Prevencao e tratamento de feridas - da evidência à prática

Prevencao e tratamento de feridas - da evidência à prática

(Parte 1 de 5)

Prevenção e Tratamento de Feridas Da Evidência à Prática

Novembro 2014, Primeira Edição

Prevenção e Tratamento de Feridas Da Evidência à Prática

TÍTULO Prevenção e Tratamento de Feridas - Da Evidência à Prática

Coordenadores

Cristina Afonso, Gustavo Afonso Manuel Azevedo, Marta Miranda Paulo Alves

Revisores

Alice Rodrigues, André Vaz

Beatriz Araújo, Carlos Cancela

Cristina Afonso, Eduardo Capitão Gustavo Afonso, Manuel Azevedo

Marta Miranda, Paula Caldas

Paulo Alves, Rita Videira Vanessa Dias

Editores

Eugénio Pinto Isabela Vieira

Paginação e design HARTMANN Portugal – w.hartmann.pt

Email care4wounds@gmail.com

Internet w.care4wounds.com Redes sociais https://w.facebook.com/pages/Care4Wounds/357547461059213

© 2014 – Prevenção e Tratamento de Feridas - Da Evidência à Prática

Todos os direitos reservados de acordo com a legislação em vigor Primeira edição | Novembro 2014

Os textos são da responsabilidade dos autores, aos quais estão igualmente reservados todos os respetivos direitos autoriais, designadamente noutras edições em português, em traduções e, de uma forma geral, em reproduções, totais ou parciais, por qualquer outro meio.

Nenhuma parte deste livro, sem autorização prévia por escrito, poderá ser reproduzida ou transmitida sejam quais forem os meios utilizados.

Dado que o conhecimento em saúde está sempre em mudança e evolução, os cuidados normais de segurança devem ser sempre seguidos. Nem os editores nem os autores assumem qualquer responsabilidade por eventual dano ou perda a pessoas ou a propriedade originada por esta publicação.

Colaboradores Colaboradores

Alice Rodrigues Farmacêutica na ARS Norte

Ana Rute Faria Pós-graduação – Intervenção Avançada em Feridas (Escola superior de Enfermagem- Universidade do Minho) Enfermeira UCCI "We Care"

André Vaz Mestrando em Feridas e Viabilidade Tecidular UCP-ICS Porto Enfermeiro na USF St. André de Canidelo Membro grupo Consensos em Feridas ACeS Gaia Coordenador Grupo Úlceras de Perna da Associação Portuguesa de Tratamento de Feridas Membro Medical Board International Compression Club

Aníbal Justiniano Licenciado em Medicina Especialista em Cirurgia Geral Membro da Direção da Associação Portuguesa de Tratamento de Feridas (Presidente)

Beatriz Araújo Doutora em Ciências de Enfermagem pela Universidade do Porto Professora Coordenadora no Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Católica Portuguesa

Carla Sá Couto Carla Sá Couto, PhD Prof. auxiliar na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto Investigadora no Center for Health Technology and Services Research (CINTESIS) Presidente da Associação Portuguesa de Epidermólise Bolhosa (Debra Portugal)

Carlos Cancela Pós-graduado em Enfermagem Avançada (ACN) Enfermeiro Especialista em Saúde Comunitária (CNS)

Carolina Gouveia Carolina Gouveia, MD Fundadora e coordenadora (até 2013) da Consulta Multidisciplinar de Genodermatoses do Centro Hospitalar Lisboa Norte E. P .E., Hospital de Santa Maria Colaboradora no projeto europeu "Together Against Genodermatoses" Membro do grupo de trabalho internacional «Genodermatoses in Mediterranean” Dermatologista no Serviço de Dermatologia do Hospital Universitário de Linköping, Suécia (Hudkliniken, Linköping Universitetssjukhuset)

Cátia Cunha Enfermeira no ACeS Famalicão Membro da Associação Portuguesa de Tratamento de Feridas

Cristina Afonso Enfermeira na USF MRP do ACeS Cávado I - Braga Pós-graduação em Feridas e Viabilidade Tecidular (UCP-ICS Porto) Membro da Associação Portuguesa de Tratamento de Feridas

Cristina Miguéns Licenciatura em Enfermagem Especialização em Enfermagem de Saúde Infantil e Pediátrica Pós-graduação em Viabilidade Tecidular e Tratamento de Feridas Clinical Educator Iberia & Latin-America Voluntária da Debra Portugal integrando o Grupo de Cuidados Integrados em EB

Daniel Pereira Ortoprotésico Coordenador Ortopedia Internacional

Eduardo Capitão Pós-licenciatura em Especialização em Enfermagem de Reabilitação (ESEP) Enfermeiro Especialista em Enfermagem de Reabilitação na Unidade de Cuidados Intensivos Polivalente Geral do Centro Hospitalar de São João, EPE Mestre em Medicina Tradicional Chinesa (ICBAS - Universidade do Porto) Membro da Associação Portuguesa de Tratamento de Feridas Secretário do Conselho Fiscal da Associação Portuguesa de Tratamento de Feridas

Eugénio Pinto Jornalista Escritor Copidesque

Filomena Mota Mestre Ciências de Enfermagem (ICBAS) Pós-graduação Supervisão Clínica (ESEP) Curso Tratamento de Feridas e Viabilidade Tecidular Enfermeira Ortopedia do Hospital da Prelada Membro da direção da Associação Portuguesa de Tratamento de Feridas e coordenadora do grupo de trabalho Úlceras de Pressão Formadora APTFeridas

Gustavo Afonso Pós-graduação em Feridas e Viabilidade Tecidular (UCP-ICS Porto) Enfermeiro no ACeS Cávado I - Braga Membro da Associação Portuguesa de Tratamento de Feridas

Helena Silva Enfermeira Especialista em Enfermagem de Reabilitação Pós-graduada em Supervisão Clínica Do Quadro CIT do Centro Hospitalar São João, atualmente em funções por regime de cedência de interesse público na ARS Norte - ACeS Cávado I – Braga

Inês Barreto Vieira Enfermeira Unidade de Cuidados Intensivos Polivalentes do Hospital de Braga

Isabela Vieira Enfermeira no Hospital de Braga Responsável da Associação Portuguesa de Apoio ao Bebé Prematuro - Braga

Joana Oliveira Staff Nurse at Cardiac Cath Labs at Papworth Hospital NHS Foundation Trust Membro da Associação Portuguesa de Tratamento de Feridas

João Cainé MSc em Ciências de Enfermagem Enfermeiro Especialista em Enfermagem Médico-Cirúrgica Prof. Adjunto na Escola Superior de Enfermagem – Universidade do Minho

João Neves Amado Assistente Instituto Ciências da Saúde Universidade Católica Portuguesa – Porto

Jorge Oliveira Pós-graduado em Supervisão Clínica pela Escola Superior de Enfermagem da Universidade do Minho Pós-graduado em Feridas e Viabilidade Tecidular pela Universidade Católica Portuguesa – ICS Porto Diretor Técnico / Enfermeiro Responsável pela UCC da Santa Casa da Misericórdia de Vizela

José Cardoso Licenciado em Economia Diretor Executivo do ACeS Cávado I - Braga

José Neves Cirurgião Vascular Serviço de Cirurgia do Hospital de Santo António dos Capuchos – Centro Hospitalar de Lisboa Central

Lúcia Vales Enfermeira Graduada Serviço Urgência Adultos, Centro Hospitalar S. João – Porto

Luís Matos Staff Nurse, Papworth Hospital Nhs Foundation Trust, Thoracic day ward Membro da Associação Portuguesa de Tratamento de Feridas

Luís Simões Enfermeiro da Unidade de Queimados do CHU Coimbra Enfermeiro Especializado em Enfermagem Comunitária Formador ARS Centro, IP

Manuel Azevedo Licenciado em Enfermagem Pós-graduação em Emergência e Traumatologia Mestrando em Feridas e Viabilidade Tecidular

Realiza Investigação na área farmacêutica e de feridas

Manuela Rodrigues Especialista em Enfermagem de Saúde Comunitária Enfermeira Chefe Vogal do Conselho Clínico e da Saúde do ACeS Cávado I - Braga

Margarida Louro Enfermeira Chefe Ex-vogal do Conselho Clínico e da Saúde do ACeS Cávado I Braga

Mariana Gil Enfermeira na UCIN do CHVNGaia / Espinho EPE Membro da Associação Portuguesa de Tratamento de Feridas

Marta Ferreira Mestre em Medicina Pós-graduação em Geriatria (FMUP) Médica Interna de Formação Específica em Medicina Geral e Familiar na USF S. Lourenço - ACeS de Braga

Marta Miranda Pós-graduação em Enfermagem de Emergência (Escola Superior de Enfermagem D. Ana Guedes - Porto) Pós-graduação em Feridas e Viabilidade Tecidular (Universidade Católica Portuguesa - Porto) Pós-graduação em Enfermagem de Cuidados Paliativos (Escola Superior de Enfermagem - Universidade do Minho - Braga) Membro da Associação Portuguesa de Tratamento de Feridas Enfermeira no ACeS Cávado I – Braga

Miguel Tavares Enfermeiro Especialista em Enfermagem Médico-Cirúrgica Mestre e licenciado em enfermagem Pós-graduado e licenciado em Ciências da Educação Exerce no Serviço de Cuidados Paliativos do Centro Hospitalar de São João e anteriormente no Serviço de Cuidados Paliativos do IPO do Porto

Mónica Ribeiro Pós-graduação Especialização em Enfermagem de Reabilitação Enfermeira no ACeS do Ave Famalicão Membro da Associação Portuguesa de Tratamento de Feridas

Palmira Peixoto Licenciatura em Enfermagem com Especialidade Médico-Cirúrgica (UCP – Braga) Pós-graduação em Estomaterapia (ESSE – Universidade do Minho) Mestrado em Feridas e Viabilidade Tecidular (UCP – Porto) Enfermeira Especialista e Estomaterapeuta no Hospital de Braga Membro dos órgãos sociais da APECE (Associação Portuguesa de Enfermeiros em Cuidados de Estomaterapia)

Paula Caldas Especialista em Enfermagem Médico-Cirúrgica Pós-graduação em feridas Enfermeira no ACeS de Braga

Paula Carvalho Master em Podologia Clínica e Cirúrgica (Universidade Europeia de Madrid) Fellowship em Medicina Podiátrica (Univ.Temple, EUA) Podologista no Hospital Privado de Braga Podologista na Sepri 24 - serviços de saúde Membro da Associação Portuguesa de Tratamento de Feridas (APTF) Membro da Sociedade Portuguesa de Investigação e Desenvolvimento da Podologia (SPIDP)

Paulo Alves Assistente Instituto Ciências da Saúde – Porto, Universidade Católica Portuguesa Membro da Direção da Associação Portuguesa de Tratamento de Feridas (Vice-presidente)

Paulo Ramos Mestre em Feridas e Viabilidade Tecidular (UCP - Porto) Enfermeiro USF S. Bento, ACeS Grande Porto I - Gondomar Membro da Direção da Associação Portuguesa de Tratamento de Feridas

Ricardo Paço Pós- graduado em Tratamento de Feridas (Escola Superior de Saúde de Setúbal) Especialista em Tratamento de Feridas pela Universidade de Hertfordshire Enfermeiro na IberWounds Membro da Association for the Advancement of Wound Care Membro do International Compression Club Consultor para sistemas de informação em feridas no Reino Unido pela LongHand data

Rita Videira Especialista Enfermagem Médico-Cirúrgica Pós-graduação em Feridas e Viabilidade Tecidular (UCP – Porto) Enfermeira ACeS Porto Ocidental (USF S. João do Porto) Membro da Associação Portuguesa de Tratamento de Feridas Membro do Editorial Board do Ewma Journal

Rui Escaleira Licenciado em Medicina Pela Universidade do Porto (ICBAS) Especialista em Cirurgia Geral Assistente Hospitalar no Serviço de Cirurgia Geral da ULSAM e membro da Comissão de Feridas daquela instituição Docente convidado da Universidade Católica: Leciona o capítulo de Úlceras de Perna no Mestrado em Feridas e Viabilidade Tecidular Docente convidado do Mestrado Integrado de Medicina da Escola de Ciências da Saúde da Universidade do Minho Membro da APTFeridas Membro do International Compression Club

Rui Pereira MSc em Sociologia – Especialização Sociologia da Saúde Enfermeiro Especialista em Enfermagem Comunitária Prof. Adjunto na Escola Superior de Enfermagem – Universidade do Minho

Rui Reis Enfermeiro especialista em enfermagem de reabilitação (CESPU) Enfermeiro ACeS Cavado l

Sandra Lourenço Nutricionista, MHSc Clinical Nutrition ACeS Cávado I – Braga

Sónia Martins Enfermeira de família na UCSP Terra Verde - Pico de Regalados do ACES Cávado I - Gerês / Cabreira

Tahydi Collado Assistente de Medicina Geral e Familiar no ACeS de Braga Pós-graduação em Comunicação Membro da APMCG Facilitadora dos cursos EURACT

Vanessa Dias Doutorando em Enfermagem no Instituto Ciências da Saúde do Porto - Universidade Católica Portuguesa Mestre em Saúde Pública pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto Enfermeira na USF Santo André de Canidelo Membro da Direção da Associação Portuguesa de Tratamento de Feridas

Prólogo Prólogo

Os avanços científicos na saúde levaram ao aumento da esperança média de vida. Esta longevidade, mantida por cuidados de saúde cada vez mais eficazes e eficientes tecnologicamente, traçou o aparecimento de doenças crónicas, mais ou menos controladas, mas condicionantes de dependências e de vidas prolongadas nem sempre com a melhor ou desejada qualidade de vida.

As feridas, e em particular as feridas crónicas, representam uma dessas consequências e um sério problema de saúde.

Para a pessoa portadora de ferida, as suas repercussões fazem-se sentir a nível físico e psicossocial, representando quase sempre uma limitação na sua qualidade de vida. A um nível mais amplo, este problema de saúde tem consequências socioeconómicas, pois a sua abordagem envolve elevados custos materiais e humanos.

O tratamento de uma pessoa portadora de ferida é um processo complexo, que deve ser rigoroso e contemplar conhecimentos científicos e tecnológicos que permitam uma abordagem efetiva e eficaz. Seria desejável que todos os profissionais de saúde adotassem uma prática baseada em evidência científica de forma a atingir ganhos em saúde.

A elaboração deste livro “Prevenção e Tratamento de Feridas – da Evidência à Prática” em formato e-book nasceu de uma parceria entre o Agrupamento de Centros de Saúde de Braga e a Associação Portuguesa de Tratamento de Feridas. Foi possível concretizá-lo graças ao contributo de um vasto leque de autores, de reconhecido mérito e interesse pelo tratamento de feridas, abordando a temática de uma forma global e multidisciplinar. Para a arte gráfica contamos com o apoio da Hartmann.

Esperamos que este manual seja uma mais-valia para os profissionais de saúde que cuidam de pessoas com ferida.

feridas, siga a nossa página de facebook “Care 4 Wounds”:

Está disponível para download gratuito em w.care4wounds.com. Para obter futuras atualizações, produtos similares e discussão de assuntos relacionados com o tratamento de https://w.facebook.com/pages/Care4Wounds/357547461059213.

Gustavo Afonso

Prefácios Prefácios

Todos os que lidam com o tratamento de feridas reconhecem que tem havido francos progressos nesta área, não só no conhecimento da fisiologia da cicatrização das feridas agudas, como da fisiopatologia da cicatrização das feridas crónicas, permitindo uma melhor abordagem e orientação do doente com ferida. Não é estranho, também, o esforço da indústria farmacêutica na elaboração de novos dispositivos, antisséticos e material de penso que são colocados à disposição dos profissionais de saúde para serem empregues no tratamento local da ferida.

Por isso, a relevância da formação destes profissionais de saúde, envolvendo instituições e os próprios profissionais de saúde, numa partilha de conhecimentos, é realizada sempre com um objetivo: melhorar a qualidade de vida do doente.

Esta atualização permanente, a que os profissionais de saúde voluntariamente se obrigam, apesar de muitos entraves e dificuldades que defrontam, resultam do alto sentido de responsabilidade no exercício das suas profissões, procurando em livros e revistas das respetivas especialidades e no contacto com os seus pares um desenvolvimento constante de saberes.

Todos os profissionais de saúde que neste livro dão o seu contributo, na área científica em que desenvolvem a sua atividade, fazem-no com consciência plena de estar a contribuir para uma transmissão de conhecimentos a outros profissionais que também se empenham no tratamento dos doentes com feridas.

Os temas apresentados estão não só orientados para a abordagem do Tratamento e Prevenção das Feridas, permitindo melhores e mais rápidos resultados, mas, também, numa perspetiva de evitar desperdícios e proporcionar uma economia de meios, evitando as consequências das más práticas.

(Parte 1 de 5)

Comentários