Rondônia em Números - resumo o produto interno municipal 2014

Rondônia em Números - resumo o produto interno municipal 2014

(Parte 1 de 2)

Produto Interno Bruto (PIB) dos Municípios de Rondônia –2010- 2013

O PRODUTO INTERNO BRUTO DOS MUNICÍPIOS DE RONDÔNIA – 2014

O Produto Interno Bruto dos Municípios é um projeto desenvolvido desde o ano de 2000, através de parcerias entre o IBGE, Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e a Superintendência da Zona Franca de Manaus. Em Rondônia a elaboração é feita pela Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão- SEPOG/ Gerência do Observatório -GOB.

O cálculo do PIB dos Municípios baseia-se na distribuição, pelos municípios, do valor adicionado bruto, a preços básicos, em valores correntes das atividades econômicas, obtido pelas Contas Regionais do Brasil. Não se estima o valor adicionado bruto a preços constantes no nível municipal.

O trabalho é desenvolvido, a partir de identificação de variáveis que permitam a distribuição do valor adicionado bruto das 20 atividades econômicas de cada Unidade da Federação, pelos respectivos municípios. O nível de desagregação necessário ao cálculo do PIB dos Municípios requer maior abertura das mencionadas atividades, chegando-se, especialmente na agropecuária, no nível de produto. A divulgação da série das Contas Regionais do Brasil e PIB dos Municípios– referência 2010 dá continuidade ao projeto de implantação do Sistema de Contas Nacionais – referência 2010. A nova série permitiu a atualização de classificações e conceitos, incorporação de novas fontes de dados e a definição de novas estruturas de referência.

Com nova metodologia, Rondônia e os municípios apresentam novos números do Produto interno Bruto–PIB, para os anos de 2010, 2011, 2012 e 2014 e a serie retropolada 2002-2009.

Região Norte e Rondônia(R$10 0)

Tabela.01 Produto Interno a preço de mercado corrente, do Brasil, da Região Norte e de Rondônia - 2002-2014. Participação de Rondônia no Brasil e Região Norte Produto Interno Bruto do Brasil,

BrasilRegião Norte

Discriminação Brasil Norte Rondônia Participação%

Fonte: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA.

Produto Interno Bruto (PIB) dos Municípios de Rondônia –2010-2014 2

Fonte: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus – SUFRAMA

O cálculo do PIB dos Municípios baseia-se na distribuição, pelos municípios, do valor adicionado bruto, a preços básicos, em valores correntes das atividades econômicas, obtido pelas Contas Regionais do Brasil. Não se estima o valor adicionado bruto a preços constantes no nível municipal.

O trabalho é desenvolvido, a partir de identificação de variáveis que permitam a distribuição do valor adicionado bruto das 20 atividades econômicas de cada Unidade da Federação, pelos respectivos municípios. O nível de desagregação necessário ao cálculo do PIB dos Municípios requer maior abertura das mencionadas atividades, chegando-se, especialmente na agropecuária, no nível de produto. A cada divulgação da série do PIB dos Municípios é adotada uma política que determina a revisão dos resultados do ano anterior como requisito fundamental para o aprimoramento da qualidade da informação.

Em 2014, Rondônia registrou o montante de R$ 34.030.982.0,0 (trinta e quatro bilhões e trinta milhões e novecentos e oitenta e dois mil reais) no Produto Interno Bruto. Representando 1,05% do PIB da Região Norte e 0,6% do PIB do Brasil.

Tabela 03. Valor Adicionado Bruto a Preço Básico Corrente e a participação de cada Setor de Atividade.

Fonte: IBGE/SEPOG-RO. Contas Regionais do Brasil – 2010-2014

O setor Serviços obteve a maior participação na composição do valor adicionado bruto do estado. A atividade Administração Pública continuou sendo o setor com a maior participação no estado, bem como na maioria dos municípios, porém na série 2002-2014, verificamos que Rondônia veio diminuindo sua dependência da administração pública e os outros setores da produção de serviços vem ganhando mais participação.

Produto Interno Bruto (PIB) dos Municípios de Rondônia –2010-2014 3

Variação % - Rondônia - 2010-2014R$1.0

Tabela04. Valor Adicionado Bruto a Preço Básico Corrente, segundo Setores de Atividades e

Agropecuária2.295.5372.510.829 3.291.6 3.329.661 3.867.529 9,431,1,216,2
Indústria4.779.2545.920.619 5.5.133 5.340.850 5.449.766 23,9-6,2-3,92,0

Variação % ATIVIDADES 2010 2011 2012

Fonte: IBGE/SEPOG-RO. Contas Regionais do Brasil – 2010-2014

Em 2014 as atividades mostram um crescimento em todas as áreas, porém a Indústria foi o setor que registrou o menor crescimento nominal 2,0 observou-se grande queda na indústria extrativa, porém nos anos 2010/2011 houve um crescimento impulsionado principalmente pela construção civil, com as obras das usinas de Jirau e Santo Antônio, no Rio Madeira e vários outros empreendimentos imobiliários e de infra-estrutura viária como: duplicação da BR 364, viadutos e a construção da ponte sobre o Rio Madeira, em Porto Velho. Em 2012 e 2013, a agropecuária e serviços mostraram crescimento, mas a indústria recuou, devido ao termino das construções

MAIS DE 74% DA RIQUEZA DO ESTADO ESTÁ CONCENTRADA EM 10 MUNICÍPIOS EM 2014

O estado de Rondônia é composto de 52 municípios, desses, apenas nove concentraram mais de 70% do Produto Interno Bruto. São municípios mais antigos e mais estabilizados. Possuem boa infra estrutura de serviços e, por terem localização próximo a BR-364 principal rodovia que liga o estado ao centro- sul do Brasil,constituem-se num grande corredor do escoamento da produção.

Tabela 05.Municípios que concentraram o Produto Interno Bruto – Rondônia 2014

Municípios PIB

(mil reais)

Participação Relativa (%)

Participação Relativa acumulada em (%)

Ouro Preto do Oeste 609.267,75 1,79 74,64 10° Fonte: IBGE -Gerência do Observatório/SEPOG-RO

Produto Interno Bruto (PIB) dos Municípios de Rondônia –2010-2014 4

Tabela 06. Ranking do Produto Interno Bruto dos Municípios, participação relativa e acumulada- Rondônia 2014

PIB

Municipios (mil reais)

Participaçã o Relativa (%)

Participação

Relativa acumulada em (%)

Ranking 2014

Porto Velho12.609.917,95 37,0537,051°
Ji-Paraná2.684.653,477,89 4,942°
Vilhena2.168.425,756,37 51,313°
Ariquemes1.967.587,045,78 57,104°
Cacoal1.695.899,984,98 62,085°
Jaru1.131.276,493,32 65,406°
Rolim de Moura1.015.123,572,98 68,397°
Pimenta Bueno852.455,02,50 70,898°
Guajará-Mirim667.538,861,96 72,859°
Ouro Preto do Oeste609.267,751,79 74,6410°
Espigão D'Oeste498.358,101,46 76,1111°
Buritis481.266,411,41 7,5212°
São Miguel do Guaporé434.497,081,28 78,8013°
Machadinho D'Oeste432.405,721,27 80,0714°
Alta Floresta D'Oeste379.060,311,1 81,1815°
Presidente Médici337.608,210,9 82,1816°
Nova Mamoré335.448,470,9 83,1617°
Cerejeiras326.765,670,96 84,1218°
Candeias do Jamari324.943,240,95 85,0819°
Colorado do Oeste275.185,120,81 85,8920°
São Francisco do Guaporé272.826,370,80 86,6921°
Nova Brasilândia D'Oeste251.677,320,74 87,4322°
Cujubim248.242,60,73 8,1623°
Alto Paraíso235.981,20,69 8,8524°
Monte Negro219.152,210,64 89,4925°
Alto Alegre dos Parecis213.409,560,63 90,1226°
Campo Novo de Rondônia208.821,00,61 90,7327°
Alvorada D'Oeste204.097,800,60 91,3328°
Chupinguaia190.330,690,56 91,8929°
Corumbiara188.217,620,5 92,4530°
Ministro Andreazza174.633,350,51 92,9631°
Urupá172.143,080,51 93,4732°
Costa Marques171.877,970,51 93,9733°
Seringueiras169.428,700,50 94,4734°
Mirante da Serra163.954,670,48 94,9535°
Governador Jorge Teixeira148.027,040,43 95,3936°
Theobroma140.600,850,41 95,8037°
Santa Luzia D'Oeste135.933,850,40 96,2038°
Novo Horizonte do Oeste129.398,860,38 96,5839°
Itapuã do Oeste129.350,570,38 96,9640°
Vale do Paraíso116.742,190,34 97,3041°
Cacaulândia116.635,090,34 97,6442°
Cabixi113.031,480,3 97,9843°
Vale do Anari105.207,70,31 98,2944°
Nova União92.346,370,27 98,5645°
Parecis80.758,750,24 98,7946°
Rio Crespo76.854,470,23 9,0247°
Pimenteiras do Oeste76.755,870,23 9,2548°
Teixeirópolis72.089,420,21 9,4649°
São Felipe D'Oeste72.083,960,21 9,6750°
Castanheiras59.778,810,18 9,8451°
Primavera de Rondônia52.908,270,16 100,0052°

Rondônia34.030.981,97 10,0-- Fonte: IBGE/SEPOG - Gerência do Observatório - Contas Regionais/Municipais.

Produto Interno Bruto (PIB) dos Municípios de Rondônia –2010-2014 5

Tabela07. Distribuição dos municípios em relação à média (1) da População e do PIB- Produto Interno Bruto - Rondônia-2014

Especificação Número de Municípios Participação (%) absoluto (%) População PIB

Fonte: Gerência do Observatório-GOB/SEPOG-RO Nota: (1) Refere-se ao total da população e PIB dividido pelo número de municípios (52)

O valor médio do PIB dos Municípios no estado, considerando-se a divisão do PIB do estado pelos 52 municípios, foi de R$ 654.442mil reais.

Oito municípios concentraram o Produto Interno Bruto do Estado: Porto Velho, Ji-Paraná,

Ariquemes, Vilhena, Cacoal, Rolim de Moura, Jaru, Guajará–Mirim. Juntos produziram a quantia de R$ 23,94 bilhões, representando 70,35% da riqueza gerada no estado e concentrou 60,63% da população, o equivalente a 1.060.147 habitantes. Os municípios que registraram o PIB abaixo da média somaram R$ 10,090 bilhões representando 29,65 % do PIB estadual, representando 39,37% da população. Em relação à população, 12 municípios estavam acima da média de 3.626 habitantes concentrando 69,26% da população: 1.211.006 habitantes e, 40 municípios mostraram-se abaixo (30,74%), aproximadamente 537.525 habitantes Essas desigualdades são verificadas devido a fatores geográficos, forma de ocupação territorial e modo de produção.

Primavera de Rondônia, Castanheiras, São Felipe D’ Oeste, Teixeirópolis, Pimenteiras do

Oeste, Rio Crespo, Parecis, Nova União, Vale do Anari e Cabixi, apresentaram as menores participações na composição do PIB estadual. Suas principais atividades são interligadas à agropecuária com criação de bovinos e lavouras temporárias. Esses municípios, são novos, desmembrados de um ou mais municípios, com localização próxima a centros comerciais mais desenvolvidos, com vários acessos que facilitam o escoamento e a comercialização de suas produções e parte de suas atividades econômicas fora de seus municípios. Mais de 60% da composição do setor serviços desses municípios é a atividade Administração Pública. Juntos representaram 1,60% do PIB e 3,15 % da população.

Produto Interno Bruto (PIB) dos Municípios de Rondônia –2010-2014 6

Tabela 08. PIB, Participação Relativa, participação acumulada e PIB per capita dos municípios do Estado com maiores e menores participações no PIB-2014

Participação relativa no PIB Estadual %

Participação acumulada no PIB Estadual %

PIB per capita R$ 1,0

MUNICÍPIOS QUE APRESENTARAM AS MAIORES E MENORES VARIAÇÕES NOMINAIS NO PRODUTO INTERNO BRUTO DOS MUNICÍPIOS DE 2014

Os municípios que apresentaram maiores crescimentos Nominais foram: Mirante da Serra (21,9%) impulsionado pela Agropecuária com lavouras temporárias e pecuária, pesca e aquicultura e serviços relacionados, na Indústria por serviços de distribuição de energia elétrica, construção civil e, Sérviços com serviços de informação, comércio varejistal; Rio Crespo(20,6%) Cultivo de cereais, cultivo da soja, com criação de bovinos, pesca e aquicultura, serviços de distribuição de energia eletrica, serviços de informação, atividades imobiliarias; Ministro Andreazza(19,1%) lavouras permanenes (café), pecuária de bovino, aves, serviços de distribuição de energia eletrica, serviços de informação; Cacoal (18,3%) com a pecuária bovina, aves, pesca e aquicultura e serviços relacionados, industria de artefatos do couro, serviços de distribuição e comercialização de energia elétrica, comécio varejista e atacado e atividades imobiliarias; Cacaulândia(17,8%) cultivo da cana de açúcar, pesca e aquicultura e serviços relacionados, Outros da lavoura temporária, criação de bovinos, suinos e aves, atividades Imobiliárias, serviços de distribuição e comercialização de energia elétrica; Cabixi (17,3%) cresceu nas atividades: cultivo da soja, Outros da Lavoura permanentes,

Produto Interno Bruto (PIB) dos Municípios de Rondônia –2010-2014 7 criação de bovinos, distribuição e comercialização de energia elétrica, pesca e aquicultura, atividades imobiliárias, construção Civil, e serviços de informaçãoe Espigão D’Oeste.

Gráfico1.Munícipios que Apresentaram os Maiores e os Menores Crescimentos no PIB-2014

Fonte:IBGE/GOB/SEPOG-RO Os menores crescimentos foram verificados em: São Felipe D’Oeste, Vale do Anari,

Governador Jorge Teixeira, Jaru, Nova União, Teixeiropolis, Montenegro, Alvorada D’Oeste.

Bruto-PIB: Cujubim (-0,39%),Pimenteiras do Oeste (-1,17%), Itapuã do Oeste (-7,3%), Cerejeiras,

Em 2014, cinco municípios registraram queda nos Valores Nominais do Produto Interno (-7,5%) e Chupinguaia (-15,5%).

Tabela09. Participação dos Setores da Economia no Valor Adicionado Bruto do PIB dos Dez Maiores Municípios do Estado em relação ao PIB-2014

Municipios Valor adicionado total

Agropecuária %

Indústria % Serviços %

Administração Pública %

Rondônia30.376.184,412,7317,941,2228,10
Porto Velho10.979.219,463,2725,9747,9722,79
Ji-Paraná2.302.434,325,2515,3954,2225,14
Vilhena1.860.974,84,5820,3950,7324,29
Ariquemes1.763.110,466,2920,4145,5027,80
Cacoal1.509.366,939,9012,8349,6727,60
Jaru1.017.575,9413,8816,24,1925,72
Rolim de Moura921.448,138,2720,4741,7829,48
Pimenta Bueno720.699,139,1520,3246,0524,49
Guajará-Mirim571.260,16,385,6049,7338,29
Ouro Preto do Oeste566.253,8417,859,8638,3633,94

Fonte:IBGE/GOB/SEPOG-RO

Produto Interno Bruto (PIB) dos Municípios de Rondônia –2010-2014 8

Tabela 10.Participação dos Setores da Economia no Valor Adicionado Bruto do PIB dos Municípios com Menores Participações no Total do PIB Estadual em 2014

Municipios Valor adicionado total

Agropecuária %

Indústria % Serviços %

Administração Pública %

Cabixi108.810,4645,724,3518,2431,69
Vale do Anari101.903,4132,004,4114,2049,39
Nova União89.550,534,422,6610,5642,36
Parecis77.629,2046,364,4412,4036,80
Rio Crespo74.048,8152,584,1612,7530,51
Pimenteiras do Oeste74.329,658,394,9211,7524,94
Teixeirópolis69.520,6741,855,8613,0139,28
São Felipe D'Oeste69.690,9539,613,0511,8345,51
Castanheiras57.824,0549,004,759,4036,85
Primavera de Rondônia51.336,1541,3,4313,0342,20

Fonte:IBGE/GOB/SEPOG-RO

Tabela 1. Municípios com Maiores Participações no Valor Adicionado Bruto, Segundo Setores de Atividade Econômica e no Produto Interno Bruto - Rondônia – 2014

Agropecuária Indústria Serviços Administração

Pública 1ºPorto VelhoPorto VelhoPorto VelhoPorto VelhoPorto Velho

2º Cacoal Vilhena Ji-Paraná Ji-Paraná Ji-Paraná 3º Jaru Ariquemes Vilhena Ariquemes Vilhena

4º Alta Floresta

D'Oeste Ji-Paraná Ariquemes Vilhena Ariquemes

5º Ji-Paraná Cacoal Cacoal Cacoal Cacoal 6ºNova MamoréRolim de MouraJaruRolim de MouraJaru

7ºBuritisJaruRolim de MouraJaruRolim de Moura 8º Ariquemes Pimenta Bueno Pimenta Bueno Guajará-Mirim Pimenta Bueno

9º Ouro Preto do

Oeste

São Miguel do

Guaporé

Guajará-Mirim Ouro Preto do

Oeste Oeste Guajará-Mirim

10º São Miguel do

Guaporé

Candeias do Jamari

Ouro Preto do

Oeste Oeste

Pimenta Bueno Ouro Preto do

Oeste

Valor Adicionado Bruto PIBRanking

Fonte:IBGE/GOB/SEPOG-RO

A Agropecuária foi responsável por 12,7% do valor adicionado do estado, registrando um aumento de (0,7p.) na participação em relação ao ano anterior. O crescimento nominal em 2014/2013 foi de 16,15%, valor superior ao apresentado de 2013/2012 que foi de 1,15%. Os principais produtos da lavoura que mostraram quedas significativas na quantidade produzida, em 2014/2013, foram: cacau (-62,53%) principalmente nos municípios de Ariquemes, Cacoal, Campo Novo de Rondônia e Governador Jorge Teixeira; feijão (-2,9%), amendoim em casca (-67,86%),

Produto Interno Bruto (PIB) dos Municípios de Rondônia –2010-2014 9

Guaraná (semente) (-45,16%). Produtos com maior crescimento verificado foi o abacaxi (101,81%) e o Palmito (179,53%), melancia (32,74%), milho (20,65%), café (18,62%), tomate (12,25%) e banana (10,9%). A pecuária bovina constituiu-se numa atividade relevante para a economia de Rondônia. Presente em todos os municípios somou a quantia de aproximadamente 12.744.326 cabeças de gado. Representando 6,0%, ocupando a 7ª posição do efetivo nacional. Na região Norte teve a 2ª posição com 27,8% do rebanho, ficando atrás somente do Estado do Pará. Os maiores efetivos em 2014 de bovinos foram registrados nos municípios de Porto Velho com 5,8 %, Nova Mamoré 4,06%, Jaru 4,01%,Buritis 3,62%, São Francisco do Guaporé 3,5%, Cacoal 3,4%, Ariquemes 3,39%, Ji-Paraná 3,3% e Alta Floresta D”Oeste 3,0%.

Gráfico.02 Municípios que apresentaram maiores crescimentos e maiores quedas no efetivo do Rebanho- Rondonia2014/2013

Fonte:IBGE/GOB/SEPOG-RO

A pecuária bovina obteve uma variação no seu crescimento de 3,36% em relação ao ano anterior. O maior crescimento observado, em termos de efetivo de rebanho, ficou por conta da criação de codornas, no município de Porto Velho com 82% e suínos 8,1%, Nos demais rebanhos houve quedas: caprinos (-20,06%); ovinos (-14,82) e aves (-4,43%). Gráfico.03 Municípios que tiveram a Agropecuária como principal atividade em 2014

Fonte:IBGE/GOB/SEPOG-RO

Produto Interno Bruto (PIB) dos Municípios de Rondônia –2010-2014 10

Agropecuária foi a base da economia de seis municípios: Corumbiara, Rio Crespo,

Cacaulândia, Castanheira, Governador Jorge Teixeira e Pimenteiras do Oeste.

Os municípios que se destacaram com os maiores crescimento no valor adicionado da agropecuária em 2014 foram Cujubim, Mirante da Serra, Rio Crespo, Porto Velho, Cabixi, Guajará- Mirim, Costa Marques, Colorado do Oeste, Ministro Andreazza, Urupá, Alto Paraíso, Ji- Paraná, Alto Alegre dos Parecis, Cacaulândia, Nova Brasilândia D’Oeste, Ariquemes, Nova Mamoré e Novo Horizonte do Oeste, mostraram crescimento maior que o estado de foi de 16,15%. A piscicultura foi uma das atividades que mais impulsionou o crescimento da agropecuária. Esteve presente em quase todos os municípios

Participação no VAB do estado em 2014 foi de 18% e crescimento em volume 1,1%.

No setor da indústria os resultados foram positivos e foi alavancado pela produção e distribuição de eletricidade e gás, água (SIUP) com 47,9%, construção (obras de infra-estrutura) contribuiu com o maior percentual no valor adicionado bruto do setor (10,1%), seguido por transformação (5,7%) e com 2,3% de crescimento, enquanto a indústria extrativa apresentou retração. O setor representou 18% do valor adicionado total do estado em 2014, somando a quantia de R$ 5.449765,82 (mil) contra R$ 5.340.850,32(mil) em 2013 com uma variação de 2,04%.

(Parte 1 de 2)

Comentários