Produção e utilização de rações de tilapias

Produção e utilização de rações de tilapias

(Parte 4 de 4)

alevinos

Os processos de produção das diferentes rações na empresa Xibaha limitada são basicamente dois sendo o de fabrico de ração hormonal que consiste na mistura dos ingredientes ração com hormona masculinizante e a outra é das rações normais, de engorda e de estrume produzidas a partir do processo de estrusão e esta última sendo moída para facilitar a alimentação dos

As rações produzidas na empresa são bem balanceadas, visto que, possuem em sua composição ingredientes com todos elementos nutricionais essenciais para responder todas as exigências nutricionais das tilápias, substituindo desta a ração de frangos de corte fornecida pelos piscicultores na engorda das tilápias.

As estratégias adoptadas para o fornecimento da ração na alimentação das diferentes categorias de tilápias produzidas são: hormonal fornecida as de duas em duas horas em 5 refeições/ dia para as pós-larvas na reversão sexual, estrume ração em forma farelada é usada para alimentação dos alevinos, duas vezes ao dia, ração normal e de engorda fornecida duas vezes ao dia as tilápias de tamanho maior para os reprodutores e tilápias para engorda respectivamente.

4.3 Sugestões

Sugere se ao proprietário da empresa Xibaha limitada Vilanculos a adquirir equipamento de protecção individual (mascaras, luvas e chapeus) para o pessoal de fabrico de ração;

irá condicionar o funcionamento de toda empresa

Igualmente ao proprietário a aquisição máquinas extrusora e de moagem visto que a empresa conta com cada unidade dessas máquinas o que por mau funcionamento ou mesmo paragem

Sugere se aos pesquisadores para investigarem e divulgarem mais áreas de aquacultura, visto que existem poucas obras práticas da nossa realidade moçambicana.

Aos pesquisadores para fazerem um estudo aprofundado sobre a composição nutricional de forma enxolada de cada ingrediente usado para fabricar rações na empresa assim como de efectuarem experiências usando as rações produzidas na Xibaha limitada comparando com a ração de frangos de corte.

4.4 Bibliografia

ALVARENGA, Gabriel. A Importância dos Nutrientes para uma Vida Saudável. CRN. Brasil. 2001.

ARAÚJO, Josivânia Rodrigues de. Avaliação de Alimentos Alternativos Regionais para a Tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus). Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Vale do São Francisco, para mestre em Ciência Animal. PETROLINA. 2010.

BHUJEL, Ram C., Manual do Cultivo de Tilápia. Aquaculture and Aquatic Resources Management (AARM). Asian Institute of Technology (AIT), Thailand. Thailand. 2011.

CORREIA, Ana Paula, MORAES ALVES, Ângela Raquel, LOPES, José Patrocínio & SANTOS, Fátima Lúcia Brito dos. Reversão Sexual em Larvas de Tilápia-do-Nilo, Oreochromis Niloticus em Diferentes Condições Ambientais. Rev. Bras. Eng. Pesca 1, ago. Brasil. 2006.

EER, A. V., SCHIE, T. V. & HILBRANDS, A., Piscicultura Feita em Pequena Escala na Água Doce. Agrodok 15. Primeira edição em português. Tradução Mariana Moiana. 2004.

EMBRAPA - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Rações para organismos aquáticos: tipos e formas de processamento. Documentos ISSN 2318-1400. 14. Abril, 2015.

JÚNIOR, Manuel Vazquez Vidal. Alevinos de Tilápia - Reversão Sexual, Alimentação, Comercialização e Transporte. Manual do curso Criação de Tilápias, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas. Brasil. Sd.

KUBITZA, Fernando. Cultivo de Tilapia: Dicas de Ajuste na Alimentação. Panorama da

AQÜICULTURA, Novembro/Dezembro, 2006. Vol. 16. No 98. Brasil. 2006.

KUBITZA, Fernando. Excessiva Alimentação pode Agravar a Mortalidade de Peixe em Sistemas Intensivos de Cultivo. Panorama da AQÜICULTURA, Janeiro/Fevereiro, 2008. Vol.

18. No 105. Brasil. 2008.

KUBITZA, Fernando. Nutrição e Alimentação de Tilápias - Parte 1. Consultoria e Treinamento em Aqüicultura. Panorama da AQÜICULTURA março/abril, 1999. Vol. 9. No 52. Brasil. 1999.

KUBITZA, Fernando. O Uso da Metiltestosterona (MT) na Masculinização de Tilápias um Desafio para o MPA. Panorama da AQÜICULTURA, novembro, dezembro, 2009.

LÓPEZ, Avelina., GARRIDO, Gabriel, MURAMA, José & CHEMANE, Alcino., Projeto da Estratégia de Aquacultura do Distrito de Caia. Apoio na Elaboração de uma Estratégia de Desenvolvimento da Aquacultura nos Distritos de Caia e Gorongosa. Moçambique (SADCG). Projeto Ref. nº SA-3.3-B17-REL. MOÇAMBIQUE. 2003.

MAE - MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO ESTATAL. Perfil do Distrito de Vilanculos, Província de Inhambane. 2005.

OLIVEIRA, Elenise Gonçalves de, SANTOS, Francisco José de Seixas, PEREIRA, Alitiene Moura L. & LIMA, Carolyny Batista. Produção de tilápia: Mercado, espécie, biologia e recria. Circular Técnica. 2007.

RIBEIRO, Paula Adriane Perez, GOMIERO, Juliana Sampaio Guedes & LOGATO, Priscila Vieira Rosa. Manejo Alimentar De Peixes. Brasil. Sd.

SANTOS, Felipe Wagner Bandeira. Nutrição de Peixes de Água Doce: Definições, Perspectivas e Avanços Científicos. DEP/CCA/UFC. SEAP-Secretaria Especial de Aqüicultura e Pesca. Brasil. Sd.

TEIXEIRA, Erivânia Gome. Adaptação de Metodologias de Manejo Reprodutivo como Subsídios para a Implantação de um Programa de Melhoramento Genético da Tilápia do Nilo (Oreochromis Niloticus) Variedade Chitralada no Centro de Pesquisa em Aquicultura- CPA/DNOCS. Fortaleza – Ceará – Brasil. 2007.

GOOGLE-EARTH. Localização da área em estudo (Xibaha limitada). [online] Disponível na Internet via https://pt.googleearth/vilankulo_inhambane. 2003. Arquivo capturado em 12 de Março de 2016.

ANEXO I: Entrevista Exmo/a senhor/a

Instituição: Xibaha Limitada Distrito: Vilanculos Estado: Moçambicana Vila Municipal de Vilankulo Província: Inhambane

Este questionário faz parte de um estudo que pretende-se realizar no âmbito da conclusão da etapa de licenciatura do curso de agropecuária na Universidade Pedagógica delegação de Massinga sobre o fabrico e utilização das rações alimentares de tilápias na empresa Xibaha limitada.

Obrigado pela sua colaboração

1.Quais são os materiais usados para fabrico de rações utilizados na empresa Xibaha Limitada?

2.Como é efectuada a secagem das rações fabricadas de rações utilizados na empresa Xibaha limitada?

3.Onde e como são conservadas as rações fabricadas na rações na empresa Xibaha Limitada?

4.Quais são os ingredientes e quantidades usados na confecção das diferentes rações alimentares de tilápias?

5.Quais são as formas de preparação das diferentes rações alimentares de tilápias?

6.Como são operacionalizadas as máquinas?

7.Como é efectuado o maneio alimentar das tilápias na empresa?

(Parte 4 de 4)

Comentários