labampop - lab opamp 04

labampop - lab opamp 04

SEL-393 APLICAÇÃO DE CIRCUITOS INTEGRADOS LINEARES

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA – EESC-USP

LABORATÓRIO N 4 – Integradores

Objetivos: Estudo de circuitos integradores

  1. Circuito Integrador

  1. Projete e monte o circuito mostrado na figura 1, tal que: R1C0 = 0,01s e C0 = 1 uF. Antes de se testar o circuito, o ajuste da tensão de offset é necessário. Ele pode ser feito substituindo C0 por um resistor de 470 k.

  2. Teste de erros de offset: Com o capacitor C0 no circuito, aterre a entrada do integrador e verifique a tensão de saída por aproximadamente 60s (até a saturação).

  3. Integração: Verifique o sinal de saída quando é aplicada na entrada uma onda quadrada com freqüências de 50 Hz, 1 kHz e 10 kHz.

  4. Repita a experiência admitindo: R1C0 = 0,01s e C0 = 10 nF.

  5. Desajuste a tensão de offset e observe novamente a tensão de saída.

Figura 1. Circuito Integrador

  1. Integrador com estabilização CC

  1. Monte o circuito mostrado na figura 2, tal que: R1C0 = 0,01s e C0 = 1 uF.

  2. Repita o item (1), anterior, e compare os resultados.

  3. Faça: R1C0 = 0,0001s e C0 = 10 nF, repita o item (1), anterior, e compare os resultados.

Figura 2. Integrador com estabilização CC

  1. Exercícios

  1. Deduza a função de transferência do circuito da figura 2 e esboce o módulo da função de transferência.

  2. Com base no exercício anterior determine a freqüência a partir da qual o circuito se comporta como um integrador.

  3. Qual a função do resistor R0 no circuito?

  4. Determine a equação de erro para um integrador ideal, utilizando dados do LM 741.

  5. Quais os tipos de amplificadores recomendados para os seguintes casos:

  1. Integradores de duração longa(t > 10s)

  2. Integradores de duração média(1s< t < 10s)

  3. Integradores de duração curta (t < 1s)

Comentários