Cofen Manual Selo - de - Qualidade

Cofen Manual Selo - de - Qualidade

(Parte 3 de 6)

21 Manual Selo da Qualidade | Cofen

Método

As instruções são documentos que estabelecem orientações técnicas quanto ao método de realizar a assistência de Enfermagem e procedimentos administrativos, normas, requisitos, especificações e atribuições quanto ao bom desenvolvimento dos processos de trabalho. O objetivo primário das instruções é fazer com que pessoas que executem a mesma tarefa o façam de forma uniforme.

a) O Serviço de Enfermagem possui instruções de trabalho atualizadas e documentadas?

As instruções de trabalho devem estar atualizadas e refletir as práticas e valores da Instituição. Métodos de análise crítica e atualização devem ser definidos e aplicados.

A atualização deverá seguir a política de gestão de documentos da instituição.

b) As instruções de trabalho documentadas foram elaboradas com base em referências teóricas?

Os procedimentos técnicos devem ser elaborados levando em consideração as melhores práticas descritas em literatura específica e atualizada.

c) As instruções de trabalho foram aprovadas pela direção e/ou gerência do Serviço e validadas pelas áreas competentes quando necessário?

Procedimentos devem ser chancelados pela direção do Serviço de Enfermagem e validados por áreas competentes para prover maior segurança na realização dos processos de trabalho da assistência de Enfermagem.

d) As instruções de trabalho são mantidas no setor e em local de fácil acesso para consulta dos profissionais do Serviço de Enfermagem e demais áreas?

As instruções técnicas são mantidas no setor em local de fácil acesso para consulta dos membros do serviço de enfermagem e outros interessados a fim de evidenciar a documentação dos processos de trabalho.

e) As instruções de trabalho são executadas pelos colaboradores do Serviço de Enfermagem conforme documentação?

2 Manual Selo da Qualidade | Cofen

Método

A metodologia aplicada na execução dos processos de trabalho deve ser de acordo com o que está descrito nos procedimentos técnicos.

f) A Gestão do Serviço de Enfermagem garante que as atualizações dos procedimentos são de conhecimento da equipe de trabalho?

As instruções de trabalho atualizadas deverão ser divulgadas para a equipe de trabalho a fim de que a mesma reveja os processos de acordo com a descrição do procedimento.

A escala mensal de serviço se refere à distribuição dos profissionais da equipe de Enfermagem em uma unidade, durante todos os dias do mês, de acordo com os turnos de trabalho (manhã, tarde e noite). A escala mensal é também chamada de escala de pessoal e de escala de folgas, pois é nela em que são registradas as folgas, férias e licenças dos integrantes da equipe.

a) O Responsável Técnico (RT) tem disponível todas as escalas mensais de trabalho para consulta?

Para garantir um número adequado de funcionários durante 24 horas por dia, considerando a legislação vigente e o planejamento de folgas, a liderança é responsável pela elaboração da escala mensal, podendo esta função ser delegada a outro enfermeiro da equipe. Porém, a liderança deverá supervisionar a elaboração da escala e disponibilizá-la com antecedência a todos os interessados.

b) A escala mensal de serviço apresenta identificação completa do profissional (nome completo, registro funcional, número do COREN, função e jornada de trabalho)?

Uma escala mensal de serviço bem estruturada deve contemplar pelo menos o nome completo de cada funcionário e o cargo que ele ocupa, bem como atender à distribuição de descanso semanal remunerado, conforme determina a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) para cada um dos turnos: M (Manhã), T (Tarde), N (Noite).

c) A escala foi aprovada pelo responsável do departamento/setor/unidade?

A validação da escala mensal de serviço pelo responsável do departamento/setor/unidade é o deferimento formal que legitima a orientação/aplicação da mesma a todos os profissionais do

23 Manual Selo da Qualidade | Cofen

Método

Serviço. Na aprovação deve constar nome completo, data, carimbo e assinatura, antes de ser divulgada aos interessados.

d) A escala está disponível em local de fácil acesso para consulta por todos os profissionais do Serviço de Enfermagem?

Toda escala mensal de serviço, deve cumprir com seu objetivo quanto à consulta e orientação para a equipe de trabalho, portanto, disponibilizada em local visível e de fácil acesso a todos os interessados.

O Serviço de Enfermagem deve contar com a padronização de impressos e formulários a fim de organizar toda a documentação administrativa e de apoio à assistência de Enfermagem.

a) A instituição possui impressos e formulários padronizados com análise crítica sobre sua utilização?

Impressos e formulários devem ser analisados criticamente, de forma sistematizada, quanto a sua finalidade de uso e posteriormente padronizados no Serviço de Enfermagem.

b) Os impressos e formulários são compatíveis com as necessidades de uso e com os procedimentos documentados do Serviço de Enfermagem?

Impressos e formulários são documentos que dão suporte ao registro de informações com o objetivo de otimizar os processos de trabalho.

c) Os impressos e formulários padronizados foram submetidos a um fluxo de aprovação?

Quando impressos, os formulários são sistematicamente analisados para posterior padronização, reduz a informalidade, o desperdício, duplicidade de informação e redundância.

4.2.3 Perspectiva 3 | Aspectos Operacionais

Aspectos operacionais compreendem critérios e itens de avaliação com foco na competência do Serviço de Enfermagem em desenvolver, organizar, estruturar, conduzir e controlar seus processos de trabalho.

24 Manual Selo da Qualidade | Cofen

Método

A política da assistência de Enfermagem deve estabelecer o modelo assistencial e o planejamento estratégico do Serviço de Enfermagem, que fundamenta as diretrizes assistenciais e o desdobramento dessa última em planos de ação e métodos de trabalho, para orientar a equipe de Enfermagem na execução dos processos assistenciais.

a) A política da assistência de Enfermagem está descrita e aprovada pelo RT?

A política da assistência de enfermagem deve ser formalizada por meio de documento e aprovada pelo Responsável Técnico do Serviço de Enfermagem, antes de ser divulgada para a equipe de trabalho.

b) O Serviço de Enfermagem adota a Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE) conforme legislação aplicável, este processo está documentado?

Um Serviço de Enfermagem que se preocupa com a qualidade do atendimento, sistematiza suas ações por meio de metodologia especifica em consonância com a legislação vigente, em prol da melhoria continua da assistência de Enfermagem.

c) O Serviço de Enfermagem utiliza instrumentos de apoio para o desenvolvimento da assistência?

A normatização de instrumentos de planejamento e avaliação da assistência prestada favorece e dá suporte a uma análise mais assertiva, como através de protocolos, avaliação de criticidade e complexidade, gravidade, etc.

d) Há evidência de aplicabilidade e conformidade do modelo aplicado?

Quando todos os profissionais não tiverem dúvidas na aplicação da assistência de Enfermagem, significa que a aplicação do modelo de assistência é aderente à pratica prestada, conforme estabelece o documento referente ao modelo.

e) A liderança gerencia resultados por meio de relatórios/indicadores?

Uma Gestão assistencial voltada ao atendimento das expectativas dos clientes analisa a qualidade da prestação de serviços por meio de relatórios e acompanha o resultado da produção e melhoria dos processos com base em indicadores.

25 Manual Selo da Qualidade | Cofen

Método f) O Serviço de Enfermagem possui grupos de trabalho/estudos para analisar a pratica com acompanhamento das lideranças?

Melhoria continua dos processos de trabalho pode ser desenvolvida com a colaboração de grupos de estudos que tem a finalidade de analisar,em conjunto com as lideranças, a efetividade da prática assistencial.

g) Há evidência de análise crítica do modelo assistencial para identificar necessidades de melhorias?

Uma Gestão participativa envolve a equipe de trabalho no planejamento assistencial e convoca reuniões para, em conjunto com as lideranças, analisar criticamente o modelo assistencial, em prol de melhorias.

A implantação de comissões internas são muito importantes para o desenvolvimento do Serviço de Enfermagem e devem ser motivadas pela gestão em buscar alternativas e/ou soluções a fim de melhorar o serviço, assim como respeitar e aplicar o preconizado em legislação pertinente. A participação efetiva de representantes do corpo de enfermagem da instituição em comissões deverá ser estimulada pelo gestor do serviço.

a) A Instituição possui comissões conforme legislação aplicável?

O Serviço de Enfermagem, de acordo com o porte institucional, deve organizar a implantação da Comissão de Ética de Enfermagem (CEE) conforme dispõe a resolução aplicável.

b) A comissão possui regimento?

A CEE deverá ser legitimada na instituição por meio do regimento que deve ser elaborado, contendo orientações aos integrantes das mesmas quanto às normas, deveres e obrigações para com Serviço, Instituição e órgão representativo – Coren.

c) Há evidência de registro das reuniões e atuação das comissões?

A comissão atuante mantém registros de atividades realizadas por meio de pautas e atas de reuniões em relação aos assuntos tratados nas comissões de ética em Enfermagem.

26 Manual Selo da Qualidade | Cofen

Método d) O Responsável Técnico estimula e favorece oportunidade dos profissionais da equipe participarem de comissões existentes na instituição?

A participação dos profissionais de enfermagem nas comissões instituídas é de fundamental importância para promoção do desenvolvimento profissional e sociopolítico do Serviço de Enfermagem, favorecendo a pratica assistencial.

Indicadores são considerados como um meio utilizado para quantificar o resultado de um processo. Monitorar os indicadores auxilia o gestor na análise e tomada de decisão frente às possíveis intervenções na busca continua da melhoria dos processos.

a) Existem indicadores relativos ao desempenho dos processos e à qualidade dos serviços prestados?

Os indicadores devem ser alinhados aos objetivos do planejamento estratégico e estabelecidos de tal forma que demonstrem que os processos institucionais do Serviço de Enfermagem estão atingindo os resultados esperados.

b) Os profissionais têm acesso à consulta dos indicadores de seus processos?

Os profissionais do quadro funcional do Serviço de Enfermagem devem conhecer os indicadores e ter ciência dos planos em andamento para atingir os objetivos estratégicos delineados.

c) A Gestão do Serviço de Enfermagem realiza reuniões periódicas com o quadro funcional para análise dos indicadores e estabelecimento de planos de melhorias?

Os indicadores gerenciais devem ser analisados periodicamente em reuniões para verificar se os objetivos foram atingidos. Quando os resultados não foram atingidos, o gestor deve estabelecer e acompanhar planos de melhoria consistentes.

Humanizar a Assistência de Enfermagem em meio hospitalar significa empreender uma política institucional de resgate dos valores humanitários na assistência para conduzir um processo

27 Manual Selo da Qualidade | Cofen

Método permanente de mudança da cultura de prestação de serviços em saúde, promovendo o respeito à dignidade humana, em benefício dos clientes/pacientes e dos profissionais de saúde.

a) Existem evidências de ações de humanização no Serviço de Enfermagem?

Um Serviço de Enfermagem humanizado conta com programas voltados para ações de humanização do atendimento ao cliente e aos profissionais.

b) Há evidência de aplicabilidade da humanização na assistência ao paciente?

A efetiva aplicabilidade das ações de humanização deve ocorrer de maneira muito natural por todos os profissionais da equipe de Enfermagem.

c) Há evidência do cumprimento da Constituição e da legislação, tais como: Estatuto do Idoso, (Lei n. 10741/2003), Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei n. 8069/1990), e do Código de Defesa do Consumidor (Lei n. 8078/1990)?

Uma Gestão de Enfermagem que se preocupa em atender o disposto na Constituição mantém orientações descritas que vão ao encontro do cumprimento da Legislação, no que dispõe sobre os direitos dos usuários aos Serviços de Saúde; respeita o estabelecido no estatuto do idoso, assim como o estatuto da Criança e do Adolescente e, por fim, orienta a equipe quanto às ações de cumprimento dos direitos do consumidor.

d) Há evidências de ações respeitando a diversidade de crenças?

A política institucional deve ser constituída de forma a respeitar a diversidade de crenças na Instituição e o Serviço de Enfermagem contribuir com essa política.

O Serviço de Enfermagem deve participar da elaboração e implementação de políticas, objetivos e metas da qualidade relacionadas à segurança dos pacientes. O RT ou o responsável designado deve apoiar, instituir e disseminar uma cultura voltada para a gestão de riscos e segurança do paciente, fundamentada em confiança mútua e na busca da melhoria contínua.

28 Manual Selo da Qualidade | Cofen

Método a) Existem diretrizes que orientam a gestão da segurança e as intervenções estão descritas e aprovadas pelos responsáveis?

Uma assistência de Enfermagem considerada segura deve contar com todas as ações documentadas de orientação quanto à aplicação das políticas, objetivos e metas da qualidade, como por exemplo, os Manuais de Procedimentos e/ou Manual da Qualidade. O RT deve estimular e acompanhar a aplicação das melhores práticas em prol de uma assistência de Enfermagem livre de danos, imperícia, imprudência e negligência.

b) Há evidências de ações voltadas para a garantia da segurança do paciente com a interação de outras áreas quando necessário?

O Serviço de Enfermagem deve desenvolver políticas, ações e documentos voltados para a segurança dos pacientes, assim como estabelecer a interação institucional com outros processos (Administração, Farmácia, Nutrição, Lavanderia, Manutenção/Engenharia Clínica, Corpo Clinico, entre outros setores e serviços), a fim de promover o gerenciamento de riscos e/ou fragilidades dos processos de trabalho.

c) Há identificação e descrição dos riscos de maior impacto com ações de prevenção, correção, contingência e monitoramento?

A Gestão do Serviço de Enfermagem deverá contar com planos e procedimentos para a identificação e categorização dos riscos.

Contingenciar ações de prevenção, redução e minimização de eventos adversos quanto a possíveis incidentes, falhas potenciais e erros que possam fragilizar a segurança do atendimento de pacientes, acompanhantes, bem como funcionários.

Recomenda-se a adoção de práticas quanto à implantação de registros de não-conformidades, erros e incidentes, que incluam a análise do impacto para o paciente.

d) O Serviço de Enfermagem possui metodologia para gerenciamento de riscos e eventos adversos (notificação, análise, plano de melhoria, indicadores e monitoramento)?

O Serviço de Enfermagem comprometido com a segurança e a qualidade do atendimento adota metodologia de monitoração e gerenciamento de indicadores relativos à detecção de riscos e

(Parte 3 de 6)

Comentários