1 Introdução Ao MA2017 2

1 Introdução Ao MA2017 2

Mudanças nas características fenotípicas

  • Mudanças nas características fenotípicas

Aumentar a quantidade (fenótipo)

  • Aumentar a quantidade (fenótipo)

Melhorar a qualidade (fenótipo)

  • Melhorar a qualidade (fenótipo)

  • Reduzir tempo e custos

  • Minimizar os problemas com doenças

Melhoramento ambiente (condições de criação)

  • Melhoramento ambiente (condições de criação)

Melhoramento genético (genótipo)

  • Melhoramento genético (genótipo)

O melhoramento genético e do ambiente devem ser trabalhados simultaneamente

  • O melhoramento genético e do ambiente devem ser trabalhados simultaneamente

  • É importante determinar a fração do fenótipo que é devida aos efeitos dos genes e a fração que é devida aos efeitos de ambiente

O MELHORAMENTO GENÉTICO TEM POR OBJETIVO ESCOLHER O MELHOR MATERIAL GENÉTICO PARA MAXIMIZAR A PRODUÇÃO NAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS EXISTENTES.

  • O MELHORAMENTO GENÉTICO TEM POR OBJETIVO ESCOLHER O MELHOR MATERIAL GENÉTICO PARA MAXIMIZAR A PRODUÇÃO NAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS EXISTENTES.

A que produz mais leite?

  • A que produz mais leite?

  • A que produz mais gordura (no leite)?

  • A que tem melhor inserção de úbere?

Ambiente

  • Ambiente

  • sistema de produção

  • exigência de mercado

  • mão-de-obra disponível

  • objetivo do empreendimento

  • característica(s) em questão e outros

Para qual sistema de criação?

  • Para qual sistema de criação?

  • Para que nível de produção?

  • Quais as características de maior importância?

Obtenção de animais mais produtivos e adaptados

  • Obtenção de animais mais produtivos e adaptados

  • Obtenção de produtos de melhor qualidade

  • Atender a demanda por alimentos

  • Atender as exigências de mercado

  • Elevar a participação do país no comércio agropecuário nacional e internacional

Início do melhoramento genético: domesticação

  • Início do melhoramento genético: domesticação

    • Ainda que de forma empírica, resultou em grandes alterações fisiológicas/morfológicas das diferentes espécies domésticas

O uso de registros de produção como base para o estabelecimento de estratégias para o melhoramento iniciou-se no século XVIII com ROBERT BAKEWELL

  • O uso de registros de produção como base para o estabelecimento de estratégias para o melhoramento iniciou-se no século XVIII com ROBERT BAKEWELL

  • Estabeleceu raças de cavalo, de gado e de ovelhas.

  • Considerado o fundador do Melhoramento Animal moderno

1937 – JAY LUSH, estabelece os alicerces científicos do Melhoramento Animal

  • 1937 – JAY LUSH, estabelece os alicerces científicos do Melhoramento Animal

  • HENDERSON, ROBERTSON, DICKERSON, VAN VLECK foram outros pioneiros na implantação da moderna avaliação genética dos animais domésticos

Os primeiros livros genealógicos foram estabelecidos na Inglaterra a partir do final do séc. XVIII, visando essencialmente a “pureza da raça”

  • Os primeiros livros genealógicos foram estabelecidos na Inglaterra a partir do final do séc. XVIII, visando essencialmente a “pureza da raça”

    • Puro Sangue Inglês em 1971, Shorthorn em 1822, Hereford em 1846 etc

Com o reconhecimento da necessidade de colher informações produtivas para a seleção

  • Com o reconhecimento da necessidade de colher informações produtivas para a seleção

    • 1895 – início do controle leiteiro de bovinos na Dinamarca
    • 1907 – controle do desempenho de suínos na Dinamarca

  • A disponibilidade de registros de produção

  • O progresso na área de processamento de dados e computação eletrônica

  • O desenvolvimento de tecnologias reprodutivas (Ex.: I.A. nos anos 40)

A descoberta da estrutura do DNA em 1953

  • A descoberta da estrutura do DNA em 1953

  • A manipulação genética a partir dos anos 80

  • A Genômica

  • Desenvolvimento de métodos modernos de predição do mérito genético

Raças trazidas pelos colonizadores adaptaram-se ao ambiente tropical (seleção natural) dando origem aos tipos adaptados

  • Raças trazidas pelos colonizadores adaptaram-se ao ambiente tropical (seleção natural) dando origem aos tipos adaptados

    • Cavalo Nordestino, cavalo Pantaneiro, bovino Curraleiro, ovinos Morada Nova, entre outros.

Cruzamento do material genético encontrado nas diversas regiões com animais de origem européia

    • Cruzamento do material genético encontrado nas diversas regiões com animais de origem européia
    • Primeiras raças nativas melhoradas: cavalos Mangalarga, Campolina e Crioulo; bovino Caracu; suínos Canastra, Piau e Piraptinga e jumento Pega

  • Metade do séc. XX

    • Iniciaram-se os trabalhos de seleção em bovinos
    • Objetivo → estabelecer padrões raciais
    • Pouco foco na produção

Década de 1950

  • Década de 1950

    • Avaliação de características associadas à produção → pesos às idades padrões e ganho de peso
    • Era do desenvolvimento ponderal
  • 1968

    • Provas de desenvolvimento ponderal da ABCZ
  • 1980

    • Programa de Melhoramento Genético da Raça Nelore – Nelore Brasil (USP)
    • Programa de Melhoramento Genético de Gado Zebu (ABCZ/Embrapa Gado de Corte), entre outros.

1990

  • 1990

    • Evolução da informática e uso de novos métodos estatísticos → Predição de valores genéticos tornou-se padrão nos programas de melhoramento genético no Brasil
  • Últimas décadas

    • Seleção para características associadas à reprodução, adaptabilidade, precocidade, qualidade de carne e resistência a doenças

Final da década de 1940

  • Final da década de 1940

    • Cruzamentos entre raças zebuínas e européias
    • Seleção para leite de um rebanho puro indiano – origem do zebu leiteiro
  • 1950

    • Instituídos os torneios leiteiros

1970

  • 1970

    • Programa do Mestiço Leiteiro Brasileiro (Embrapa)
  • 1985

    • Programa Gir Leiteiro (Embrapa Gado de Leite)

1957

  • 1957

    • Inicio de programas destinados à obtenção de aves poedeiras comerciais ao desenvolvimento de aves para corte
  • 1970 – 1980

    • Instituições ligadas à pesquisa começaram a investir em melhoramento genético de aves (Esalq, UFV etc.)

1983

  • 1983

    • Programa visando à formação de linhagens de aves comerciais para produção de carne que, posteriormente, tornou-se mais abrangente, incluindo um programa de linhagens para postura (Embrapa Suínos e Aves)
  • Avanços na obtenção de linhagens altamente produtivas foram obtidos por outros países

Meados de 1980

  • Meados de 1980

    • “Programa de Melhoramento Genético de Caprinos”, com o objetivo principal de caracterizar e preservar raças e tipos naturalizados (Embrapa Caprinos)
  • Maior dificuldade até hoje: ausência de controle zootécnico

Atualmente

  • Atualmente

    • Programa de Melhoramento Genético de Caprinos e Ovinos de Corte (GENECOC) – Embrapa Caprinos
      • Principal programa de melhoramento genético destas espécies

Comentários