda, que naquela ocasião os encargos pelo atraso no pagamento da referida duplicata somassem a importância de R 375,00.

DIVERSOS.

a DUPLICATAS DESCONTADAS - AC 20.000,00

JUROS E COMISSÕES BANCÁRIAS 375,00

Demonstrar como ficariam os valores no Balanço patrimonial de dezembro/2000.

EXERCÍCIO:

A Companhia Topa Tudo descontou em um banco, no dia 01/12/1999, uma duplicata no valor de R$ 4.000,0 cujo vencimento é de 28/02/2000,pagando antecipadamente, juros simples de 10% ao mês e 5% de despesas bancárias fixas pela cobrança da duplicata. Assinale a alternativa correta em relação ao lançamento contábil efetuado em 01/12/1999, pela empresa, e demais lançamentos efetuados, considerando que o pagamento foi efetuado normalmente no vencimento, sabendo que a empresa encerra seu período-base em 31/12/1999.

5.4.2- SEGUROS A VENCER OU A APROPRIAR

Dados colhidos pelo auditor no levantamento da Conta Despesas Antecipadas:

Ref: apólice de Seguro

Espécie de Seguro: Contra incêndio.

Bens Segurados: Instalações da loja e do escritório

Seguradora: Cia Tranquila - Apólice no.103

Valor Segurado R$ 1.000.000,00

Prêmio Total Pago: R$ 12.000,00

Vigência da Apólice: 01/11/99 a 31/10/2000.

Forma de Pagamento: 3 parcelas fixas de R$ 4.000,00 (1 entrada + 2 de igual valor)

O Auditor verificou a seguinte situação em 31/12/99.

Saldo das Contas

Seguros a Apropriar - AC R$ 4.000,00

Seguros a Pagar R$ 4.000,00

Seguros - Despesas Administrativas R$ 8.000,00

Não havia menção nas notas explicativas e sequer registro contábil.

Você como Auditor como orientaria a Fazer o Registro Contábil da operação e o controle desta operação?

Controle de Prêmios de Seguro a Apropriar

Espécie de Seguro: Contra incêndio.

Bens Segurados: Instalações da loja e do escritório1.000,00

Seguradora: Cia Tranquila - Apólice no.103

Valor Segurado R$ 1.000.000,001.000,001.000,00

Prêmio Total Pago: R$ 12.000,00

Vigência da Apólice: 01/11/99 a 31/10/2000.

Forma de Pagamento: 3 parcelas fixas de R$ 4.000,00 (1 entrada + parcelas

2 de igual valor)1.000,00

Valor da quota

Saldo a apropriar

Nov/1999

1.000,00

11.000,00

Dez/1999

1.000,00

10.000,00

Jan/2000

1.000,00

9.000,00

Fev/2000

1.000,00

8.000,00

Mar/2000

1.000,00

7.000,00

Abril/2000

1.000,00

6.000,00

Mai/2000

1.000,00

5.000,00

Jun/2000

1.000,00

4.000,00

Jul/2000

1.000,00

3.000,00

Ag/2000

1.000,00

2.000,00

Set/2000

1.000,00

1.000,00

Out/2000

1.000,00

0,00

Lançamentos Contábeis

Pela Contratação:

SEGUROS CONTRATADOS (COMPENSAÇÃO ATIVA)

a CONTRATOS DE SEGUROS (COMPENSAÇÃO PASSIVA) 1.000.000,00

Pela Contratação de seguro contra incêndio nas instalações

Da loja e do escritório, cf. apólice no.0012 da Cia Tranquila

Pela Constituição da Obrigação

PRÊMIOS DE SEGUROS A APROPRIAR - AC

a PRÊMIOS DE SEGUROS A PAGAR - PC 12.000,00

Valor da apólice de Seguros no.0012 da Cia Tranquila

C/vencto final para 02/01/2000.

Pelo pagamento do Prêmio:

PRÊMIOS DE SEGUROS A PAGAR - PC

a DISPONIBILIDADES - AC 4.000,00

Pelo pagamento da 1a parcela da apólice no.0012 da

Cia Tranquila Ltda.

Pela apropriação mensal da despesa:

DESPESAS C/SEGURO - DESPESAS ADMINISTRATIVA

A PRÊMIOS DE SEGUROS A APROPRIAR - AC 1.000,00

Pela apropriação da quota relativa ao mês de novembro/1999

Do prêmio de seguro contra incêndio da loja e do escritório, cf.

Apólice no.0012 da Cia Tranquila

Nos meses seguintes são procedidos lançamentos similares ao do pagamento das duas últimas parcelas, e da apropriação da cota mensal do prêmio incorrido em conformidade com o mapa de controle, de modo que, em 31/12/99, deveria Ter aparecido a seguinte demonstração no Balanço Patrimonial:

DESPESAS ANTECIPADAS - AC

a PRÊMIO DE SEGUROS A APROPRIAR 10.000,00

OUTRAS OBRIGAÇÕES - PC

a PRÊMIOS DE SEGUROS A PAGAR 2.000,00

E, na Demonstração do Resultado do Exercício:

DESPESAS OPERACIONAIS

a DESPESAS DE SEGURO 2.000,00

(Parte 8 de 12)

Comentários